quinta-feira, 4 de outubro de 2007

Hamilton pode ser punido por manobras atrás do safety car em Fuji

O diretor-técnico da Toro Rosso, Franz Tost, dedurou, e os comissários da FIA foram obrigados a analisar uma nova evidência sobre o acidente entre Sebastian Vettel e Mark Webber no Grande Prêmio do Japão: um vídeo postado no YouTube por um torcedor que filmava tudo das arquibancadas. Pela imagens, fica claro que Lewis Hamilton também teve culpa na batida.

Para começar, o inglês mantinha uma distância menor do que a recomendada atrás do safety car. Se não bastasse isso, Hamilton ainda aplicou um brake test em Webber, o segundo colocado. O australiano precisou reduzir e o inexperiente Vettel não evitou o choque, que eliminou os dois da corrida.

Na possibilidade mais radical, Hamilton poderia até ser desclassificado, perdendo a vitória na corrida de Fuji. Nesse caso, o campeonato voltaria a estar completamente aberto. O inglês seria o líder com 97 pontos, seguido de Fernando Alonso, com 95, e Kimi Raikkonen, que subiria para 92. Felipe Massa, que passaria a somar 81, continuaria na briga, mas ainda com chances reduzidas.

A hipótese da exclusão de Hamilton, porém, é bastante remota. O mais provável é que o inglês receba a mesma pena de Vettel, ou seja, a perda de dez posições no grid de largada. Seria o mais justo, considerando as imagens, mas não há garantias de que isso vá acontecer. Por uma única e simples questão: o vídeo pode ser considerado uma evidência válida?

Pensem comigo: a Formula One Management (FOM) restringe a divulgação das imagens da Fórmula 1 de forma autoritária e equivocada. E isso inclui, é claro, vídeos amadores postados em sites como o YouTube. Tecnicamente, se valesse o princípio da direção da categoria o tempo inteiro, o vídeo do torcedor japonês que pegou o acidente ao vivo não poderia nem ter sido colocado no ar.

Será que Hamilton pode ser punido com base em imagens publicamente proibidas, de um vídeo que nem deveria ter chegado ao conhecimento do diretor da Toro Rosso? Imagens que, aliás, já foram até retiradas da internet! Não sou advogado, mas acho que o vídeo só poderia ser usado como prova se o próprio torcedor japonês cedesse as imagens originais. Caso contrário, Hamilton estaria livre... ou não?

Certo mesmo é que essa bobagem de ficar tirando vídeos do YouTube já está enchendo...

Edit: O amigo Jairo Maragato, sempre atento, dá a dica. O vídeo já foi colocado no ar mais uma vez:



Aproveitem antes que a FOM mande retirar de novo...

Crédito das fotos: www.gpupdate.net

13 comentários:

psdriver disse...

eu torço para que o Hamilton receba uma punição, nada contra o inglês mas isso deixaria o campeonato emocionante de novo. Já tivemos vários acidentes atrás de safty car nos últimos tempos, acho que os pilotos não estão tomando o cuidado que precisam.

Valeu!

aurélio disse...

Seu raciocínio faz sentido, Gustavo. Será que com essa ficaremos livres para assistir os vídeos que quisermos?

Maragato disse...

Concordo com vc Gustavo, é fogo ficar sem ver os vídeos, ver os vídeos na net, youtube, etc... inclusive é mais uma forma de marketing para a categoria e os patrocinadores.

olha ai a patacada do Hamilton:

http://www.youtube.com/watch?v=_QJurnfxRm4

Felipe Maciel disse...

Gustavo, sinceramente acho que não tem nada a ver. Pelo que eu conheço de F-1, eles querem é usar o bom senso, não importa se a procedência é legal ou ilegal.

Alonso deve ter arregalado o olho, aquela coisa de clamar pelo milagre tá dando algum resultado, mas acho que Lewis ainda pode terminar entre os quatro primeiros mesmo com a possivel punição, o que já seria lucro em termo de campeonato.

Abs

Anônimo disse...

Exelente raciocinio.... como sempre alias. A punição ao Hamilton pode até não vir, mas ja esta na hora de nós, fãs de automobilismo, fazermos uma grande corrente junto a FOM para que estas imagens fiquem disponiveis para a apreciação dos amantes da F1

Net Esportes disse...

Na minha opinião duas palhaçadas, tirar o tal video do youtube e também punir o Hamilton, deixa o inglês ser campeão em paz..... ele merece.

Blog F1 Grand Prix disse...

Jairo,

Valeu muito pela dica! Já estou completando o post.

Grande abraço!

Guilherme (RJ) disse...

Deveria ser punido, sim!

O Lewis chegou a emparelhar com o ‘safety car’ e ficou claro que ele teve culpa.

Na largada, com o Alonso, ele fez a mesma coisa. Diversas vezes ficou acelerando e reduzindo, tentando levar o espanhol ao erro. Pode até ser válida tal atitude, mas põe em risco quem vem atrás, principalmente numa pista escorregadia, com chuva e nova para todos.

