segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Rubinho não tem interesse na Indy

Na semana passada, um rumor que ganhou destaque apontava Rubens Barrichello como um possível reforço da Fórmula Indy para 2009.

Era cascata.

Durante o GP da China, Rubinho confirmou que não tem nenhum interesse em transferir para a Indy na próxima temporada.

Nem mesmo a grande amizade com o baiano Tony Kanaan será suficiente para convencer Rubinho.

O veterano diz estar seguindo um pedido da mulher, que considera os ovais muito perigosos.

Com isso, o único objetivo de Rubinho permanece sendo continuar na Fórmula 1.

Na Honda, já não depende mais dele. A não ser que faça uma corrida extraordinária em Interlagos, o piloto não muda mais a impressão que os chefes têm dele.

Alguns, como Ross Brawn, apóiam sua permanência.

Mas o chefe de equipe Nick Fry e boa parte da cúpula japonesa continuam cautelosos sobre a renovação de contrato de Rubinho.

Ao veterano, só resta esperar...

6 comentários:

Paulo Maeda™ disse...

Olha com todo respeito à pessoa do Rubinho. Fica impossível não fazer a comparação: ele não teve peito pra bater de frente com a Ferrari em sua "estadia" por lá. Agora ele tah com medo da mulher, pq ela acha q a Indy é muito perigoso.... Sei que é hipocrisia pensar assim, mas Rubinho.... por favor neh. Mas tudo bem, tomara que ele continue mofando no fim do grid da F1. Se for pra isso, acabe com essa novela toda e se aposente de uma vez!

obs: é um desabafo, desculpe por postar com essas palavras, mas é o que resume minha visão desse episódio

Anônimo disse...

Espero que o Rubens volte prá casa ainda de cabeça erguida e não saia da F1 como o Coulthard. Chega a ser patética a sua insistencia para permanecer na categoria. Pode até correr na RBR não pela experiência mas porque vai levar dólares para a equipe, o que na idade dele é humilhante.

Tuta Santos disse...

A Honda continua a mesma coisa de sempre:
Contratam o Ross Brawn, mas quem toma as decisões - e com atraso - é murrinhenta da cúpula no Japão, alheia e longe de tudo o que acontece.
Isso rola faz muito tempo, os caras botam o nome no fio da navalha e depois tomam decisões idiotas - alguém duvida que o Sato pode estar influenciando essa tomada de decisão? - que enchem de lama a própria cara.
Neste mundo de tecnologia, a Honda é o Japão feudal.

GAVIAO BOEMIO disse...

Tirar o Rubinho e Jenson, mas quem iria substituí-los?
Esse...hahahahah
Aquele..hahaaahahah
O problema da honda é chassi.
Acho o Rubinho ainda muito novo pra se aposentar, e a lista de espera pra ingressar na formula 1 nao tem ninguem melhor que ele.

Eu sei oq vc fez no chucapol passado disse...

Não acho burrice a Honda tirar ele, mas acho burrice outra equipe não ir atrás dele, afinal ninguém tem mais experiência hoje que ele, sendo que Rubens ainda corre bem. Inclusive é melhor que o Button (bem mais novo_ nos resultados esse ano.

Um carro razoável e o Rubens é certeza de vários pontos na temporada, para a Toro Rosso seria uma boa, faria mais pontos que o Bourdais.

Na falta de algo melhor, o Rubinho podia pilotar uns Audis na Le Mans Series!

Caio, o de Santos disse...

Tomara que o Rubinho esteja tomando isso como alternativas e não como decadência!!!