quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Nelsinho ou Di Grassi: quem você prefere?

A Renault terá um brasileiro em 2009.

O francês Romain Grosjean, que tinha a preferência de parte da equipe pela nacionalidade e por algumas atuações promissoras nas categorias de base, ainda é visto como um piloto que precisa ganhar mais experiência antes de estrear na Fórmula 1.

Ainda há setores da Renault que defendem a promoção de Grosjean, mas a tendência é que o piloto continue mais um ano na GP2.

Assim, a disputa para ocupar a vaga de titular na Renault fica entre Nelsinho Piquet e Lucas di Grassi.

Um deles será o companheiro de Fernando Alonso, que declarou nesta quinta ter ''99% de certeza'' do que vai fazer no ano que vem.

É quase certo que o espanhol vai continuar na Renault. A confirmação deve vir alguns dias após o encerramento da temporada.

Mas a briga pela outra vaga permanece muito indefinida.

Pela primeira vez, Di Grassi reconheceu que tem ''boas possibilidades'' de estrear na F-1 em 2009.

Vice-campeão da GP2 em 2007 e terceiro colocado neste ano mesmo sem ter disputado seis corridas, Di Grassi tem a simpatia de setores da equipe pelo grande conhecimento técnico e pelo estilo pouco sujeito a erros.

Seu adversário na disputa para ser titular na Renault, Nelsinho Piquet, vem mostrando grande irregularidade em sua temporada de estréia na Fórmula 1.

Apesar disso, é um dos pilotos mais promissores de todo o grid. E certamente não merece ser afastado da categoria tão cedo.

O dilema da Renault é compreensível.

Mesmo tendo menos experiência do que Nelsinho, Di Grassi parece um piloto mais maduro.

Em compensação, o Piquet mais novo dá a impressão de que ainda não mostrou tudo o que sabe.

Num cenário ideal, os dois estariam no grid em 2009. Só que isso é muito difícil, e um deles provavelmente vai ficar à pé.

Entre Nelsinho e Di Grassi, qual é a sua preferência?

Não é hábito deste Blog ficar em cima do muro, mas é isso o que vai acontecer dessa vez.

13 comentários:

GAVIAO BOEMIO disse...

O Lucas é apenas um bom piloto de teste , assim como foi Nelsinho ano passado, ao passo que Nelsinho já tem 1 temporada de experiência.
Eu se estivesse no lugar do Briatore sem duvida permaneceria com Nelsinho Piquet.
O problema é que o Lucas já nao tem mais o que fazer em categorias de base e isso nao é problema da renault, ele merece muito mais a vaga da toro rosso que o Bruno Senna, mais aí já é com o Berguer.

Saraiva disse...

Concordo com o Gavião...

Acho que ano passado com o Kovalainen e esse ano com o Nelsinho, a Rennault aprendeu como é difícil lidar com pilotos estreantes. Acho que não vão querer passar por esse "sufoco" de novo. Apesar de preferir o Di Grasi, optaria pelo Nelsinho justamente por ter tido um ano de experiência já.

E falando do futuro do Alonso de novo hehe, aquele banco ING que estava na rennault não vai pra honda? acho que li algo a respeito disso na internet, não seria indícios de qual equipe vai ter mais recursos? =P

Mas e aí Gustavo, ainda é cedo pra falar sobre alguma possibilidade de chuva pro domingo? =P

Paulo Maeda™ disse...

Olha, eu ficaria na dúvida. Realmente Nelsinho já tem 1 temporada de F1 nas costas, mas o Di Grassi parece ser mais maduro... Sinceramente não sei, mas eu tenderia mais pro Grassi.

Augusto disse...

Di Grassi.

Miguel Direito disse...

Nelsinho, pelo pai. Ponto.

Anônimo disse...

O ideal seria; Nelsinho na Renault, Di Grassi na Honda e Rubinho na Toro Rosso. Se bem que desses 3 o que tem mais chance de ficar a pé ao meu ver é o Di Grassi, provavelmente quem ocupará a vaga na Honda vai ser o Bruno Senna.

Galvão disse...

Di Grassi, pelo pai do Nelsinho.

EdisPJ disse...

Concordo que a Renault não deveria tentar pela terceira vez com um piloto novato, seria muita insistência. O Nelson Angelo vem melhorando bastante, palavras do Briatore, e penso que deveria ser mantido. O Di Grassi, com a (razoável) experiência que tem, deveria ir pra Honda (até li em outros blogs que cogitam isso), quem sabe, com algum $$ do Briatore, pra dar uma força. Agora, o que querem fazer com o primeiro-sobrinho é demais...o cara ainda nem testou e tem gente dizendo que é o melhor de todos e que vai sair abafando...menos, bem menos. Ele tem que testar muito ainda, pra poder se aventurar, senão vai ser limado de cara...

Guilherme (RJ) disse...

Torço para que a escolha da Renault seja por Nelsinho.

Acho que vale a pena dar uma chance pro garoto, até porque a Renault parece ter encontrado o caminho do equilíbrio.

Seria decepcionante pra ele sair justamente quando o equipamento melhorou.

Abraços!

Anônimo disse...

O Lucas está pronto para F1 já em 2009, já Bruno deveria fazer uma temporada como piloto de testes e mais um ano de GP2 para só então assumir uma vaga de titular.
Piquet fez um ano apenas razoável mais é um piloto promissor Briatore provavelmente vai mante-lo. Ou seja vamos aguardar Alonso se mexer de novo.

Zaka disse...

Seis por meia dúzia.
O seis ficaria por já estar lá.

Zaka disse...

Só mais um comentário.

O Barrichello é o melhor dos brasileiros neste quarteto a procura de vaga (Barrichello, Senna, Grassi e Piquet).

Leandrus disse...

É difícil, mas ainda aposto no Nelsinho. Me decepcionei um pouco com esse papo dele de "não conheço o circuito, os lugares que conheço vou bem", mas acho ele ainda vai mostrar todo o seu potencial. Merece mais uma chance na Renault. O problema é que o coitado do Di Grassi tb merece...