Bem diferente da briga Massa x Kubica, que foi disputada limpamente, na pista e fora dela.

Se não for punido, vai acabar se transformando num novo Schumacher, que apesar de ser brilhante, achava que “o fim justifica os meios”.

Abraços

Priscila disse...

Embora esteja torcendo pelo inglês, concordo que ele pisou demais no acelerador, podendo ter alguma responsabilidade pelo acidente de Vettel e Webber. No entanto, prefiro que não haja punição para o Vettel, ou que o Lewis tenha a mesma punição que ele. Deste modo, acredito que ele pode pontuar bem nesta corrida, mesmo largando 10 posições atrás. Será uma pena, pois o campeonato já poderia se definir na China, como eu prefiro. Entretanto, para ser bem realista, não acredito que haverá punição para o Hamilton... vamos ver mais tarde.

No mais, concordo com vocês, palhaçada esta história de bloquearem os vídeos do YouTube.

Gustavo, quero também parebenizá-lo pela criatividade e qualidade das postagens neste espaço. Os comentários também se apresentam com respeito às diferentes opiniões, contribuindo, deste modo, para uma boa discussão. Digo isso, pela revolta com alguns outros blogs que se tornaram espaços para brigas e disputas individuais... Desculpem o desabafo.
Abraços

Rio Kart disse...

Faço meu o desabafo da Priscila acima. O F1 Grand Prix consegue transitar entre os mais diferentes assuntos e absorver as mais diversas opiniões sempre com muita desenvoltura, leia-se, sem ofender ninguém ou desmerecer qualquer ponto de vista. Também tem se destacado por mais este predicado no meu ponto de vista.

Descordo de todos quando reclamam da atitude da FOM quanto ao youtube. Ora, já passou do tempo da internet ser o território do vale-tudo, um lugar, isto mesmo, um lugar sem leis.

Não acho que esse vídeo do Hamilton vá ser retirado do youtube. Acho até que a FOM não pode fazê-lo. Estas imagens não são da transmissão oficial, portanto, a FOM não possui direito sobre elas. Até poderia se falar nesta possibilidade se o japonês tivesse colocado toda a corrida no youtube, mas um vídeo tão pequeno não chega a caracterizar uma violação ao direito de imagem.

Agora, lógico que se a FOM contrata uma empresa para fazer as imagens da corrida, e paga caro, e negocia esta imagem com emissoras do mundo inteiro, e nogocia mais caro ainda, ela tem todos os direitos de retirar os vídeos não autorizados que existem na internet. Ela não sabe quem está veiculando as imagens, aonde está sendo veiculada e ainda perde a exclusividade, o que vai contra o negócio da F1 - prejudicando a todos. Lembrando, essa não é a hipótese do vídeo amador postado.

Claro que o melhor não é ficarmos sem os nossos vídeos, mas também não é para acreditar que esse vale tudo (tropa de elite) é o melhor que podemos ter.

Não vejo isso também como impedimento para que o vídeo amador seja utilizado como prova. O fato de não ser oficial não impede que a FIA busque outros meios de prova, daí é só pedir o vídeo p/ o cara.

Impossível um evento como a F1 passar pelo Japão e não ter todos os minutos e segudos registrados. Tudo que eles (japoness) fazem é tirar foto, filmar e, de vez em quando, cometer um harakiri (seja lá como se escreva isso), neh?

Abraço!

O mínimo é tirar a punição do Vettel.

Garcia disse...

Eu acredito que ele tenha acelerado demais e ponto final. Apenas colocu de lado para não bater no SC e para isso teve de mudar radicalmente a trajetória... claro que se aproveitou disso e aplicou um Brake Test discreto mas que devido às suas consequências chamou um pouco mais atenção...

Agora quando às imagens eu acredito que podem ser usadas sim, toda e qualquer imagem é sempre válida. Alguém sabe realmente como a imagem foi parar na Internet? Será que foi uma simples postagem no Youtube ou este torcedor ganhou uma graninha com isso?

E pra finalizar... a FIA teve o dom de punir Vettel sem sequer ver imagens, não teria pudor algum de punir Hamilton vendo imagens para equilibrar ainda mais um campeonato que insiste em ser disputado também fora das pistas.

Abração

Blog F1 Grand Prix disse...

Priscila e Fábio,

Muito obrigado pelos elogios de vocês, mesmo! As próximas semanas vão ser complicadas para mim, já que vou precisar conciliar o Blog com as provas da minha faculdade. Suas palavras são um enorme incentivo!

Grande abraço a todos!

Maragato disse...

rio kart,

Qto aos direitos de imagem dos GPs, existe uma cláusula sabe-se lá onde, que amadores podem gerar imagens para seu lazer próprio, e não divulga-las, e que essas imagens são de propriedade da FOM.

Portanto, não só acho que vão retirar o vídeo, como já retiraram.

qto ao blog, sem comentários, um lugar culto, de frequentadores que sabem do assunto, e que, graças ao Gustavo, sempre mantem o mais alto nível nos posts e coments.

Guga, mais uma vez, parabéns pelo exelente trabalho.