domingo, 27 de abril de 2008

Análise do Grande Prêmio - Espanha/Barcelona (27/04/2008)

Análise dos pilotos:

Kimi Raikkonen
Fim de semana perfeito. Pole categórica e vitória sem sustos. Ainda fez a volta mais rápida para completar. Já desponta como o favorito ao título.
Nota: 10

Felipe Massa
Batido com certa facilidade por Raikkonen. Ao menos não cometeu erros na corrida, e mostrou arrojo na ultrapassagem a Alonso na primeira volta.
Nota: 7

Lewis Hamilton
Foi sempre combativo. Não teve carro para brigar pela vitória, mas chegou a incomodar Massa na disputa pelo segundo lugar.
Nota: 8

Robert Kubica
Mais uma vez, apareceu bem no treino classificatório. E, na corrida, acompanhou os líderes o tempo inteiro. Só precisa aprender a largar melhor.
Nota: 8

Mark Webber
Até agora, é um dos grandes destaques do ano. Vem superando Coulthard com imensa facilidade. Na Espanha, mais uma performance consistente e elogiável.
Nota: 9

Jenson Button
Não foi muito bem na classificação, mas compensou com uma corrida cerebral. Ao contrário de Rubinho, soube aproveitar a oportunidade de marcar pontos.
Nota: 8

Kazuki Nakajima
Superou Rosberg no grid, mas perdeu várias posições na primeira volta. Apesar disso, nunca desistiu e recuperou-se com brilhantismo. Dois pontos muito merecidos.
Nota: 8

Jarno Trulli
Um erro de comunicação fez com que ele fizesse sua última parada antes do programado. Não fosse isso, teria sido sexto. Mesmo assim, voltou a terminar na zona de pontuação.
Nota: 7

Nick Heidfeld
Sem culpa na punição que o empurrou para as últimas colocações. Mas foi batido por Kubica durante todo o fim de semana. Corre o risco de passar a ser visto como segundo piloto da BMW.
Nota: 5

Giancarlo Fisichella
Chegou a ocupar o oitavo lugar antes da sua segunda parada. Voltou a andar na frente de Sutil, e acompanhou o ritmo de vários pilotos com carros mais rápidos. É uma das surpresas do ano.
Nota: 7

Timo Glock
Muito mal na classificação, afobado na corrida e bem mais lento do que Trulli o tempo inteiro. Está zerado no campeonato, enquanto seu companheiro já soma nove pontos.
Nota: 3

David Coulthard
Desempenho horroroso no treino classificatório. Fazia corrida burocrática até se enroscar com Glock. Em quatro corridas, já são quatro acidentes para o escocês.
Nota: 2

Takuma Sato
Durante o segundo período de safety, ocupou por um breve momento a décima colocação. Só isso já é digno de elogios.
Nota: 6

Nico Rosberg
Pela primeira vez, foi batido por Nakajima na classificação. Recuperou-se na corrida, mas um problema de motor arruinou o seu dia.
Nota: 6

Fernando Alonso
Fez o que estava ao seu alcance. Seu desempenho no treino classificatório foi digno de um bicampeão. Na corrida, terminaria em quinto se o motor não quebrasse.
Nota: 8

Rubens Barrichello
Conseguiu se enrolar nos boxes de novo, perdendo mais uma boa oportunidade de marcar pontos. Apesar disso, manteve um ritmo forte durante todo o fim de semana.
Nota: 4

Heikki Kovalainen
Fazia corrida discreta quando arrebentou-se por culpa de um problema no aro da roda. Nos treinos, andou sempre perto de Hamilton.
Nota: 6

Anthony Davidson
Pode ter sido sua última corrida na Fórmula 1. E, como de costume, não chamou nenhuma atenção.
Nota: 3

Sebastien Bourdais
Foi combativo na classificação, mas acabou eliminado da corrida cedo por causa do acidente com Piquet. O choque era evitável, só que não há como culpar qualquer um dos dois.
Nota: 5

Nelsinho Piquet
Jogou fora um fim de semana promissor ao cometer um erro bobo logo no início da corrida. Se tivesse mantido o carro na pista, dificilmente teria deixado de pontuar.
Nota: 3

Sebastian Vettel
Quarta corrida e quarto abandono consecutivo do jovem alemão. Bateu de novo na primeira volta, embora sem culpa mais uma vez.
Nota: 3

Adrian Sutil
Está destruindo a sua reputação. Ainda não conseguiu superar Fisichella e, para piorar, abandonou já na largada por conta de uma manobra precipitada.
Nota: 1

Análise das equipes:

Ferrari
Segunda dobradinha seguida do time de Maranello, que dominou o fim de semana tranqüilamente. A Ferrari está sobrando neste início de campeonato.
Cotação: *****

