segunda-feira, 26 de maio de 2008

Aumenta pressão sobre Nelsinho Piquet

O primeiro ano de Nelsinho Piquet na Fórmula 1 não está sendo nada fácil. Após seis corridas, o piloto brasileiro ainda não conseguiu pontuar, e vem recebendo cada vez mais pressão da Renault e da imprensa para superar a má fase. Nesta segunda, Nelsinho foi surpreendido por outra péssima notícia: o boato lançado pela revista Motorsport Aktuell, que garante a sua demissão daqui a três corridas caso a seqüência de maus resultados continue.

De acordo com a reportagem, Nelsinho teria até o G.P. da Inglaterra para mostrar serviço. Caso contrário, o brazuca correria sério risco de ser substituído por Takuma Sato ou Anthony Davidson, a dupla de pilotos que ficou à pé com a falência da Super Aguri. Se não bastasse tudo isso, Nelsinho ainda tomou uma bela cutucada do chefão Flavio Briatore por causa do acidente em Mônaco. "A corrida foi decepcionante, mas não poderíamos esperar muito de um piloto de testes", falou Briatore.

Ser chamado de "piloto de testes" pelo chefe não é nenhum elogio. Mas, apesar de tudo, Nelsinho ainda conta com o apoio da Renault. Tanto que foi selecionado para fazer uma bateria de testes com a equipe em junho, numa data antes marcada para Fernando Alonso. Com a medida, a Renault espera oferecer mais uma oportunidade para que Nelsinho ganhe experiência com o carro, e deixe de cometer os erros que se tornaram freqüentes neste ano.

As notícias que especulam a demissão de Nelsinho ainda são puro boato, apesar de terem ficado mais consistentes nas últimas semanas. Se, por algum motivo, Nelsinho for afastado da Renault, o mais provável é que a equipe promova o piloto de testes Lucas di Grassi à posição de titular. Embora representem boas opções no mercado, Takuma Sato e Anthony Davidson jamais tiveram ligações com a Renault, e nada indica que isso vai mudar.

Por enquanto, Nelsinho continua seguro na Renault. Mas a paciência da equipe está se esgotando lentamente.



Adrian Sutil precisou se controlar para não chorar em entrevista à televisão alemão logo após o G.P. de Mônaco. Com a voz embargada, o piloto da Force India se limitou a dizer que "Kimi Raikkonen é um grande esportista, veio pedir desculpas e não fez de propósito", dando a entender que o finlandês está perdoado pelo acidente que estragou a corrida de ambos. Mesmo perdendo a fantástica quarta posição, Sutil ganhou muita moral dentro da equipe, chegando a ser classificado como "herói" pelo chefe Colin Kolles.

Enquanto isso, o presidente da Renault, Carlos Ghosn, reafirmou hoje que a montadora francesa permanece comprometida com a Fórmula 1, apesar da escassez de resultados nos últimos dois anos. "Só pensaria em sair quando estivesse no topo. Vamos ficar aqui por um longo período. Confio nos ajustes que estão sendo feitos para conseguir melhores desempenhos nas próximas temporadas", revelou Ghosn ao Marca.

Para terminar o giro pelas notícias do dia, vale registrar que o G.P. da Inglaterra pode mudar de endereço em 2011. Segundo o jornal Sunday Mirror, os proprietários do circuito de Donington Park - palco da histórico triunfo de Ayrton Senna em 1993 - já estariam negociando com uma "poderosa figura da Fórmula 1", que muito provavelmente é Bernie Ecclestone. A troca aconteceria após o fim do contrato da sempre criticada pista de Silvestone com a categoria.

Um circuito lendário sendo substituído por outro que também tem muita história para contar. Se for assim, a saída de Silvestone nem será tão lamentada.



O vídeo do dia mostra a principal cena do fim de semana: o acidente entre Danica Patrick e Ryan Briscoe nas 500 Milhas de Indianapolis, que eliminou os dois da prova. Inconformada com a batida, a morena vai tirar satisfações com o australiano, mas é contida por um segurança. Para quem não viu, vale a pena conferir:



Até mais!

Crédito das fotos:

Donington Park - www.1tail.com
Demais -
www.gpupdate.net

9 comentários:

Guilherme (RJ) disse...

Situação desconfortável do Nelsinho até porque ele tem sido o grande responsável por isso. Se não completasse as corridas por culpa de outros pilotos até se justificaria, mas ele não tem colaborado em nada para melhorar, principalmente nas qualificações. Até o final da temporada ele fica, mas se não mostrar algo mais positivo, dança... a não ser que Glock, Couthard, Físico, Bourdais mantenham a (péssima) performance e abram vagas nas equipes.

O Sutil me fez lembrar o maratonista brasileiro que foi atrapalhado por aquele maluco nas Olimpíadas e que após o ‘acidente’ foi até mais elogiado.

Que azar da Danica, hein... sorte do piloto que bloqueram a menina a tempo... ahahah

Abraços!

Net Esportes disse...

