sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Raikkonen fica. Agora, é a vez de Alonso se decidir

E Kimi Raikkonen finalmente anunciou seu futuro.

Nesta sexta, a Ferrari revelou que o finlandês renovou contrato e vai permanecer na equipe até 2010, assim como Felipe Massa.

A decisão surpreendeu muita gente que apostava todas as fichas na aposentadoria de Kimi.

Não deve demorar muito, inclusive, para alguns jornalistas insistirem que o finlandês não está falando sério e que pensa em se aposentar num futuro próximo.

Mas já está claro que Raikkonen está comprometido com a Ferrari.

Aos espanhóis, só resta lamentar.

Porque, se quiser ser campeão antes de 2011, Alonso vai precisar derrotar o monopólio de Ferrari e McLaren.

No momento, ele tem três opções: Renault, BMW e Honda. Nenhuma delas representa uma aposta segura para lutar pelo campeonato.

A equipe francesa já não é aquela que rendeu dois títulos a Alonso.

O chefão Flavio Briatore parece francamente desinteressado e pode se aposentar no fim deste ano. A Renault até que não tem um ritmo tão ruim, mas não tem o potencial para dar um pulo de performance num futuro próximo.

Das escuderias cotadas para contratar o espanhol, a que possui mais condições de brigar pelo título no curto prazo é a BMW. O problema é que o time alemão não abre mão de Kubica e também não parece disposto a dispensar Heidfeld em 2009.

Sobraria a Honda.

Será que Alonso vai ter coragem de assinar com a equipe japonesa? Seria uma aposta e tanto.

É verdade que a Honda tem Ross Brawn. Mas possui também o segundo pior carro do grid, melhor apenas do que o da Force India.

Nesse momento, ninguém gostaria de estar na pele de Alonso.

Em pensar que, há exatamente um ano, o espanhol conquistava a vitória no GP da Itália e parecia partir rumo ao terceiro título.

Uma temporada depois, já está há 16 corridas sem saber o que é subir ao lugar mais alto do pódio.

E, pelo visto, ainda vai demorar um pouco para voltar lá.

6 comentários:

Rafael Santos disse...

Ele está onde merece estar.

GiglioF1 disse...

Gustavo,

A BMW é a unica saída honrosa...
Alonso , de qq forma nao seria correto com a Renault , que vai crescer no próximo ano...

Abraco!!

Marcos Antônio Filho disse...

Se os caminhos de Maranello se fecharam pra 2010,ora que continue na Renault!ele foi campeão na Renault depois de três temporadas,e pelo o potencial que ele tem,pode fazer isso de novo.

Tuta Santos disse...

Mimadito. Um babaca de milhões de dólares.

Fábio Andrade disse...

Gustavo, há controvérsias sobre essa história de a FI ser o pior carro do grid, viu! Acho que a Honda tá fazendo força para assumir esse "título."

Quanto ao Alonso, torço por ele na BMW. Das emergentes, é a mais promissora. O Capelli fez um comentário muito interessante a respeito desse momento difícil na carreira do Alonso: o espanhol se comprometeu com a bagunça do ano passado na McLaren e não tem vaga na Ferrari, onde, em tese, é persona non grata.

Ou seja, o espanhol se movimenta mal nos bastidores da F1. E isso pode ser fatal para um piloto, mesmo um tão acima da média quanto Alonso.

Paulo Maeda™ disse...

Acho q a Renault nao se recupera em 2 anos e voltará a disputar o título. Melhor se Alonso realmente puder ir para a BMW, li em alguns outros blogs e Heidfeld estaria de saída, mas se realmente for vdd seria ótimo pro piloto. Fora das pistas não gosto do Alonso, me interesso por ele dentro do cockpit.