quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Renault é chamada à FIA para esclarecer suspeita de espionagem

Depois de manchar sua reputação por conta do mega-escândalo de espionagem industrial envolvendo McLaren e Ferrari, a Fórmula 1 está arriscada a queimar mais um pouquinho de sua imagem. Nesta quinta, um comunicado que a FIA soltou à imprensa revela que a Renault foi chamada à sede da entidade para esclarecer uma denúncia que ironicamente partiu da McLaren, a "vilã" da primeira novela.

Dessa vez, o time prateado seria a "vítima" de um novo caso de espionagem. E, no papel do antagonista, estaria a Renault. Ao que parece, um funcionário da McLaren teria se tranferido para a escuderia francesa levando consigo uma série de informações confidenciais de sua antiga equipe, incluindo detalhes dos sistemas de reabastecimento, refrigeração de óleo, controle hidráulico, entre outros.

Na verdade, a acusução da McLaren não é nova: quando a notícia vazou pela primeira vez, a Fórmula 1 ainda enfrentava o auge da crise gerada pelo outro imbróglio de espionagem. Para evitar um problema ainda maior, a FIA adiou a investigação contra a Renault, só tomando providências após o fim da temporada. Uma decisão até sensata, diga-se de passagem.

Agora, o novo caso só deve ser esclarecido em meados de dezembro, quando o Conselho Mundial reune-se mais uma vez. A princípio, a Renault dificilmente sofrerá alguma sanção. De qualquer maneira, é esperado que a convocação atrase ainda mais a definição de Fernando Alonso, que não vai querer arriscar uma mudança para a Renault enquanto a escuderia francesa estiver ameaçada de punição.

O bicampeão, aliás, viu seu nome envolvido em mais especulações no dia de hoje. De acordo com o diário As, o empresário de Alonso, Luiz Garcia Abad, teria se reunido com a Red Bull para conhecer o projeto da equipe das bebidinhas. Segundo a reportagem, o espanhol substituiria David Coulthard, que entraria no lugar do já anunciado Sebastien Bourdais na Toro Rosso.

Será que a Red Bull estaria mesmo tão disposta a contar com o espanhol? Difícil de dizer. Pelo visto, Alonso deseja usar o time austríaco como "plano B" caso seu acordo com a Renault fracasse. Enquanto isso, a Toyota já admitiu estar fora da briga pelo bicampeão. Nesta quinta, um dos diretores da escuderia japonesa, John Howett, afirmou que "a Toyota ainda não tem estrutura para receber Alonso".

Se não consegue bons resultados na pista, ao menos o time nipônico não perdeu a humildade...


No início da semana, o governo de Victoria - onde está a cidade de Melbourne - revelou estar tendo prejuízos com as últimas edições do Grande Prêmio da Austrália. Foi o suficiente para aparecerem vários pretendentes a sediar a prova após 2010, quando expira o contrato do circuito Albert Park com a categoria. Depois de Surfers Paradise, mais três candidatos surgiram nos últimos dias.

Um deles é a famosa pista de Phillip Island, velha casa do G.P. da Austrália da MotoGP. Mas a lista de postulantes é longa: de acordo com informações de veículos locais, o circuito de Sandown e até o hipódromo de Flemington também poderiam receber a Fórmula 1 num futuro próximo. Em meio à tanta especulação, o governo de Victoria precisou responder aos boatos.

O premier John Brumby deu uma entrevista coletiva sobre o assunto e repetiu que "nada foi discutido (sobre a renovação do contrato) até agora". Entretanto, Brumby fez questão de ressaltar que "se Melbourne quiser manter a corrida, vai precisar cortar custos". Pelo visto, tudo indica que o G.P. da Austrália muda de endereço após 2010. Ainda bem. Perto de Phillip Island e Adelaide, por exemplo, o circuito Albert Park não tem a menor graça.

Para terminar o giro pelas notícias da Fórmula 1, vale destacar a participação especial que Michael Schumacher gravou para o longa "Asterix nos Jogos Olímpicos", a ser lançado em janeiro de 2008 na Europa. No filme, o alemão vai aparecer rapidamente durante uma cena de corrida, e seu personagem deve se chamar"Schumix". Só não disseram quais vão ser seus adversários.

