quinta-feira, 10 de abril de 2008

Alonso: "McLaren não é uma equipe vencedora"

Fernando Alonso não perde mesmo oportunidade nenhuma de dar uma cutucada na McLaren. Nesta quinta, o espanhol garantiu ao site F1Today.nl que o time prateado não é "vencedor", e que este foi um dos principais motivos do seu retorno à Renault. Para Alonso, a McLaren pode até ser capaz de produzir carros rápidos, mas a escuderia de Ron Dennis não tem competência para conquistar títulos.

"A McLaren parece ser uma equipe vencedora, mas não é. Eles não vencem um campeonato há anos, e por isso resolvi voltar para a Renault, que levou dois troféus de Pilotos e Construtores nas últimas temporadas", falou Alonso. Além disso, o bicampeão também garantiu que a Renault vai se recuperar: "Acredito que até o fim do ano vamos superar as dificuldades atuais e avançar alguns passos. Em 2009, quero estar numa equipe capaz de vencer corridas".

O comprometimento de Alonso com a Renault, porém, pode não ser tão forte assim. Nos últimos dias, a imprensa espanhola especulou com entusiasmo que o bicampeão estaria conversando com a BMW para 2009. A princípio, Alonso seria companheiro do polonês Robert Kubica. Mas essa possibilidade, por enquanto, não passa de um mero boato. O esforçado Nick Heidfeld, inclusive, ainda se mantém à frente do badalado Kubica na tabela de pontos.

Se a Renault não conseguir recuperar-se ainda neste ano, a tendência é que o nome de Alonso seja envolvido em vários rumores. A imprensa espanhola está desesperada para ver seu ídolo de volta ao topo, nem que isso significa contrariar alguns princípios básicos da profissão. A credibilidade dos jornalistas do país de Alonso, nessa altura, já foi para o espaço...





Não é só dentro da pista que Lewis Hamilton vive uma péssima fase. Segundo o jornal Daily Mirror, a biografia oficial do piloto inglês - lançada no fim do ano passado - é um dos maiores fracassos editoriais da Inglaterra. Logo após a sua chegada às livrarias, o livro "Lewis Hamilton - Minha História" custava cerca de quarenta dólares, mas agora já pode ser encontrado por nada mais do que dois dólares. A editora que pagou dois milhões pelos direitos da obra já deve estar pedindo falência...


Enquanto isso, os organizadores do G.P. dos Emirados Árabes Unidos - cuja estréia na Fórmula 1 está marcada para o ano que vem - anunciaram hoje que a prova deve acontecer em outubro. O complexo automobilístico, que está sendo construído na cidade de Abu Dhabi, custou cerca de um bilhão de dólares, e vai ficar dentro de uma ilha artificial especialmente erguida para o projeto. "Será o melhor autódromo do mundo", disse Bernie Ecclestone à Autosport. E que ninguém ouse duvidar disso...

Para terminar o giro pelas notícias da Fórmula 1, vale mencionar que a Ferrari confirmou hoje a participação de Michael Schumacher nos testes coletivos de Barcelona, programados para a próxima semana. O alemão vai testar um pacote técnico pensado para 2009, quando o regulamento da Fórmula 1 deve passar a restringir uma série de pesquisas na área aerodinâmica. Além de Schumi, Felipe Massa e Kimi Raikkonen também devem participar das atividades.



Impossível não registrar uma ótima novidade para os fãs da velocidade: a chegada da Race TV, o primeiro canal on-line dedicado exclusivamente ao esporte a motor. Comandada pelo Carlos Cintra Mauro - o "Lua" - a RaceTV já começou bem, apresentando uma série de programas bem produzidos e que falam de assuntos bem variados. Desde já, o Blog deseja toda a sorte do mundo ao projeto.



O vídeo do dia é uma espetacular filmagem onboard com Ayrton Senna e Nigel Mansell durante as primeiras voltas do G.P. do Japão de 1991. A prova, para quem não lembra, decidiu o título daquele ano em favor do brasileiro. Vale a pena conferir os sensacionais roncos dos motores Honda de Senna e Renault de Mansell, além da disputa emocionante entre os dois até o erro do inglês na nona volta:


Esse eu vi na Comunidade F1 Brasil do Orkut

Até a próxima!

Crédito das fotos:
Livro de Hamilton - http://www.play.com/

9 comentários:

Prof. Cleiton disse...

Parabéns pelo blog... ótimas noticias!!!

Acompanhe a trajetória deste talento brasileiro rumo a fórmula 1, Bruno Senna é sobrinho do Ayrton Senna, hoje ele corre na GP2 e seus planos é de estar na F1 já em 2009.

