sábado, 17 de novembro de 2007

Oliver Jarvis vence prova de classificação em Macau e Bruno Senna bate forte

O inglês Oliver Jarvis confirmou sua boa forma e venceu a primeira das duas baterias do Grande Prêmio de Macau, um dos mais tradicionais eventos do automobilismo de base do mundo. A chamada "prova de classificação" - disputada na madrugada de sábado de Brasília - foi marcada por uma série de acidentes, que interromperam a prova diversas vezes. O último e mais grave envolveu o brasileiro Bruno Senna.

Na largada, Jarvis perdeu a ponta para o estoniano Marko Asmer, campeão da Fórmula 3 Inglesa e aposta do Blog para a vitória. Já na primeira volta, quatro pilotos bateram e abandonaram, incluindo o japonês Kamui Kobayashi, anunciado ontem como o novo piloto de testes da Toyota. Mais atrás, Bruno Senna escapou dos problemas iniciais, recuperando-se do péssimo 18º lugar no grid.

Mesma sorte não teve o outro brazuca na disputa - o carioca Roberto Streit - que deixou morrer o motor na saída e perdeu várias posições. Menos mal que o safety car entrou na pista por causa do acidente múltiplo da largada, juntando o pelotão. Logo depois que a corrida recomeçou, Jarvis partiu para cima de Asmer, e tomou a liderança com uma bela ultrapassagem na quinta volta.

Dois giros depois, o alemão Nico Hulkenberg tentou uma manobra por fora sobre Senna, e o resultado foi desastroso. O brasileiro voou para fora da pista, bateu forte na barreira de proteção e precisou ser levado ao hospital, de onde foi liberado logo depois. A corrida foi interrompida e Jarvis ficou com a vitória, com Asmer foi segundo e o japonês Kazuya Oshima em terceiro. Por sua vez, Streit foi oitavo.

Algumas horas depois, o Mundial de Turismo definiu seu grid para a primeira bateria da rodada dupla de amanhã, também em Macau. A etapa é a última do calendário, e decide o título da temporada. No total, seis pilotos têm chances matemáticas de levar o troféu de campeão, mas apenas dois deles estão realmente perto da glória: o inglês Andy Priaulx, da BMW, e o francês Yvan Muller, piloto da SEAT.

A dupla está empatada na liderança do campeonato, com 81 pontos. No treino classificatório da madrugada deste sábado, melhor para Muller, que conseguiu o segundo lugar no grid. Ele só foi mais lento do que o seu compatriota Alain Menu, da Chevrolet, que cravou a pole. O italiano Gabriele Tarquini foi terceiro, com o brasileiro Augusto Farfus Jr. em quarto. Após enfrentar problemas, Priaulx não passou de 12º.

Ao longo do dia de hoje, o Blog volta comentando as atividades do Mundial de Rally e da Stock Car, além das principais notícias do dia. Até mais!

Crédito das fotos: www.motorsport.com e www.fiawtcc.com

5 comentários:

caio disse...

cacetada o que foi que o Bruno fez? Não entendi foi culpa dele ou do Hulkenberg? Em pensar que esse alemão foi apontado por muitos como o novo grande piloto da Alemanha, depois que apareceu o Vettel todo mundo esqueceu dele.

Blog F1 Grand Prix disse...

Caio,

Tentei encontrar o vídeo do acidente, mas ainda não achei. Ao que parece, foi um acidente de corrida mesmo...

Grande abraço!

Gustavo Coelho

Rio Kart disse...

To procurando o acidente também e nada, cadê o Guilherme nessas horas?! rs... brincadeira.

Que bom que foi só um susto.

Abração!

Leandro disse...

É...nada ajuda o Bruno...

Guilherme (RJ) disse...

Amigos,

Encontrei este vídeo sobre o GP Macau, com algumas cenas da corrida e alguns acidentes, na largada e do Bruno Senna (acho que é ele, pois parece que na narração o cara manda um Bunu Senna, eheheh).

Enfim, vejam e confirmem ou não.

Abraços!

http://br.youtube.com/watch?v=2wkHv3gmPAg

PS: Feriado a gente fica um pouco mais distante... daí a dificuldade pra encontrar esses vídeos.