segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Comissários da Indy garfaram Helinho em Detroit

Poucas vezes um piloto perdeu uma vitória de maneira tão "roubada" quanto Helio Castroneves na etapa de Detroit da Indy, no último domingo.

Demorei um dia inteiro para encontrar um vídeo que mostrasse o suposto "bloqueio ilegal" que o brasileiro teria praticado sobre o inglês Justin Wilson no fim da prova.

Os comissários consideraram a manobra agressiva demais e, numa decisão estranha e sem prescedentes, obrigaram Helinho a ceder passagem para o inglês. Wilson passou para a liderança e venceu, com Helinho foi segundo.

O piloto da Penske reduziu a vantagem de Scott Dixon no campeonato para 30 pontos, mas saiu da prova com gosto de derrota. Nada era consolo para a sua compreensível revolta. Veja aqui e confira se Helinho fez alguma coisa de errado.

Eu não vi nada de errado.

A fechada de Helinho é muito parecida com a típica manobra que Schumacher, por exemplo, vivia repetindo nas largadas da Fórmula 1.

Helinho mudou de trajetória uma vez só. Não pressionou o inglês contra o muro, mas obviamente também não deixou espaço para uma ultrapassagem.

Os comissários fizeram uma bobagem inacreditável. Que diminuiu ainda mais as já remotas possibilidades de título para Helinho.

O brasileiro ainda tem chances, mas tudo indica que o rival Scott Dixon não perde o caneco dessa vez.

Já estava difícil, com a falta de bom senso dos comissários ficou mais ainda.

6 comentários:

Fábio Andrade disse...

Como uma galera ja havia dito ontem (eu incluso): foi uma sacanagem das grandes. Uma das coisas mais bizarras da história. Escandaloso!

Paulo Maeda™ disse...

Realmente foi inacreditável e imperdoável o erro da Indycar (responsável pela organização da Indy). Por lá, as coisas são melhores que na FOM (ou FOA, não me lembro mais quem manda na F1).
Mas depois disso, o crédito da organização vai cair e muito.

Daniel Médici disse...

Cara, ninguém no automobilismo mundial merece um título mais que o Helinho. Ninguém.

blogguardrail disse...

O que foi que eles viram ali?

????????????????????

Leandrus disse...

Isso me lembra mais ou menos o que o Tony Kanaan disse ano passado, quando a corrida que ele estava vencendo em Indianápolis foi interrompida por chuva mas não deram a mesma como encerrada:

"Eu não sou norte-americano, então a corrida continua..."

Ron Groo disse...

Na indy é normal se garfar pilotos não americanos... isto aconteceu até com o Clark.