BMW
É a equipe que tem o maior número de voltas completadas neste ano. Os carros chegam ao fim das provas sem problemas. Dessa vez, Heidfeld não pontuou, mas isso deverá ser algo raro na rotina da BMW.
Cotação: ***

McLaren
Definitivamente não consegue mais acompanhar a Ferrari, e ainda vem sofrendo forte pressão da BMW. E o acidente de Kovalainen pode ter sido culpa de um defeito estrutural do carro...
Cotação: **

Williams
Mal na classificação, só chegou aos pontos em virtude do alto número de abandonos. Nakajima merece elogios, e Rosberg foi vítima da quebra do motor Toyota.
Cotação: ***

Toyota
Salvou um pontinho com Trulli, que poderia ter ido melhor se a equipe não tivesse errado a estratégia. Sobre o discreto desempenho de Glock não há muito o que comentar.
Cotação: ***

Red Bull
É uma equipe de um carro só. Webber vem sendo o salvador da pátria, já que as atuações de Coulthard até aqui têm sido bastante fracas.
Cotação: ***

Renault
A quebra de motor de Alonso foi um tremendo anti-marketing. Nesse momento, os espanhóis devem estar com raiva da Renault. Apesar de tudo, mostrou certa evolução.
Cotação: **

Honda
Somou seus primeiros pontos no ano graças a Button, que mereceu o sexto lugar. O time poderia ter pontuado com os dois carros, mas o azar de Rubinho nos boxes é inacreditável.
Cotação: ***

Toro Rosso
Seus pilotos abandonaram cedo por conta de acidentes. Mas nenhuma dos dois teve culpa. Se não bastasse o carro ruim, a sorte também não ajuda...
Cotação: *

Force India
Fisichella foi combativo, e a equipe chegou perto dos pontos. Já Sutil vive péssima fase, e pode se tornar em breve o primeiro demitido da temporada se continuar assim.
Cotação: **

Super Aguri
Ter participado da corrida com os dois carros já foi uma vitória. É por isso que a equipe japonesa ganha uma estrelinha a mais...
Cotação
: **

Análise da corrida:

Todos esperavam uma corrida extremamente chata, definida no início e com mudanças de posição apenas nos boxes. E, no fim das contas, foi assim mesmo. Mas o G.P. da Espanha teve duas entradas de safety car, um número de abandonos bem maior do que o esperado e o fortíssimo acidente de Kovalainen. A corrida não chegou a empolgar. Só que também esteve longe de ser a pior de todos os tempos...
Nível da corrida: Regular

Análise do campeonato:

Kimi Raikkonen já começa a se destacar, abrindo nove pontos de vantagem para o vice-líder na tabela de classificação, Lewis Hamilton. O finlandês desponta como o favorito ao título, mas ainda há muito caminho pela frente. A BMW confirmou que está na ritmo da McLaren, e pode embolar a briga pelo título se evoluir só mais um pouco.
Nível do campeonato: Muito Bom

Balanço dos Palpites:

Vitória: Felipe Massa. Deu Kimi Raikkonen na cabeça
Pole Position: Felipe Massa. Nem no sábado Raikkonen foi ameaçado pelo brasileiro
Primeiro abandono: Takuma Sato e Anthony Davidson. Os primeiros a abandonar foram Sebastian Vettel e Adrian Sutil, em acidente logo na largada
Decepção do fim de semana: McLaren. A equipe de Ron Dennis somou mais pontos do que a BMW, apesar do acidente de Kovalainen. A maior decepção provavelmente foi a Renault, que mostrou evolução mas deixou de marcar pontos mais uma vez
Zona de pontuação:
1. Felipe Massa (Kimi Raikkonen)
2. Kimi Raikkonen (Felipe Massa)
3. Robert Kubica (Lewis Hamilton)
4. Nick Heidfeld (Robert Kubica)
5. Lewis Hamilton (Mark Webber)
6. Heikki Kovalainen (Jenson Button)
7. Fernando Alonso (Kazuki Nakajima)
8. David Coulthard (Jarno Trulli)

Dessa vez, meu único mérito foi ter acertado a dobradinha da Ferrari. Mas errei a ordem: deu Kimi em primeiro e Massa em segundo, ao contrário do que eu tinha apostado. De resto, meus palpites foram todos na água. A BMW não superou a McLaren, e o escocês David Coulthard passou bem longe de brigar por pontos. Estou precisando melhorar...
Nível dos palpites: Ruim

Por hoje, é só. Nos vemos por aí!

13 comentários:

Blog F1 Trulli disse...

pois é, Trulli beliscou 1 ponto, + poderia ter conseguido 3 se ñ tivesse tido o erro da equipe na parada dos boxe, + td bem, pelo menos marcou
muito bons os comentários, concordo com quase td srsr
Webber vem fazendo muito bonito, eu daria um 10, pq andou forte a corrida toda, ñ deixou Kovalainen se afastar...
Nelsinho foi ridículo e ainda estragou a corrida dos outros, alias até nos treinos ele foi mal, o 10º lugar com um carro bom e ainda tava leve... é ZERO!
a nota da equipe, eu daria zero para Toyota, errar dessa forma tão besta, ñ da!

