terça-feira, 4 de novembro de 2008

Bruno Senna cada vez mais próximo da Honda

A Honda confirmou no início desta semana que vai realizar um teste com Bruno Senna no fim do mês, em Barcelona.

Todos já esperavam pelo anúncio, mas ele veio num momento em que o nome de Bruno ganha cada vez mais força na equipe japonesa.

As informações mais recentes garantem que Bruno já está praticamente escolhido como o sucessor de Rubens Barrichello, que já teria sido descartado pela Honda.

Agora, a ameaça para Bruno é outro brasileiro: Lucas di Grassi.

Em Barcelona, Di Grassi vai acompanhar Bruno no "vestibular" que os dois vão prestar para a Honda.

A situação é simples: se o desempenho dos dois for parecido, Bruno fica com a vaga.

Não só pelo enorme potencial e pelos resultados promissores nas categorias de base. Mas também, é claro, pela grande força que o seu sobrenome tem, especialmente em países como Brasil e Japão.

Se quiser ficar com o segundo cockpit da Honda, Lucas di Grassi precisa realmente impressionar a escuderia japonesa.

No momento, o favorito na disputa é Bruno.

Mas, de qualquer maneira, é quase certo que o substituto de Rubinho será mesmo outro brasileiro.

4 comentários:

Joaquim disse...

O Barrichello fala pelos cotovelos.

É um falastrão.

Mas uma coisa é certo, é muito melhor de que estes dois outros brasileiros candidatos a vaga.

Anônimo disse...

Rapaz,

O Di Grassi é um grande piloto, pena que não é valorizado e para chegar na F1 tem que ter muita grana com patrocínios. O Nelsinho para ganhar uns km´s a mais sempre participava dos testes e o Lucas ficou pra escanteio até na sua função na Renault, de piloto de testes, mas foi só ele participar dos testes na Espanha que ele forneceu informações preciosas aos mecanicos e a Renault deu um salto em qualidade, a partir de Cingapura, claro que não foi só o Lucas mas a colaboração dele foi importante, ele erra pouco e tem uma pilotagem muito parecida com a de Alonso, ele pode surpreender o Bruno nesse vest p/Honda, fiquem atentos...

Gernando Arruda disse...

Desde 2006 todos os anos o campeão ou vice da GP2 entra na F-1:
2006-Rosberg(campeão/05)
2007-Kovalainen (vice/05), Hamilton (campeao/06), Sutil (3o./06) e Nakajima (8o./07)
2008-Nelsinho (vice/06)e Glock(campeão/07)
2009-?????

O campeão sempre tem entrado, mas o de 2008... Giorgio Pantano, convenhamos.. não sei como ele conseguiu vencer tantas corridas nesta temporada, ele não tem mais idade nem bagagem pra voltar à F1. Vi num blog que ele está cavando uma vaga no automobilismo americano... Como foi falado no post os vices/07/08 disputam uma vaga na Honda e quem sabe outra na STR. Será que veremos os 2?

E para a GP2 2009? Alguém confia que Diego Nunes e cia. possam surpreender depois de uma estréia apagada em 2008.

Estive conversando com amigos que falaram que o baiano Luiz Razia (Arden), estreante na GP2 Asia 08/09, é um jovem muito talentoso e que Diego Nunes e Alberto Valerio, será um nome em potencial para F1 em 2010, 2011???

Abraços

Anônimo disse...

Estes pilotos brazucas que estão brigando para entrar nas categorias de acesso da F1 mereciam um post, para sabermos em detalhes quem são, potencial...