A Danica indo com a maior raiva do mudno é muito engraçado, depois que ela tirou o pacete então, estava irritadíssima e como muita razão........

http://netesporte.blogspot.com/

Priscilla Bar disse...

Valeu eplo video,Gustavo.Ainda nao tinha visto a cena.O pior é que a BESTA do Luciano do Valle ainda diz que foi culpa dela.Sorte dele que a Danica nao escutou...rs.Filho da mae!

Dé Palmeira disse...

Mas afinal Gustavo, qual é o problema do Nelson?

O carro é uma porcaria mesmo e o Alonso vem fazendo milagres a cada GP (Exceto Mônaco) ou é o Nelson que não é tão bom piloto quanto eles querem que a gente ache?

Eu não estou conseguindo entender o porque de um desempenho tão baixo!

Não é só o fato de chegar sempre nas últimas posições ou não terminar as provas mas a quantidade de erros que esse cara comete durante a corrida!

Ele pode ficar na Renault até o fim do campeonato mas na minha humilde opinião seu filme está queimado pra sempre na F1. Vai ser muito difícil arranjar outro carro ano que vem se ele continuar desse jeito.

Abs

Speeder_76 disse...

Quanto ao Nelsinho... não há muito para conversar. Basta ele se concentrar e aproveitar as oportunidades. Essa da pressão é uma maneira do Briatore descarregar as frustrações. Aliás, desde que descobriu o Alonso, vem queimando todos os segundos pilotos: Fisichella, Kovalainen, Trulli...


Quanto ao video da Danica na Indy... já tinha visto através do site oficial. Agora o Valle dizer que a culpa é da Danica, depois de numa repetição anterior se ter visto o toque do Briscoe, demonstra ou distracção ou ignorância. E falam mal do Galvão!

Blog F1 Grand Prix disse...

Obrigado pelas mensagens!

Guilherme: Como você disse, a classificação vem sendo o ponto fraco de Nelsinho nesta temporada. O ritmo de corrida dele não chega a ser tão ruim, mas as más posições de grid chamam muito mais atenção. Nas últimas três provas, por exemplo, Nelsinho não superou o Q1...

Dé Palmeira: Para mim, o principal fator que vem prejudicando o Nelsinho é a presença do Alonso. O brasileiro já sabia que seria titular da Renault na metade de 2007, mas não contava com a contratação do bicampeão. Nelsinho ficou desmoralizado com a chegada de Alonso, que mudou todo o comportamento da equipe. Tudo bem que isso não justifica a péssima fase do Nelsinho, mas ajuda a entender...

Aos demais: Desculpe pela falta de atenção, mas o tempo vem sendo curto ultimamente. Até o fim da semana vou tentar compensar...

Grande abraço a todos!

Gustavo Coelho

Leandrus disse...

Agora pergunta pro Nelsão o que ele acha da fase do filho, e lembra que o Rubinho terminou a corrida na frente do seu sucessor...

phigo disse...

olá Gustavo, tudo bem?

sobre o Nelson Piquet Jr., acredito que toda a fórmula 1 espera que um piloto proveniente da GP2 consiga uma performance muito parecida com a de Lewis Hamilton em sua primeira temporada... o que não deixa de ser um erro de avaliação por toda a estrutura que a Mclaren proporcionou a ele.

Cabe a Piquet Jr., agora mostrar serviço, mesmo que tenha a seu lado um bicampeão, ele tem possibilidades de andar próximo de Alonso. Na minha forma de analisar muitas coisas começaram erradas com
Piquet Jr. A começar pela sua estréia na Renault, uma equipe que de certa forma sofre uma pressão de cima por bons resultados. Pela opinião do brasileiro que comanda a Renault ela deve permanecer na F-1 por muito tempo e aqui acontece uma
pequena contradição quando ele mesmo diz que se for para sair o ideal é sair no topo... significa que para voltar ao topo do jeito que esta vai demorar um pouco... rs!!! mas voltando a Piquet veja que o ano em que ficou como pilotos de testes tirou todo o ritmo de corrida do garoto, coisa que com Lewis não aconteceu. Ele estreou no ano seguinte ao seu título na GP2... isto para citar um exemplo.

Pese o fato também que hoje em dia não existem mais as pequenas para fazer o papel de introdução de um piloto na F-1...

Alonso começou em uma Minardi, Schumacher numa Jordan, Senna numa Toleman e por aí vai... mesmo que se um piloto fizesse algo errado em uma equipe destas não faria tanta diferença... existia uma curva de aprendizado...

Como diz Piquet (pai) na F-1 ou você é ou não é...

No caso de Piquet Jr., ele até pode ser, mas o tempo que antes era um aliado, agora se tornou um inimigo...

A fórmula 1 atual não permite mais erros, e isto é uma questão de concepção dos homens que mandam no esporte motor... infelizmente!!!

Abraço

Blog F1 Grand Prix disse...

Amigos, muito obrigado por todos os comentários! Infelizmente, a falta de tempo me impede de comentar as mensagens de vocês individualmente. De qualquer maneira, valeu mesmo pela participação!

Grande abraço,

Gustavo Coelho