segunda-feira, 10 de novembro de 2008

Massa encarou a derrota de maneira exemplar

Antes que o assunto se esgote de vez, vale um último comentário sobre a postura de Felipe Massa depois do GP Brasil.

Em artigo publicado na revista Época desta semana, o vice-campeão mundial afirma que se sente ainda mais próximo dos brasileiros e diz que ''foi a melhor maneira de perder o título, na última curva''.

Além disso, Massa garante que a derrota ''já é página virada'' e não culpa Glock pela ultrapassagem que deu o campeonato a Hamilton.

É fácil criticar os pilotos quando eles soltam uma declaração precipitada ou uma crítica desnecessária.

Nesse caso, é preciso exaltar Massa pela maneira exemplar como encarou a derrota.

Desde o domingo do GP, Massa vem mantendo uma postura serena e equilibrada, mais uma prova do seu profundo amadurecimento.

Até pouco tempo, o brasileiro não conseguiu fazer duas ou três corridas seguidas sem cometer erros.

Neste ano, passou a segunda metade inteira do campeonato sem absolutamente nenhum deslize.

Assim como suas performances dentro da pista melhoraram de forma considerável, também sua postura fora dela evoluiu sensivelmente.

Massa nunca foi de arrumar briga ou polêmica, mas no início da carreira passava a impressão de ser meio... ''bobão'', talvez.

Agora, está aprendendo a se impor, a mostrar mais personalidade.

E, aos poucos, vai cativando um número cada vez maior de torcedores.

Muita gente redescobriu o prazer de ver Fórmula 1 no domingo passado.

Finalmente, Massa vai começando a reunir os ingredientes que são precisos para se tornar um ídolo.

3 comentários:

Tuta Santos disse...

Se o Brasil perdeu o campeonato, por outro lado ganhou um piloto com uma condução agressiva e confiável, que lembra o Schumacher em seus dias inspirados. 2009 é o ano do Massa.

Nelson disse...

Não vou chegar a torcer fervorosamente por ele, mas Massa ganhou muito respeito da minha parte durante esse ano, virou um piloto mais maduro, tendo atuações dentro da pista melhores que as anteriores e sendo extremamente consciente nas suas declarações, tomando um rumo diferente do seguido pelo Rubinho, por exemplo.

Também mostra ser uma pessoa preocupada com o nosso automobilismo, se a notícia da intenção dele de trazer a Fiat para criar uma nova categoria de monopostos for verdadeira, isso é digno de se admirar congratular.

Andre disse...

Massa mostrou que sabe tratar a imprensa e o publico com respeito e sem falsas promessas.

[]´s