segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Ferrari, o sonho de Sebastian Vettel

Ele tem apenas 26 largadas na Fórmula 1 no currículo, mas já é considerado por muitos um futuro campeão da categoria.

Sebastian Vettel venceu o GP da Itália de forma magistral, numa das melhores performances de um piloto nas últimas décadas.

Em 2009, o alemão vai correr pela Red Bull. E a equipe das bebidas energéticas certamente vai dar um salto de desempenho com o jovem de 21 anos a bordo.

Sobre Vettel, o mais interessante é perceber que o piloto não tem um destino traçado na F-1.

Hamilton, por exemplo, está intrinsicamente ligado à McLaren.

Raikkonen e Massa só devem conquistar títulos pela Ferrari.

Até mesmo Alonso, que já foi ligado a dezenas de equipes, parece ter apenas duas opções viáveis para os próximos anos: Renault e, a partir de 2010, Ferrari.

Vettel, por outro lado, tem um futuro imprevisível.

O alemão é um futuro campeão mundial. Tudo bem. Mas por qual equipe?

A Red Bull, por mais que gaste milhões na F-1, não parece capaz de algum dia chegar ao topo.

Talvez até consiga vencer, como já fez a "filial" Toro Rosso, mas não dá para pensar muito em título.

Ou seja: Vettel terá de escolher, daqui a dois ou três anos, a equipe que o levará a disputar campeonatos.

Depois da longa e arrastada novela sobre o futuro de Alonso, já dá para prever uma grande disputa pelo "passe" de Vettel.

O alemão, que nem empresário tem, será o objeto de desejo mais cobiçado da Fórmula 1.

Para onde iria Vettel?

Quem sabe McLaren ou BMW, aproveitando as raízes alemãs?

Talvez Toyota e Honda, caso as japonesas encontrem o caminho das primeiras posições?

Será que já passou pela cabeça de Vettel a Renault, que já tem uma parceria com a Red Bull?

Nenhuma delas, porém, desponta como a favorita no momento.

Caso Vettel se mantenha valorizado do mercado no curto prazo, a equipe que provavelmente venceria o leilão pelo piloto chama-se Ferrari.

Perguntaram a Vettel, nesta segunda, o que ele acharia de pilotar pelo time de Maranello.

"Correr pela Ferrari seria um sonho", respondeu Vettel.

McLaren, BMW, Toyota, Honda, Renault e companhia podem oferecer o mundo ao jovem alemão.

Quando Vettel precisar fazer sua escolha, entretanto, a Ferrari já vai despontar como a sua primeira opção.

A Fórmula 1 mudou de maneira radical ao longo das últimas décadas.

O que não muda é o fascínio que o cavalinho rampante continua exercendo sobre os jovens pilotos da categoria.

--

O próximo ano será o mais difícil para a BMW desde que a montadora entrou na Fórmula 1 com equipe própria, em 2006.

Sob o comando do competente Mario Theissen, a escuderia alemã manteve uma evolução constante.

Neste ano, alcançou o ponto máximo ao vencer o GP do Canadá, com o excelente Kubica.

A BMW terminou a temporada em terceiro, sem nenhuma falha mecânica e bem próxima de McLaren e Ferrari.

O "problema" é justamente este.

Quanto melhor os resultados, maior a cobrança e a pressão por resultados.

Em 2009, os altos executivos da montadora já avisaram: querem o título da Fórmula 1.

E o chefe de equipe Mario Theissen confessou, pela primeira vez, que não se sente confortável com a pressão que está sofrendo.

Mas a Fórmula 1 é assim mesmo. Um dos ambientes mais instáveis do planeta.

Se Theissen queria tranqüilidade, deveria ter escolhido outra profissão, como ele mesmo reconheceu.

Agora, é esperar para ver o que a BMW vai trazer em 2009.

Não dá para prever ainda se a equipe irá mesmo disputar o título.

Se depender da ambição dos alemães, porém, Ferrari e McLaren podem ir se preparando para uma batalha tríplice pelo troféu de campeão no ano que vem.

6 comentários:

Anônimo disse...

Gustavo... você errou a idade de Vettel. Ele nasceu em 1987, portanto ele tem 21 anos, pois que nasceu em 1988 tem vinte. Se liga, Gustavo!!!

Paulo Maeda disse...

Essa história do Vettel me parece familiar... rs Ele está entrando na mesma fase de qdo o Alonso estourou na Minardi e foi para a Renault.
Tomara msm que ele vá para alguma equipe grande em breve.

Anônimo disse...

aposto na renault tb para disputar o titulo!Ferrari,McLaren,BMW e Renault!Ano q vem vai ser O ano da Formula 1!!

Anônimo disse...

Caro blogueiro,
Discordo da sua declaraçao: "A Red Bull, por mais que gaste milhões na F-1, não parece capaz de algum dia chegar ao topo."
A história da f1 tambem contraria essa tese, e so lembrarmos da Benetton ,williams etc...,a redbull conta com uma equipe de engenheiros renomados , vitoriosos,e mais bem pagos da f1 como GEOFF WILLIS, ADRIAN NEWEY,PETER PRODROMOU.E é exatemente isso o que mais precisa uma equipe pra chegar ao topo,so dinheiro não basta, exemplo é a Honda.
Eles estão no caminho certo mantendo o mesmo staff de engenheiros pra dar continuidade aos trabalhos, e têm a vantagem de ter 2 equipes (4 carros) pra coletar dados e desenvolver projetos distintos pra cada equipe.
Tambem contam com toda infraestrutura necessária pra fazer um carro campeao.
Se vao atingir o topo? so o tempo responde, mas as possibilidades pra isso sao todas a favor.
Quanto ao Vettel, vai depender mesmo de um carro campeao,senao será mais uma daquelas promessas que ficaram pra trás: Alesi, RENE Arnoux e cia.

Blog F1 Grand Prix disse...

Anônimo,

Valeu pela correção! Não conte para ninguém, mas é que eu errei a conta mesmo...

Grande abraço,

Gustavo Coelho

F1 NA GERAL disse...

Essa é uma boa questão. Para onde iria Vettel. Eu descartaria apenas a McLaren, já que é muito mais viável para a McLaren ter um piloto número 1 e outro meia boca como nos foi mostrada em um passado bem recente. Acho que um dia ele acaba na Ferrari.