terça-feira, 30 de outubro de 2007

O boato do dia: Barrichello pode correr na Super Aguri em 2008

(O Blog F1 Grand Prix ficou fora do ar durante algumas horas na tarde desta terça, mas os problemas já parecem ter sido resolvidos. Peço desculpas a todos pelo inconveniente! Vamos torcer para que o servidor não caia mais...).

Rubens Barrichello pode estar com os dias contados na Honda. Segundo a tradicional e prestigiada revista F1 Racing, o piloto brasileiro corre risco de ser transferido para a Super Aguri no ano que vem, por conta de seus maus resultados na temporada recém-encerrada. A reportagem não poupa críticas a Rubinho, que não conseguiu marcar pontos em 2007:

"Nós achamos que ele está assustado. Já é hora de se aposentar, não é mesmo?", teria dito um engenheiro da Honda à F1 Racing. Ainda de acordo com a matéria, o time nipônico supostamente perdeu a paciência com Rubinho durante o fim de semana do G.P. da China, em Xangai. Naquela oportunidade, o piloto brasileiro não passou de 15º, enquanto Jenson Button fechou em quinto.

E aí? Dá para acreditar na tese da F1 Racing? Vamos com calma. Para quem não lembra, a Honda já anunciou duas vezes Barrichello e Button como titulares em 2008. A primeira confirmação veio em julho, durante o G.P. da França. Meses depois, quando a Fórmula 1 visitava o Japão, o diretor Nick Fry voltou a divulgar um comunicado assegurando que a dupla permaneceria no ano seguinte.

Parece difícil imaginar que, depois de tudo isso, a Honda fosse simplesmente mudar de idéia em relação a Rubinho. Rebaixá-lo à Super Aguri é uma atitude drástica demais para os padrões japoneses. A revista F1 Racing é bem vista nos bastidores da Fórmula 1, é verdade. Dessa vez, porém, a reportagem não faz muito sentido.

Rubinho tem contrato com a Honda até o fim de 2008. Na próxima temporada, ao menos, ele está garantido. Seus problemas só devem começar, mesmo, quando a dança das cadeiras para 2009 for iniciada. Porque, se mantiver o baixo nível das suas recentes atuações, Barrichello não vai interessar a nenhuma equipe.

O ano que vem será a última oportunidade para Rubinho mostrar serviço.


A novela "Para onde vai Fernando Alonso?" já toma contornos de comédia. Nesta terça, o futuro do espanhol, por incrível que pareça, foi ligado a mais uma equipe. Agora, a bola da vez é a Red Bull. Segundo o site Grand Prix - o mesmo que chegou a cogitar a possibilidade de Alonso substituir Felipe Massa na Ferrari - o bicampeão também está negociando com a equipe das bebidinhas energéticas.

Conte conosco: McLaren, Ferrari, BMW, Renault, Williams, Toyota e Red Bull. Sete escuderias. O que elas têm em comum? Fácil: todas já foram ou ainda são indicadas como prováveis destinos de Fernando Alonso na próxima temporada. Parece até que já virou brincadeira. Apenas Honda, Super Aguri, Toro Rosso, Force India e Prodrive ficaram fora da festa. Por enquanto, não é mesmo?

Sobre a possibilidade de Alonso acertar com a Red Bull, poucas informações. O Grandprix se limita a comentar que a negociação está emperrada porque o espanhol deseja um contrato de um ano, enquanto a equipe quer um compromisso mais longo. Pela mesma razão, aliás, as conversas entre Alonso e a Renault chegaram a um impasse.

A única certeza em toda essa novela é que advogados do bicampeão já estão na Inglaterra para discutir a rescisão do contrato de Alonso com a McLaren. O período da negociação, porém, pode chegar a duas semanas. Até lá, ainda resta muito tempo para que as equipes não interessadas em Alonso resolvam tirar uma casquinha.

Como disse o internauta "Pantaneiro" - sempre presente nos comentários do Blog - só falta a RC Competições, da Stock Car, tentar a contratação do espanhol...


Virou praxe entre pilotos que não ainda acertaram com nenhum time para 2008 anunciar algo do tipo: "Estou negociando com três ou quatro equipes". Nas últimas semanas, Ralf Schumacher, Christian Klien e Adrian Sutil foram alguns dos que deram declarações nesse tom. Agora, é a vez do campeão da GP2, Timo Glock.

O alemão, que chegou a ser dado como titular certo da Toyota na próxima temporada, continua com o futuro indefinido. Nesta terça, porém, o empresário de Glock revelou à revista Auto Motor und Sport que existem quarto equipes interessadas em contratar os serviços do campeão da GP2. Além da própria Toyota, Williams, Honda, Renault e até McLaren são apontadas como supostas candidatas.