Abraço

Ciro

Leandrus disse...

Briga na Toro Rosso para ver quem sai na 1º volta: Vettel 3 x 1 Bourdais

E o Rubinho, realmente, tem que ficar uma semana só simulando entrada e saídas de pit stops...

Ateh!

Guga Schultze disse...

Gustavo, parabéns pelo blogf1, de novo. Muito legal as análises, sucintas, imparciais e corretas, a meu ver. A cara do campeonato vai se desenhando muito bem aqui.

Loucos por F-1 disse...

Se a McLaren não melhorar seu desempenho acho dificil a Ferrari não levar esse campeonato. Por ser o atual campeão mundial Raikkonen é o grande favorito realmente.

Abraço!

Leandro Montianele

Guilherme (RJ) disse...

Gustavo,

Nos meus palpites ‘sequei’ os 2 finlandeses... mas não funcionou!
Se o Kimi não ‘quebrar’ fica difícil tirar o título dele.

Abraços!

PS: Nem a BMW conseguiu completar todos os GPs com seus 2 carros: Kubica abandonou na Austrália.

Speeder_76 disse...

Ah, Guilherme, mas o Kubica ainda foi classificado. E saiu por causa da barbeiragem do Nakajima! (curioso, ele hoje conseguiu dois pontos...)


Para finalizar: tenho aqui o candidato a video do dia, Gustavo.

http://youtube.com/watch?v=52wUHuZ7fqI


Isto põe o Kovalainen e o Kubica num canto...

Vinicius Grissi disse...

Estão abertas as inscrições do Bolão Marcação Cerrada do Campeonato Brasileiro.

Cadastre-se e participe.

Grande abraço!

http://cerrada.blogspot.com

Fernando Lopes disse...

muita calma nessa hora...

Massa não estava com o carro igual ao de Kimi.

O finlandês é um excelente piloto, mas a não ser que com algo diferente entre os carros, ele não seria capaz de andar aquela barbaridade toda na frente de Massa não. Isso é fato.

Net Esportes disse...

Não sei se o Kubica largou mal mas o detalhe é que o Hamilton largou muuuuuito bem, assim como o Massa.

GiglioF1 disse...

Gustavo,

No geral estou contigo...Mas nao dou 7 pro Massa...Ele nao pode forcar agora depois dos traumas das primeiras duas edicoes!!!
Daria 8 ou 9...

Viu o Alonso quase bater no aquecimento? ...E se bate....

Piquet 3??!!..voce anda generoso!

Abraco do Giglio!!!

Blog F1-V8 disse...

O Raikkonen está começando a desgarrar no campeonato... Se ninguém fizer nada, este bi do Raikkonen pode vir antecipado!!

Priscila disse...

Pôxa, Que azar é esse do Vettel! Desejo mais sorte para o garoto... que ele passe longe das encrencas alheias... rsrsrs

Se o Kova não tivesse sofrido o acidente, teria pontuado e a Mclaren tb ficaria em segundo no mundial de construtores... Como não deu, quem sabe na próxima corrida a Mclaren chega lá? Que bom que ele não sofreu nada muito grave.

É muito bom ver o Hamilton de volta ao pódio... será que esse foi o primeiro dos quinze seguidos que ele afirmou que irá conquistar no campeonato? Espero que sim. A excelente largada amenizou o desastre da última, em Sakhir.

Quanto ao campeonato, por mais ireal que pareça, ainda espero uma/s dobradinha/s da Mclaren. Aguardarei para ver quando vai sair... afinal, muita coisa ainda pode acontecer!

No meu palpite só acertei a colocação do Kubica. Também preciso melhorar.

Até mais!!!!!

Blog F1 Grand Prix disse...

Obrigado pelas mensagens, e desculpe por demorar tanto para respondê-las!

Guga: Valeu mesmo pelos elogios, meu xará! O campeonato já está se definindo mesmo, com Kimi e Ferrari despontando como aqueles a serem batidos...

Guilherme: Obrigado pela correção! Cometi este erro porque o Kubica ainda foi classificado naquela corrida, embora não tenha chegado ao fim...

Fernando: No acerto do carro, também vale o braço do piloto. Por isso, talvez Kimi estivesse com o carro mais rápido porque soube entender melhor as características de Barcelona. Mas isso tudo, de fato, é muito difícil de ficar supondo...

Priscila: O Hamilton estava realmente feliz com o podium que fez. Arrisco dizer que esse era o melhor resultado que ele poderia ter conseguido...

Grande abraço a todos!

Gustavo Coelho