Veja aí se algum nome combina: "Hillix", "Jacquix", "Hakkinix", "Kimix", "Rubinhix"...


Uma ótima notícia para os fãs da velocidade aqui do Brasil. A partir do próximo ano, a Rede Globo vai transmitir todas as doze etapas da Stock Car, o que deve aumentar consideravelmente a exposição e o público da categoria. Além disso, a Stock ainda confirmou a realização da "Corrida do Milhão", cujo prêmio para o vencedor será de um milhão de reais.

O calendário 2008 ainda não foi totalmente divulgado, mas algumas informações já foram liberadas. Por exemplo, os dias de abertura e encerramento do campeonato: 13 de abril e 7 de dezembro, respectivamente. Agora, resta esclarecer aonda seria a tal "Corrida do Milhão". A princípio, Jacarepaguá já havia sido confirmada. A pista carioca, porém, foi nem mencionada no comunidado de hoje...

Enquanto isso, na Nascar, a notícia principal é que Jacques Villeneuve deve disputar a etapa de Phoenix, no próximo fim de semana. Será a segunda participação do campeão mundial de 1997 na stock car americana após. Três semanas atrás, em Talladega, ele fez uma boa mas discreta corrida, terminando na 21ª posição.

Além de Villeneuve, outros dois ex-pilotos de monopostos tentam dar seus primeiros passos na Nascar: Patrick Carpentier e Sam Hornish Jr. O primeiro também é canadense e correu na antiga CART e depois na ChampCar por mais de uma década. Por sua vez, Sam Hornish Jr. dispensa apresentações. Bicampeão da IRL, o americano quer repetir os passos de Tony Stewart, que também começou a carreira na Indy.

Por fim, uma correção: ao contrário do que o Blog disse ontem, os testes coletivos da MotoGP em Valência não se estenderam até hoje. Ao contrário: a categoria encerrou os trabalhos na pista espanhola e agora só volta à pista entre os dias 15 e 17 de novembro, no circuito malaio de Sepang.


O vídeo do dia é diversão garantida para quem gosta de acidentes. Nas imagens a seguir, estão reunidos praticamente todas as batidas da temporada 2007, incluindo a pancada de Robert Kubica no Canadá, o vôo de David Coulthard sobre Alexander Wurz na Austrália, o acidente de Lewis Hamilton na classificação de Nurburgring, além de muitos outros:



Nesta sexta, o Blog volta com a seção Agenda do fim de semana, destacando as atrações do mundo da velocidade pelos próximos três dias. E, mais tarde, comentários sobre as principais notícias do automobilismo. Até amanhã!

Crédito das fotos:
Villeneuve - www.nascar.com

3 comentários:

aurélio disse...

só faltava essa mesmo. Para terminar um ano feio do lado de fora da pista, só mesmo mais um caso desse de espionagem. É revoltante! Espera-se que a FIA haja com rigor agora. Nada de passar a mãozinha na cabeça não. Se fez errado, tem que punir!

Um abraço.

maurício disse...

Ah, não!!!!! O pior da notícia não é a espionagem em si mas essa constatação que voce fez e eu não tinha pensadu: Alonso vai demorar um tempão para confirmar para onde vai em 2008!!! Po não aguento mais essa história. Decide logo, Fernandinho (como diz o Gomes!!) E sobre Jacarepagua, tomara que essa notícia seja verdadeira, se não vai ser o fim do autódromo. Sinceramente, essa corrida da Stock valendo 1 milhão é a nossa última esperança. Se não sair em pouco tempo o autódromo vai ficar as moscas, abandonado. Vamu torcer!!!!!!

Abs

Felipe Maciel disse...

Sorte da Globo que eu postei essa antes deles falarem uma bobagem sem tamanho no Jornal da Globo.
Disseram que a Renault, assim como a McLaren, copiou a equipe italiana, porque tinham interesses no modelos Ferrari Mp4/21 e Ferrari Mp4/22.

Nem no dia mais inspirado o Galvão soltaria uma galvanada à essa altura. Os jornalistas se superaram dessa vez, erros imperdoavelmente vergonhosos...