De acordo com rumores recentes, Glock teria recusado um contrato de longa duração com a Toyota porque gostaria de ficar livre para negociar com outras equipes, visando a temporada de 2009. A esperança do alemão é que abra uma vaga na BMW, onde ele já trabalhou como piloto de testes. Se essa versão é verdadeira, então Glock foi mais ambicioso do que sensato.

Com todo respeito ao alemão, mas ele não tem peito para recusar uma oferta da Toyota. Ainda mais sendo de longa duração, o que garantiria uma estabilidade rara na Fórmula 1. Caso a BMW precise de um novo piloto em 2009, há um candidato muito mais forte do que Glock: Sebastian Vettel. Posso estar errado, mas parece que o campeão da GP2 quis dar um passo maior do que as pernas.

Para alguém do nível de Glock, uma vaga na Toyota já estaria de excelente tamanho.


O vídeo do dia é uma pequena diversão após um dia de trabalho. As imagens mostram cenas de bastidores das temporadas de 1987 a 1993, quando a Fórmula 1 já era muito profissional mas ainda não havia chegado aos níveis de chatice atuais. Vale a pena conferir preciosidades como Michael Schumacher andando de cavalinho com Martin Brundle e Aguri Suzuki tomando um tombaço de bicicleta:



Nesta quarta, o Blog volta com a seção Os 10+ do Blog F1 Grand Prix, apresentando os números 6, 5 e 4 da lista dos Dez Melhores Pilotos da Temporada 2007. E, ao longo do dia, comentários sobre as principais notícias do mundo da velocidade. Até amanhã!

Crédito das fotos: www.gpupdate.net

6 comentários:

Ron Groo disse...

é boato, eu sei, mas se ele estivesse na super aguri este ano não teria passado em branco. Né?

alex disse...

É Rubinho, seu tempo vai se acabando meu rapaz. É melhor se ajeitar logo se não quiser correr na Medley Genéricos daqui a dois ou tres anos. Do jeito que voce vai na Honda não vai durar na Fórmula !!

Correndo na Stock, quem sabe uma equipe de lá não resolve mesmo ligar pro celular do Alonso????

E nooosa, o que foi essas caretas do Alan Prost no vídeo??? Muito bom!!!!

Maragato disse...

heheheh

o melhor do dia mesmo é o vídeo...

cheguei de vuagem hj e amanha vou de novo, de longe fico só lendo o blog, qdo dá, claro..

gustavo, parabéns, o blog continua no mais alto nível.

ah, e Alonso "chorão" no meu entendimento corre pela Renault, e o Rosberg ocupa o lugar dele na McLaren.

[]'s

Pantaneiro disse...

Com relação ao Rubens na Super Aguri (Eu não sei de onde o Suzuki tirou este "SUPER") é sacanagem.... a Honda teve um carro mal nascido e todo mundo sabe que na F1 nasceu mal, morre... podemos lembrar do F6 (Coper-Fitti), Daquele Brabham lindo que o Gordon Murray fez e que acabou por matar o Elio de Angelis e tantos outros carros. Quanto ao Glock.... talvez a historia seja ao contrario....a Toyota queria um contrato curto e ele ta tentando im mais longo com alguma outra equipe. No nivel em que ele se encontra, qualquer equipe da F1 seria uma boa pra ele (tirando claro a super aguri e Spyker). E pra encerrar.... acho que existem umas 20 equipes de F1... tem pilto que negocia com 7, outro com 4, outro com 5 e tem pelo menos 5 equipes com os pilotos confirmados para 2008...

Guilherme (RJ) disse...

Quando se acha que se chegou ao fim do poço... eis que aparece a Super Aguri!!!

Pô, Gustavo, e você ainda brincou que faltava a Super Aguri se manifestar para contratar o Alonso, hein... ô, boquinha!!! rsrs

Sinceramente não sei quem está sendo punido nessa: o Rubinho ou a equipe.

A propósito, me perdoem os fãs, mas o Rubinho vestindo o macacão da Super Aguri seria a fantasia perfeita hoje. Dia do Halloween!!!

Felipe Maciel disse...

Eu também ando enfrentando sérios problemas com a conexão. Aí é velox também? Tem hora que ligo o pc achando que vou visitar os blogs e postar no meu, e o troço não conecta por nada.

Enfim, essa do Rubinho é outra invenção da imprensa. Me admira a F1 Racing aprontando das suas...

abs