sábado, 19 de abril de 2008

Barrichello revela proposta para correr na Indy em 2009

Um dia após dizer que está negociando a renovação de seu contrato com a Honda, Rubens Barrichello surpreendeu hoje ao revelar que também considera uma mudança para a Fórmula Indy em 2009. A informação foi divulgada pela SpeedTV, que realizou uma entrevista exclusiva com Rubinho. Ao que parece, o suposto destino do piloto brasileiro seria a equipe Andretti Green, do seu grande amigo Tony Kanaan.

Segundo a SpeedTV, Rubinho estaria disposto a "avaliar cuidadosamente" a possibilidade de transferir-se para a Indy na próxima temporada. Em seu lugar na Honda entraria o jovem Marco Andretti, que já participou de testes com a equipe japonesa em meados do ano passado. Vale lembrar que o contrato de Rubinho com a Honda termina no fim deste campeonato, e que a montadora nipônica é a fornecedora oficial de motores da Indy.

Apesar de tudo, a chance de Rubinho acertar uma mudança para os Estados Unidos é praticamente nula. O brasileiro começou bem a temporada de 2008, e subiu de conceito dentro da Honda com a chegada de seu ex-colega de Ferrari Ross Brawn. Por enquanto, o mais provável é que a única relação de Rubinho com a Indy continue sendo o capacete que ele utilizou no G.P. de Mônaco de 2006, em homenagem ao amigo Tony Kanaan.

No momento, tanto Rubinho quanto a Honda têm se mostrado inclinados a acertar uma renovação de contrato. A Indy só deve entrar nos planos do brasileiro em dois ou três anos...


O inglês Justin Wilson cravou hoje a pole position da prova de despedida da ChampCar, em Long Beach. Após ser o mais rápido nos treinos de sexta, Wilson manteve o ritmo forte e conseguiu o melhor tempo no treino classificatório até com certa facilidade. Logo a seguir, Will Power e Frank Perera completam os três primeiros. Os brasileiros estão espalhados pelo pelotão: Enrique Bernoldi é sétimo, Bruno Junqueira sai de 11º, Antonio Pizzonia larga de 15º, Roberto Moreno aparece em 17º e Mario Moraes vem em 19º.

Em Curitiba, a GT3 Brasil abriu sua temporada na tarde deste sábado, mas a principal notícia veio de fora das pistas. Depois de assegurar as participações de Ingo Hoffmann, Roberto Moreno e do tricampeão Nelson Piquet, a categoria conseguiu atrair mais dois nomes ilustres para o seu grid: Wilson e Emerson Fittipaldi. De acordo com o site Grande Prêmio, os irmãos devem estrear já na rodada dupla de Interlagos - marcada para os dias 10 e 11 de maio - pilotando um Porsche 997.

Na corrida de hoje, o Lamborghini Gallardo de Alceu Feldmann/Thiago Marques levou a melhor, aproveitando-se muito bem das condições adversas da pista de Curitiba. A chuva mudou de intensidade várias vezes, pegando alguns pilotos desprevenidos. Feldmann/Marques optaram por permanecer com pneus de seco durante toda a prova e venceram com grande vantagem para Ricardo Rosset/Walter Salles (Ford GT) e Ingo Hoffmann/Paulo Bonifácio (Lamborghini Gallardo), que fecharam o podium.

Amanhã, a segunda bateria da rodada dupla de Curitiba acontece às 13:15h de Brasília, com transmissão da Race TV.


Aproveitando que Rubens Barrichello é o tema principal deste post, o vídeo do dia volta no tempo e relembra o início da carreira do piloto brasileiro, numa reportagem do Globo Esporte de 1989:


Esse eu vi no Blig do Gomes

Até a próxima!

Crédito das fotos:
Alceu Feldmann/Thiago Marques - www.globoesporte.com/motor

4 comentários:

Net Esportes disse...

Rubinho não combina com F-Indy, que aliás teve uma prova histórica ontem ....................

Felipe Maciel disse...

Como diz o Piquet, a Indy é para velho aposentado como ele...
Mas também não sei se vai pra lá não.

(cx de entrada!)

Abs

Loucos por F-1 disse...

Não gostaria que Rubinho fosse para a Indy agora, creio que ele ainda poderá ajudar muito a Honda para a evolução do carro.

Abraço!

Leandro Montianele

Leandrus disse...

Peraí: sei que já teve a corrida, mas Moreno e Pizzonia? E eles não estão correndo na Indy pq?