sábado, 17 de novembro de 2007

BMW e Honda realizam "vestibular" nos testes de Jerez de la Frontera

A semana de testes de Jerez de la Frontera, que a Fórmula 1 realiza na primeira semana de dezembro, vai servir como um "vestibular" para uma meia-dúzia de pilotos que sonham com uma das vagas disponíveis na BMW ou na Honda. Neste sábado, as duas equipes anunciaram que devem utilizar os ensaios de Jerez como a última etapa no processo de escolha de seus novos pilotos de testes.

O cargo na BMW está desocupado desde ontem, quando Timo Glock - campeão da GP2 em 2007 - foi oficialmente desligado da equipe. Segundo o site Autosport, o alemão vai ser anunciado como titular da Toyota para 2008 na semana que vem. Para o seu lugar, já existe uma fila de candidatos. Entre os principais, aparecem Marko Asmer, Robert Doornbos e Christian Vietoris.

De todos, o mais conhecido é Doornbos. O holandês, que chegou a correr por Minardi e Red Bull nos últimos anos, andou bem na última temporada da ChampCar e voltou a despertar o interesse das equipes da Fórmula 1. Mas a concorrência é grande: o estoniano Asmer venceu o certame deste ano da Fórmula 3 Inglesa e Vietoris é apontado como a nova revelação alemã. Além deles, alguma surpresa ainda pode surgir.

A BMW só não confirmou ainda quais pilotos vão testar pela equipe em Jerez. Por outro lado, a Honda já garantiu a presença do austríaco Andreas Zuber, do italiano Luca Filippi e do inglês Mike Conway na semana de ensaios do circuito espanhol. A disputa pela vaga de piloto de testes está somente entre eles, que já andaram pela Honda nos últimos dias, em Barcelona. Dos três, Filippi registrou o melhor tempo.

Enquanto isso, a Toro Rosso anunciou hoje que deve iniciar a próxima temporada com um modelo adaptado do STR2, o carro utilizado pelo time neste ano. Em entrevista ao jornal Tiroler Tageszeitung, o chefe de equipe, Franz Tost, afirmou que a intenção da Toro é assegurar uma boa fiabilidade no início do próximo campeonato. Vale lembrar que a "filial" da Red Bull sofreu com um alto índice de quebras em 2007.

"Se o nosso novo carro tiver algum tipo de problema, nós vamos ter tempo para reagir", explicou Tost. Alguns dias atrás, a novata Force India já havia confirmado o uso da mesma estratégia. No caso do time indiano, a adaptação deve ser feita a partir do carro que a Spyker utilizou na última temporada. De qualquer maneira, Toro Rosso e Force India já saem em desvantagem na próxima temporada.

Conseguir bons resultados com carros que já não renderam muito em 2007 vai ser bem difícil...


O francês Sebastien Loeb tem tudo para vencer o Rally da Irlanda e assumir a liderança do Mundial de Rally pela primeira vez desde fevereiro. Se confirmar o triunfo amanhã, o tricampeão ultrapassa seu único adversário na batalha pelo título - Marcus Grönholm - que abandonou a competição após sofrer um acidente numa das especiais de sexta.

Quase um minuto atrás de Loeb, Daniel Sordo deve confirmar a dobradinha da Citröen. O espanhol tem um vantagem superior a dois minutos sobre o finlandês Jari Matti-Latvala, da Ford, que vem em terceiro. Na seqüência, completando a zona de pontuação, vêm Mikko Hirvonen (Ford), Petter Solberg (Subaru), Guy Wilks (Subaru), Matthew Wilson (Ford) e Gareth McHale (Ford).

Sobre o sábado no Rally da Irlanda, Sebatien Loeb declarou: "Foi um dia absolutamente perfeito. O carro está muito bom, e hoje não cometemos nenhum erro". De fato, o resultado parcial do Rally da Irlanda é um verdadeiro sonho para Loeb. Caso confirme a vitória, o francês sobe para 110 pontos no campeonato, superando Marcus Grönholm, que estacionou em 104.

Vale também destacar a ótima participação do português Armindo Araújo, que lidera a categoria Produção e aparece em décimo no geral. Com um pouco mais de sorte, Armindo pode até beliscar um pontinho, fato inédito em sua carreira. Para isso, precisa torcer para que dois dos pilotos à sua frente abandonem.

A seguir, a classificação do Rally da Irlanda:

1. Sebastien Loeb/França/Citroën, 2h30min35.2s
2. Daniel Sordo/Espanha/Citroën, a 59.3s
3. Jari-Matti Latvala/Finlândia/Ford, a 2:08.8s
4. Mikko Hirvonen/Finlânia/Ford, a 2:37.6s
5. Petter Solberg/Noruega/Subaru, a 2:53.2s
6. Guy Wilks/Inglaterra/Subaru, a 5:52.0s
7. Matthew Wilson/Inglaterra/Ford a 9:23.3s
8. Gareth MacHale/Irlanda/Ford, a 10:07.7s
9. Andreas Mikkelsen/Ford, a 13:01.3s
10. Armindo Araujo/Portugal/Mitsubishi, a 14:29.7s

O último dia de competições é amanhã.


O Blog errou ao afirmar, ontem, que a MotoGP já havia encerrado sua semana de testes em Sepang. Na verdade, os ensaios terminaram apenas hoje, com o último dos três dias de atividade no circuito malaio. Neste sábado, o mais rápido foi o americano Nicky Hayden, da Repsol Honda, que liderou tranqüilamente a tabela de classificação.

