quarta-feira, 3 de dezembro de 2008

Alonso ameaça se aposentar caso regra do motor único seja aprovada

A proposta do motor único na F-1, lançada pelo presidente da FIA Max Mosley, já recebeu críticas de todos os lados.

Basicamente, ninguém gostou.

Nem o público.

Nem as equipes.

Muito menos os pilotos.

Nesta quarta-feira, Alonso expressou o sentimento geral entre os titulares da F-1.


Sejamos honestos: dificilmente Alonso se retiraria da Fórmula 1 apenas por causa disso.

Mas a forte declaração do espanhol mostra claramente o grau de insatisfação dos pilotos com as mudanças planejadas pela FIA.

Uma coisa é cortar custos, o que é plenamente necessário.

Outra é pegar a Fórmula 1, berço do desenvolvimento de tecnologias para a indústria automobilística, e transformar a categoria em nada mais do que uma GP2 melhorada.

Dizem que, nesta quinta, Max Mosley vai se encontrar com representantes da Associação das Equipes para discutir a idéia do motor padrão.

Deve enfrentar dura resistência das escuderias, que se uniram de forma inédita para não permitir que a loucura do presidente da FIA seja levada à frente.

De fato, é muito improvável que os propulsores da F-1 sejam padronizados, como quer Mosley.

Mas o dirigente máximo da FIA pode usar o projeto como instrumento de negociação para conseguir que outras de suas idéias sejam aprovadas.

Em outras palavras: Mosley pode aceitar desistir do motor único, desde que as equipes aceitem algumas imposições.

E é isso o que deve acontecer.

O problema é que ninguém conhece, ao certo, as regras que Mosley poderia impor.

É aí que mora o perigo.

Sabe-se lá o que Mosley pode inventar.

Algumas idéias que saem de sua cabeça não têm o mínimo de bom senso.

3 comentários:

OCTETO RACING TEAM disse...

Gustavo vc falou mtooo bem:

"Algumas idéias que saem de sua(Max) cabeça não têm o mínimo de bom senso."


Tati Octeto

GAVIAO BOEMIO disse...

Aliás, a unica ideia de bom senso, que não sei se saiu da cabeça daquele ancéfalo, foi trazer de volta a formula 2. Duvido que tenha saído da cabeça dele.

Speeder_76 disse...

Pois, têm razão. Mas agora, que se fala da retirada da honda da Formula 1, talvez as palavras do "Whipmaster" Max não sejam tão loucas assim...