Acesse: http://www.sennabrasil.blogspot.com

Gostaria de saber se é possível agente fazer uma parceria de divulgação entre os blogs.

Daniel Médici disse...

Tenho o GP do Japão de 91 em dvd e, toda vez que assisto, fico espantado de ver como a Williams parece deslizar na pista, enquanto a McLaren parece querer levantar vôo a cada cinco metros.

Coisas de suspensão ativa.

SHEILA MELISSA DANTAS disse...

Olá querido!! Obrigada pela visita lá no Paddock!!! O Grand Prix também é muito legal!!! E convido a vc participar da noassa rádio Giga Racing ok?? Abraço ahhh add o Grand Prinx na lista de links

Speeder_76 disse...

Tava a ver o filme. Deveras espectacular!


Já agora, como hoje faz 15 anos sobre o GP da Europa de 1993, posso mostrar-te este video, onde o pessoal fala sobre a sua prestação nesse dia:


http://www.youtube.com/watch?v=Jqof-uDvUWo


Tem o Prost, o Murray Walker, o Gerhard Berger e o Damon Hill, entre outros. Acho que devias ver isto. Um abraço!

Fernando disse...

Rapaz, acompanho o blog há quase um ano e até já me reservei as vezes o direito de comentar, mas devido a falta de tempo foram raras esses comentários.

Entretanto, uma coisa me chama muito a atenção e não posso deixar de destacá-la:

Além da inteligência e imparcialidade com que você conduz seu blog, e incrível e inconteste bom para os vídeos.Ora escolhendo-os pessoalmente, ora atendendo a pedidos dos demais colegas.

Parabéns!!!


Sobre o vídeo, ele confirma aqilo que já sabemos:

1) O carro de Mansell já era muito superior as McLarens, basta ver a tremedeira da Mc-Honda de Senna e a forma sincronizada da Williams (em comparação à McLaren, por favor)

2) o jogo de equipe da McLaren foi um dos mais inteligentes que já vi na história, pois se o Berger estivesse na segunda colocação (apesar de considerá-lo ótimo piloto) ele não seguraria Mansell do jeito que Senna havia segurado, fatalmente e inevitavelmente Mansell se aproximaria de Senna e por mais que ele se defendesse, uma hora ou outra Mansell passaria, podia até ser nos boxes.

3) Deus e o mundo inteiro viu que Senna não andava no ritmo que podia (a estratégia era Berger se distanciar), e isso deve ter deixado Mansell muito p..., visto que ele chegou a errar e que depois Senna conseguiu inclusive ultrapassar Berger, entregando no final e cumprindo o trato com Dennis.

4) Posso ser crucificado, mas se Mansell não fosse campeão ao menos uma vez (o foi em 92), seria muita injustiça. Apesar dos erros, como o desta corrida, ele sempre teve muita personalidade e arrojo. Além de tudo, guiava como o próprio apelido o definia "LEÃO"

5)Em relação à Senna, não sei o "porquê", mas mais uma vez senti vontade de dizer "...foi o melhor do mundo mesmo...", sem fanatismo é claro.


Valeu colegas

Bom final de semana (sem F1 fica ruim)...

Blog F1 Grand Prix disse...

Obrigado por todas as mensagens!

Fernando: Nem tenho como agradecer os seus elogios. Valeu mesmo, eles são um grande incentivo!

A Williams de Mansell realmente era bem mais estável que a McLaren de Senna. E a tática da equipe do Ron Dennis foi mesmo inteligentíssima. Considerando o histórico do Mansell, não foi surpresa ver o inglês errar logo no início. De qualquer maneira, como você disse, Mansell não poderia encerrar a carreira sem um título, e o ano de 1992 foi uma bela coroação após vários anos de desilusões...

Grande abraço a todos,

Gustavo Coelho

Dé Palmeira disse...

Impressionante como as Williams eram muito mais estáveis que as McLaren.

E o Senna coitado, ainda tendo que trocar as marchas com câmbio manual enquanto o Mansell já usava o automático.

É quase um milagre ele ter conseguido segurar o Leão durante tantas voltas.

Obrigado pelo vídeo e parabéns pelo blog.

Marcelonso disse...

Salve

Muito bom esse video,realmente nosso brazuca era fora de série,pois a diferença de performance era enorme,e ele tirava no braço.Saudades dos bons tempos da F1.

Vc poderia postar o link do video?
Muito bom seu blog.

visite :
http://blogdomarcelof1.blogspot.com/
abs
marcelonso

Blog F1 Grand Prix disse...

Obrigado pelos comentários, e desculpe pela demora em respondê-los!

Dé Palmeira: Valeu pelo incentivo! O vídeo é realmente sensacional...

Grande abraço a todos!

Gustavo Coelho