Mais de um segundo atrás de Hayden, Colin Edwards fechou em segundo lugar, com a moto da equipe-satélite da Yamaha, a Tech 3. O dia, aliás, pertenceu aos pilotos norte-americanos, que ocuparam as três primeiras posições. John Hopkins foi o terceiro, ainda em processo de adaptação na Kawasaki. Afinal, na última temporada, Hopkins correu pela Suzuki.

Dentre aqueles que estream na MotoGP em 2008, o melhor foi Andrea Dovizioso. Vice-campeão das 250cc neste ano, o italiano da equipe JiR Scot ficou em quarto lugar. Mais atrás, Jorge Lorenzo - justamente o piloto que derrotou Dovizioso na disputa das 250cc - marcou o sétimo melhor tempo.

O terceiro dia de atividades em Sepang foi certamente o mais confuso da semana de testes. John Hopkins, Anthony West e Chris Vermeulen foram alguns dos que se acidentaram nesta sexta. A queda mais grave foi a de Randy de Puniet, que precisou ser levado ao hospital com uma suspeita de fratura na mão direita. Logo abaixo, a classificação dos testes de hoje em Sepang:

1. Nicky Hayden/Estados Unidos/Repsol Honda, 2:00.592s
2. Colin Edwards/Estados Unidos/Yamaha Tech 3, 2:01.811s
3. John Hopkins/Estados Unidos/Kawasaki, 2:02.047s
4. Andrea Dovizioso/Itália/JiR Scot Team, 2:02.128s
5. Colin Edwards/Estados Unidos/Yamaha Tech 3, 2:02.447s
6. Loris Capirossi/Itália/Rizla Suzuki, 2:02.587s
7. Jorge Lorenzo/Espanha/Fiat Yamaha, 2:02.643s
8. Anthony West/Austrália/Kawasaki, 2:02.659s
9. Randy de Puniet/França/Honda LCR, 2:02.700s
10. James Toseland/Inglaterra/Yamaha Tech 3, 2:03.550s

Agora, a MotoGP descansa por duas semanas e só volta entre os dias 27 e 29 de novembro, para a semana de testes de Jerez de la Frontera.


O vídeo do dia é imperdível para quem sente falta da antiga era da Fórmula 1. A ocasião é o Grande Prêmio do Canadá de 1981, corrida que foi disputada sob intensa chuva. Jacques Laffite venceu a prova, mas Gilles Villeneuve roubou a cena. As imagens a seguir mostram um trecho da prova em que o canadense dirige com o bico do carro totalmente torto. Luciano do Valle narra e Reginaldo Leme comenta:


A atuação de Villeneuve foi absolutamente memorável. No fim, o mais incrível de tudo: ele ainda terminou em terceiro.

Neste domingo, o Blog volta comentando as atividades do Grande Prêmio de Macau, dos Mundiais de Rally e de Turismo, da Stock Car e da Nascar. Até amanhã!

Crédito das fotos:
Fórmula 1 e MotoGP - www.gpupdate.net
Mundial de Rally - http://www.motorsport.com/

6 comentários:

caio disse...

magnífico é a palavra que eu encontro para definir esse vídeo do Gilles. Mais uma jóia rara que voce encontra, Gustavo, parabéns.

Blog F1 Grand Prix disse...

Caio,

Obrigado pelo elogio! E se prepare porque separei uma seqüência de vídeos espetaculares para a semana que vem!

Grande abraço!

Gustavo Coelho

Maragato disse...

Grande Guga...

O vídeo do Villeneuve é uma coisa de cinema...

acho que o Loeb leva a WRC, creio que agora só um milagre tire o caneco dele... (parece que vi esse filme recentemente na F-1)

Grande Abraço!!!

Guilherme (RJ) disse...

Amigos,

Encontrei este vídeo sobre o GP Macau, com algumas cenas da corrida e alguns acidentes, na largada e do Bruno Senna (acho que é ele, pois parece que na narração o cara manda um Bunu Senna, eheheh).

Enfim, vejam e confirmem ou não.

Abraços!

http://br.youtube.com/watch?v=2wkHv3gmPAg

Guilherme (RJ) disse...

Como não se arrepiar com esse Villeneuve, hein!?!?

E se vem vídeos espetaculares por aí, vai ter mais do Gilles.

O meu Favorito é esse:
Villeneuve x Arnoux
http://br.youtube.com/watch?v=kl2tIFxSEGA&feature=related

Esperando a resenha da Stock, com o título do Cacá....rioca!!!

Grande Abraço!!!

Blog F1 Grand Prix disse...

Jairo,

Realmente, tivemos um número enorme de zebras nos últimos tempos (os erros do Hamilton, o azar do Dixon na IRL, Rossi perdendo o título da MotoGP...). Não duvido nada que o Grönholm vire o jogo para cima do Loeb...

Guilherme,

Caramba, como você encontra esses vídeos?? Valeu mesmo, cara! Mais tarde, quando eu estiver falando do G.P. de Macau, coloco no ar. Sobre o duelo de Villeneuve e Arnoux, sugiro que você dê uma olhada neste post:

http://blogf1grandprix.blogspot.com/2007/09/os-10-do-blog-f1-grand-prix-os-dez_05.html

Assim como você, também acho que essa disputa foi uma das mais espetaculares da história!

Grande abraço a todos!

Gustavo Coelho