domingo, 15 de junho de 2008

Audi surpreende e leva vitória nas 24 Horas de Le Mans

A Peugeot era a franca favorita, mas a Audi fez valer sua experiência e venceu as 24 Horas de Le Mans pela oitava vez em nove anos. Largando do quarto lugar no grid, o trio Tom Kristensen/Allan McNish/Rinaldo Capello assumiu a liderança na 13ª hora de disputa e não perdeu mais a ponta até a bandeirada. Após dominar os treinos, a Peugeot enfrentou uma série de problemas com seus três carros. A marca francesa ainda terminou em segundo e terceiro, mas saiu como a grande derrotada do dia.

De início, a Peugeot dominou a corrida sem maiores percalços. Mas, antes da quinta hora de prova, o trio Pedro Lamy/Stephane Sarrazin/Alexander Wurz perdeu várias voltas por causa de um defeito de câmbio. Mais tarde, os outros dois carros da Peugeot também se atrasariam. No princípio da noite, Christian Klien rodou sozinho e ficou preso na brita, tirando da luta pela vitória o carro que revezava com Franck Montagny e com brasileiro Ricardo Zonta.

Assim, a esperança da Peugeot passou para o trio Jacques Villeneuve/Marc Gené/Nicolas Minassian. Mas os três ficaram para trás nas rodadas de pit stop, e a primeira posição foi tomada pelo mais econômico Audi de Kristensen/McNish/Capello. Daí em diante, era apenas questão de administrar a liderança. A chuva e os retardatários, porém, encarregaram-se de manter a corrida emocionante até o final.

Nas últimas horas de prova, uma fina garoa começou a cair em algumas partes do circuito. A Audi optou por pneus intermediários - uma aposta mais segura, mas que deixou o carro cerca de oito segundos mais lento por volta. Para piorar, Kristensen deu uma rápida saída de pista após ser fechado por um retardatário. Mas o dia era mesmo da Audi. Quando parecia que o trio Villeneuve/Gené/Minassian tomaria a ponta para a Peugeot, uma rodada na chicane Dunlop pôs tudo a perder.

Recordista de triunfos nas 24 Horas de Le Mans, Tom Kristensen teve a honra de receber a bandeira quadriculada para a Audi. Foi nada menos do que a oitava vitória do dinamarquês na mais famosa corrida de resistência do esporte a motor. Na categoria LMP2, Jos Verstappen/Peter van Merksteijn/Jeroen Bleekemolen venceram para a Porsche, enquanto o Aston Martin de David Brabham/Antonio Garcia/Darren Tunner levou a melhor na GT1.

Integrante da equipe oficial da Peugeot, Ricardo Zonta não conseguiu quebrar o jejum de vitórias dos brasileiros em Le Mans, mas ainda assim fechou num bom terceiro lugar. A esquadra brazuca, ao menos, ficou com o título de Jaime Melo Jr. na divisão GT2. O paulista venceu ao lado de Gianmarin Bruni e Mika Salo. De resto, Christian Fittipaldi, Thomas Erdos e Xandinho Negrão tiveram apenas participações dis
cretas.

A seguir, a classificação final da 76ª edição das 24 Horas de Le Mans:

1. Tom Kristensen-Allan McNish-Rinaldo Capello/Audi/LMP1, 381 voltas em 24h00:24.085s
2. Jacques Villeneuve-Marc Gene-Nicolas Minassian//LMP1Peugeot, a 4:31.094s

3. Ricardo Zonta-Franck Montagny-Christian Klien/Peugeot/LMP1, a 2 voltas
4. Lucas Luhr-Alexandre Premat-Mike Rockenfeller/Audi/LMP1, a 7 voltas
5. Pedro Lamy-Alexander W
urz-Stephane Sarrazin/Peugeot/LMP1, a 13 voltas
10.
Jos Verstappen-Peter van Merksteijn-Jeroen Bleekemolen/Porsche/LMP2, a 27 voltas
13. David Brabham-Antonio Garcia-Darren Tunner/Porsche/GT1, a 37 voltas
19. Jaime Melo Jr.-Gianmaria Bruni-Mika Salo/Ferrari/GT2, a 55 voltas

Para ver a tabela geral, basta clicar aqui.



Alessandro Zanardi foi o grande destaque da rodada dupla do Mundial de Turismo em Brno, na República Checa. Largando da pole, Zanardi venceu a primeira corrida do dia com absoluta autoridade. Felix Porteiro e Alain Menu completaram o podium, com o brasileiro Augusto Farfus Jr. finalizando na quarta posição. Na segunda bateria, Zanardi saiu da oitava posição por causa do grid invertido, mas deu show e passou pertinho da vitória.

O piloto da BMW só não conseguiu superar seu compatriota Gabriele Tarquini, que ficou com a vitória e ampliou sua liderança no campeonato. Robert Huff terminou em terceiro, enquanto Augusto Farfus Jr. repetiu a quarta posição da corrida inicial. Na tabela de pontos, Tarquini lidera com 58. Yvan Muller (43) e Rickard Rydell (37) vêm a seguir. O brasileiro Farfus Jr. é o sétimo, com 27. A próxima rodada dupla do Mundial de Turismo acontece no Estoril, a 13 de julho.

Na Turquia, Mikko Hirvonen conquistou sua segunda vitória na temporada do Mundial de Rally ao superar seu companheiro da Ford, Jari-Matti Latvala. Com o triunfo, Hirvonen também recuperou a liderança do campeonato. O finlandês ultrapassou o tetracampeão Sebastien Loeb, que foi apenas o terceiro na etapa turca. Agora, Hirvonen soma 59 pontos, contra 56 de Loeb e 34 de Latvala. O Mundial de Rally volta às atividades entre os dias 1º e 3 de julho, com o Rally da Finlândia.



Para quem não viu, vale a pena sentir o gostinho das 24 Horas de Le Mans. As imagens a seguir são da largada, quando ainda é possível acompanhar as belíssimas máquinas de Peugeot e Audi separadas por apenas alguns metros:



Nos vemos por aí!

Crédito das fotos:

Alessandro Zanardi - www.fiawtcc.com
Demais -www.motorsport.com

5 comentários:

Leandrus disse...

Confesso que (não me matem, por favor) não sinto muita atração pelas 24 Horas de Le Mans; logo, não tenho o que comentar...
E quanto ao Zanardi, torço muito por ele, esse kra realmente é um vencedor; parece ter lidado muito bem a com dor e trauma de ter perdido as pernas. Merece continuar tendo sucesso no automobilismo.

Ateh!

OBS: Tô meio sumido por aqui, mas é que os últimos dias foram brabos...

Net Esportes disse...

... eu não sei como estavam as preparações desse ano, mas nos últimos 9 anos a Audi só perdeu uma vez........

Daniel Médici disse...

Estava torcendo pela Peugeot, e não foi muito legal acordar de manhã e ver que eles não estavam mais na liderança.

Ao menos foi uma corrida emocionante!

Loucos por F-1 disse...

Foi uma pena a Peugeot não ter levado as 24h de Le Mans.
Nem sempre a fovorita consegue vencer.

Abração!

Leandro Montianele

GiglioF1 disse...

Gustavo,

Torci pelas Peugeot....Andavam muito!!...mas nao deu..quem sabe no ano que vem?

Abraco!!