sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Os bastidores de Interlagos - Parte V

Chega ao fim, hoje, a série especial "Os bastidores de Interlagos", destacando cenas do fim de semana do G.P. Brasil. Dessa vez, o Blog apresenta imagens aleatórias, como figuras da arquibancada e o estado do autódromo após a corrida. Para quem não viu os posts anteriores da série, lá vai:

Parte I - A chegada ao autódromo
Parte II - Os stands das equipes
Parte III - A "Kangoroo TV" e as arquibancadas
Parte IV - As preliminares e os desfiles

O G.P. Brasil foi disputado em meio a um calor quase insuportável, que chegou a 35ºC mesmo nas (poucas) sombras de Interlagos. Apesar de tudo, duas figuras pareceram não se importar com o sol de rachar. A primeira delas foi um sujeito que apareceu fantasiado de Senna, e não tirou o capacete em momento algum. Ao menos, teve a oportunidade de tirar fotos com belas mulheres. Além dele, o pobre bandeirinha ao lado da pista precisou portar o seu pesado equipamento o tempo inteiro:


Logo antes do desfile dos pilotos, um fotógrafo gringo resolveu se posicionar ao lado do Setor A para tirar fotos do caminhão que levava Raikkonen, Hamilton, Alonso, Massa e companhia. Grande erro! Ao invés de cumprir seu trabalho, o estrangeiro foi obrigado a tirar várias fotos da arquibancada. Se ignorasse algum ponto, era devidamente xingado pelo pessoal que também queria aparecer. No fim, o fotógrafo tirou (ou fingiu que tirou) algumas fotos, para delíro da galera:


Durante todo o fim de semana, tirei cerca de sessenta fotos dos carros, além de fazer vídeos da largada e da chegada. Infelizmente - por causa da restrição da FOM - não vou arriscar colocar essa imagens aqui no Blog. A única foto que posso postar é essa do grid de largada, pouco antes da partida para a volta de apresentação. Como sempre, a pista estava lotada a instantes da saída:


No treino de classificação, Adrian Sutil teve um problema qualquer e parou perto da Junção. Precisou voltar aos boxes à pé, passando em frente ao setor A. Confesso que fiquei um pouco decepcionado com o alemão, com quem simpatizava desde o início do ano. Sutil nem se deu ao trabalho de olhar para a arquibancada, talvez bastante irritado com sua quebra. Mesmo assim, faltou gentiliza com a torcida, que não demorou a xingá-lo pelo estrelismo:


Bem diferente foi a atitude de Jenson Button. Após ter quebrado no miolo de Interlagos, o inglês também passou à minha frente. E, ao contrário de Sutil, Button saudou a torcida com entusiasmo e até chegou a receber um corinho de agradecimento: "Butão, Butão!". Não fotografei os tchauzinhos do inglês por pura falta de habilidade com a câmera. De qualquer maneira, gostei da simpatia do companheiro de Rubinho:


Terminada a corrida, a galera vai embora e o autódromo fica vazio. Fim dos trabalhos em Interlagos? Muito pelo contrário. Começo a árdua e demorada limpeza, já que as arquibancadas ficam completamente emporcalhadas com restos de bebida e sacos plásticos abandonados. É verdade que faltam lixeiras ao redor do setor A. Apesar de tudo, a torcida poderia ser um pouco mais educada:


Alertado pelo amigo Adalberto Althoff Jr., percebi que a minha câmera estava armada para o modo "encandescente" ao invés de "luz do dia". Por isso, as fotos da série ficaram meio azuladas. De qualquer maneira, espero que vocês tenham gostado! Da próxima vez - quem sabe? - eu já não esteja cobrindo a corrida com uma credencial de imprensa? Sonhar não custa nada...

Ao longo do dia, o Blog volta comentando as principais notícias do mundo da velocidade. Até mais!

12 comentários:

roberto disse...

Não imaginava que a arquibancada ficasse tão cagada depois da corrida. Mas não tinha como não ficar, até porque falta todo o apoio para a torcida. O Banheiro é nojento, não há lixeiras suficientes e nem passa aqueles caras recolhendo bebidas com seus saquinhos. Acho que a torcida podia ser um pouco mais educada, sim mas isso é muito difícil de acontecer.

Blog F1 Grand Prix disse...

