sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Toro Rosso acerta ao escolher Bourdais

Se a Honda não conseguir encontrar um comprador para correr em 2009, o grid da Fórmula 1 para este ano está fechado.

Nesta sexta-feira, a Toro Rosso confirmou as expectativas e anunciou que o francês Sebastien Bourdais será o companheiro do suíço Sebastien Buemi na próxima temporada.

Bourdais disputava a vaga com o japonês Takuma Sato, com quem chegou a disputar um "vestibular" em dezembro do ano passado.

Andaram num ritmo parecido, mas o francês foi levemente superior.

Embora não tenha patrocinadores fortes, Bourdais ganhou a vaga porque a Red Bull tem interesse de aumentar a exposição de sua marca na França, onde a bebida energética só começou a ser vendida há poucos meses.

Depois de fechar acordo com outro francês veloz - Sebastien Loeb, do Mundial de Rally - a Red Bull decidiu investir em Bourdais também.

E, assim, o francês foi o escolhido para a vaga.

Tetracampeão da antiga ChampCar, Bourdais foi ofuscado pelo alemão Sebastian Vettel no ano passado, mas não fez uma temporada especialmente ruim.

Teve má sorte em momentos cruciais e foi um dos pilotos mais prejudicados por decisões rigorosas demais dos comissários.

Fez apenas quatro pontos, quando poderia ter marcado pelo menos 15 ou 20 se não tivesse sido tão azarado.

O francês não foi brilhante, mas mostrou potencial para merecer uma segunda chance.

Em 2009, voltam os pneus slicks, com os quais Bourdais deve se entender muito bem, e a aerodinâmica ganha uma característica mais parecida com aquela que o francês estava acostumado nos Estados Unidos.

Bourdais tem tudo para fazer uma boa temporada e a briga com o novato Buemi será uma atração à parte na Toro Rosso.

O suíço não é um fenômeno como Vettel, mas já provou ser extremamente rápido.

Difícil cravar qual dos dois vai levar a melhor na briga interna da equipe italiana.

De qualquer maneira, a Toro Rosso está bem-servida de pilotos.

6 comentários:

Ron Groo disse...

Concordo...
Esta chance veio à calhar tanto para o Bourdais como para a Toro.
Este ano ele vai estar mais tranquilo e a vontade no carro.
E brigar com o Vettel ano passado tava dificil demais. Além do alemãozinho estar endiabrado, o francês não se acertava no carro.
Gostei.

Leandrus disse...

O Bourdais merecia essa segunda chance. Chegou a ser absurdo o azar que ele tinha em algumas corridas, principalmente na Bélgica e na Itália; ele podia até chegar no pódio se não tivesse caído pra último em Monza por problemas no grid. Dava pra perceber que, com um pouquinho mais de sorte, ele poderia ter tido uma estreia melhor. Mas agora ele vai ter que mostrar serviço mesmo, pois já conhece todas as pistas e já deve ter se acostumado com o carro.

Sobre o Futebol Carioca disse...

BOM DIA. MUITO BOM O SEU BLOG.
ESTA FIM DE FAZER PARCERIA?
TROCAR DE LINKS?

Adriano Assis disse...

Também concordo. Bourdais merecia essa chance. Só não teve mais destaque porque Vettel roubou a cena. Agora só resta torcer que a Honda ressucite para quem sabe Senna ganhar uma chance na F1.

Ylan Marcel disse...

Olha, nesse aspecto, vou contra a maioria. Não achei Bourdais suficientemente rápido para merecer uma segunda chance na Fórmula 1. Tanto alarde faziam desse piloto que me decepcionei bastante com o que mostrou em 2008.
Em 2010, vai pra Indy, anotem aí.
www.motorizado.wordpress.com

Sebastião disse...

É muito Sebastião.
O Vettel, o Bourdais, o Boemi..