terça-feira, 8 de abril de 2008

Com nova suspensão, Renault quer ganhar seis décimos por volta até G.P. da Espanha

A falta de tempo vem me impedido de responder aos comentários de vocês, que têm se acumulado desde o último domingo. Peço desculpas, mas vou tentar recuperar o terreno perdido a partir de amanhã. Obrigado a todos pela compreensão!

Talvez a grande decepção da temporada até aqui, a Renault corre para evitar mais vexames na fase européia da Fórmula 1. Segundo o jornal As, a equipe francesa planeja estrear um novo desenho de suspensão dianteira no G.P. da Espanha, marcado para o dia 27 de abril. Na verdade, a inovação estava programada para ser utilizada desde o início do ano, mas demorou a entrar na pista por causa de um pequeno problema de bastidores.

Acontece que a nova suspensão do time de Alonso foi desenvolvida por um ex-engenheiro da McLaren, equipe que acusou a Renault de espionagem no fim de 2007. Mesmo tendo se livrado de todas as denúncias, a escuderia francesa achou por bem consultar a FIA antes de estrear a inovação. Finalmente autorizada pela entidade, a Renault já deve usar a suspensão nos próximos testes coletivos de Barcelona, programados para os dias 14, 15 e 16 de abril.

A princípio, a expectativa do diretor técnico Pat Symonds é conseguir um ganho de seis décimos por volta. Esse avanço seria um enorme alento para o bicampeão Fernando Alonso, que não tem escondido sua frustração com o péssimo ritmo da Renault neste início de ano. "Se a nova suspensão não funcionar, vamos ficar muito preocupados. Na última corrida, por exemplo, Giancarlo Fisichella cravou uma melhor volta mais rápida do que a minha, e ele pilota uma Force India!", reclamou Alonso hoje.

Pois é, Fernando: a situação não está nada fácil mesmo. A Renault pode até melhorar os tais seis décimos até o G.P. da Espanha. Mas as outras equipes também vão evoluir. Alcançar os times de ponta, sem dúvida alguma, ainda vai demorar muito...



Não é só a cúpula da Ferrari que começa a temer o avanço da BMW. Um dia após o chefe de equipe Stefano Domenicali colocar Robert Kubica entre os candidatos ao título deste ano, Kimi Raikkonen admitiu que não seria surpresa alguma ver o time alemão no topo do podium. "A temporada vai ser muito disputada, e conquistar posições na pista será bastante difícil. Não ficaria surpreso se a BMW vencer algumas corridas, porque eles estão bem próximos de nós", admitiu Kimi ao site oficial da Ferrari.

Enquanto isso, o presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo, Paulo Scaglione, veio a público hoje para esclarecer que não está fazendo campanha pela permanência de Max Mosley como homem-forte da FIA, depois dos escândalos sexuais envolvendo o dirigente inglês. De acordo com Scaglione, a CBA ainda não tem uma posição a respeito do caso: "Seria irresponsável julgar Mosley sem antes ouví-lo", disse Scaglione.

Para fechar as notícias do dia, vale registrar uma entrevista concedida pelo dono da Red Bull, Dietrich Mateschitz, ao jornal espanhol El Mundo Deportivo. Falando sobre o suposto flerte que a equipe teve com Fernando Alonso no fim do ano passado, Mateschitz abriu o jogo: "Atualmente, ele é um dos melhores pilotos do mundo. Mas o contrato que Alonso queria era de um ano só, e isso não seria bom para a marca da Red Bull".

No fim das contas, o bicampeão acabou assinando com a Renault mesmo. Será que ele já está arrependido?



O "vídeo do dia" é um resumo muito original do G.P. da Malásia, produzido pelos espanhóis do grupo "Los Quemagomas". A animação foi mostrada pouco antes da largada do G.P. do Bahrein, durante a transmissão da rede Telecinco. Vale a pena conferir:


Antes que eu me esqueça: esse eu vi no blog Voando Baixo, do Rafael Lopes

Até a próxima!

Crédito das fotos: http://www.gpupdate.net/

4 comentários:

Priscila disse...

Olá!!

Li hoje (08/04/08)uma nota sobre a F1 na coluna do Macaco Simão (Folha de São Paulo) que não poderia deixar de divulgar....

"E o Felipe Massa é The Winner. E o Rubinho, o The Rotado! O Rubinho pelo menos é um piloto estável: saiu em 12º e chegou em 12°. Ou seja, não saiu do lugar. Rarará!"

Bom, acho qeu o 6 dado por vc a ele na última corrida vale por ao menos ele ter "ficado" na posição que saiu...como não sou nada "fã" dele, gostei muito da crítica.

Ah! Merecido 3 para o Lewis.... mas na minha avaliação daria 10 ao Kubica, mesmo sem a vitória.

Abração!

Loucos por F-1 disse...

A Renault está se arrastando na pista, estão muito mal.
Até a Force India tá virando mais rápido. Vamos ver se a equipe evolui.

Abração!

Leandro Montianele

Ron Groo disse...

Não acho que a Renault vai ganhar este tempo todo até a próxima corrida... Mas ó! Surpreendentemente eu to torcendo pra que eles melhorem...
Abraço e se preocupa não... A gente entende.

Blog F1 Grand Prix disse...

Obrigado pelas mensagens!

Priscila: Sensacional essa piada do Simão. O trabalho dele é fazer essas gracinhas mesmo. Só fico chateado quando vejo gente "séria" da televisão ridicularizando assim o Rubinho.

Groo: Muito obrigado mesmo pelo apoio, valeu!

Grande abraço a todos,

Gustavo Coelho