Roberto,

Concordo com você. O banheiro, como eu disse no primeiro post da série, é uma vergonha. Lixeiras também só existem na parte de trás das arquibancadas, o que é um absurdo! Dessa forma, realmente fica difícil deixar o autódromo mais limpo...

Grande abraço!

Gustavo Coelho

Maragato disse...

Grande, qdo a higiene do autódromo, sem comentários...

se tu com uma ingresso já fez um trabalho desses, imagina com a credencial! o nõs, mortais e usuários do blog iriamos ficar lisongeados com tantas informações e detalhes lá de dentro.

grande abraço!

t+.

Guilherme (RJ) disse...

Valeu a cobertura do GP Brasil!!!

Acompanhei todos os posts e você está de parabéns pelos registros, fotos e comentários pertinentes ao que você viu 'in loco'.

Tem que começar a pensar em fazer um Podcast para a próxima temporada, hein... teu público já merece isso!!

PS: Descobri seu blog justamente por ter escutado o Podcast do 'Voando Baixo' e reparei que tinha conteúdo.

Abração!

ED disse...

Eu lembro na hora que o sutil bateu,e logo depois ele passando em frente ao setor A.
Nao olhou pra ninguem e pareçia um robô caminhando, dai a galera nao deixou barato e começou a zuar ele..rss
Valeu a ida a interlagos..
mesmo estando um pouco longe(cuiabá).

Jean disse...

Gustavo,
Mais uma vez parabens pelo seu empenho e grande trabalho q fez com sua ida ao GP Brasil. Já sabe q sou um grande admirador de seu esforço,e mostra q acima de tudo tem uma grande paixão por F1, alem de talento pra descrever e reportar. Tenho certeza q irá cobrir com credencial não só o GP Brasil mas todos os outros, e torço pra q seja em Breve.
Acho um absurdo não ter cobertura nas arquibancadas, pois até nos esdadios de futebol tem, ainda mais com os preços dos ingressos altos como na F1.
Valeu demais sua serie dos bastidores!

Lucas disse...

Esse Sutil foi um palhaço,parecia um robô andando. Nem OLHOU pro lado, nada... isso que está na pior equipe do grid.

O Kovalainen passou a pé por lá tb.. vc não tirou fotos? Ele acenou pra galera também... ele e o Butão mostraram ser bem simpáticos

Net Esportes disse...

Acredito que no Photoshop você indo em "Ajust - Color Balance " você consegue tirar esse azul das fotos.........

Rio Kart disse...

heheehe... post bem humorado. A torcida brasileira é sempre um show. Eu pensava que nos GPs de F1, devido aos preços salgados, o público fosse mais discreto. Mas, pelo visto, não!

Foram muito legais as IV sessões desta série, Gustavo. Desde a chegada ao autódromo, imagino quanta expectativa este momento carrega, passando pela Kangoroo TV, que eu pensei se tratar de alguns australianos alá PÂNICO na TV, até esse relato sobre as reações nas arquibancadas.

Ano que vem vai ter credencial, pode ter certeza. Torço por isso.

Blog F1 Grand Prix disse...

Amigos,

Nem tenho palavras para agradecer o apoio de todos vocês. Muito obrigado mesmo pelos elogios! Ano que vem vou tentar uma credencial, podem ter certeza.

Guilherme: em relação ao podcast, não é um idéia impossível não! O Fleetmaster me passou um e-mail explicando como se faz, e eu estou pensando em gravar um "piloto" nas próximos semanas. Em breve poderemos ter novidades...

Lucas: O Kovalainen bateu na Curva do Sol, se não me engano. Os únicos que passaram à minha frente foram o Sutil (no treino) e o Button (na corrida). E teve o Otávio Mesquista também...

Net Esportes: Obrigado pela dica! Não tenho photoshop no meu computador, mas acho que posso usar um da faculdade.

Mais uma vez, valeu mesmo pela participação de todos vocês!

Grandea abraço,

Gustavo Coelho

Leandro disse...

Blog, só uma coisa: naum sei se vc jah falou aki, mas os assentos numerados foram respeitados ou cagaram e andaram pra isso? Acho q naum né?
E parabens pela reportagem!

Blog F1 Grand Prix disse...

Leandro,

Pelo menos onde eu estava, a numeração foi completamente ignorada. Mas em outros setores - os mais caros - os assentos foram respeitados sim, de acordo com a rádio que falava para todo o autódromo

Grande abraço!

Gustavo Coelho