sábado, 10 de maio de 2008

Massa mantém domínio e crava pole do G.P. da Turquia

Pelo terceiro ano consecutivo, Felipe Massa é o pole position do G.P. da Turquia. Confirmando sua supremacia no circuito de Istambul Park, o brasileiro foi o melhor no treino classificatório de hoje, enquanto seu rival Kimi Raikkonen não conseguiu mais do que um quarto lugar. Entre os dois pilotos da Ferrari está a dupla da McLaren, com Heikki Kovalainen à frente de Lewis Hamilton. Mais atrás, Rubens Barrichello fez um razoável 12º, com Nelsinho Piquet aparecendo apenas na 17ª posição.

Choveu pela manhã em Istambul, mas a pista já estava seca quando a classificação começou. A temperatura ambiente, porém, manteve-se muito baixa, complicando a vida dos pilotos que saíram para a pista antes. Com o asfalto escorregadio, Kazuki Nakajima rodou e quase bateu na barreira de proteção, mas conseguiu evitar o choque. Apesar disso, o japonês não escapou da eliminação no primeiro trecho do treino.

Assim como Nakajima, Nelsinho Piquet, Sebastien Bourdais, Adrian Sutil e Giancarlo Fisichella também foram cortados. Sem conseguir acompanhar o ritmo de Alonso, Nelsinho declarou-se "extremamente decepcionado" com o seu resultado. Em cinco corridas, o novato ainda não conseguiu superar o bicampeão. Isso já era até esperado, mas a diferença entre Alonso e Nelsinho na Turquia foi bastante considerável.

Lá na frente, Massa marcou a volta mais rápida do primeiro trecho da classificação, seguido por Hamilton e Raikkonen. A situação se inverteu na segunda parte do treino, quando Raikkonen foi o melhor. Dessa vez, Robert Kubica terminou como o vice-líder, com Massa caindo para terceiro. Mais atrás, a briga para conseguir um lugar na "superpole" foi animada como de costume.

No fim, os "nocauteados" foram Nico Rosberg, Rubens Barrichello, Jenson Button, Sebastian Vettel e Timo Glock. Falando à TV Globo, Rubinho declarou-se um pouco chateado com o resultado, já que tinha esperanças de largar entre os dez primeiros. O veterano brasileiro, porém, pareceu conformado com a 12ª posição, basicamente o máximo que o carro da Honda pode conseguir.

Finalmente era chegada a hora da verdade. Hamilton começou melhor, mas logo depois foi batido por Massa. Já no final da primeira rodada de tentativas, o piloto brasileiro mostrava-se num patamar um pouco acima da concorrência. Nos minutos finais, Kovalainen ocupou a liderança por alguns segundos, antes de Massa recuperar a ponta. Hamilton precisou se contentar com o terceiro lugar, com Raikkonen não passando de quarto após enfrentar tráfego na sua última volta rápida.

Na seqüência, Kubica estabeleceu o quinto tempo com a BMW, seguido pelo ótimo Mark Webber. Mais uma vez, Fernando Alonso fez o máximo com a Renault, e terminou num razoável sétimo. A seguir, Jarno Trulli, Nick Heidfeld e David Coulthard fecharam os dez primeiros, todos dando pinta de estar com carros mais pesados. Logo abaixo, o grid de largada do Grande Prêmio da Turquia:

1. Felipe Massa/Brasil/Ferrari, 1:27.617s
2. Heikki Kovalainen/Finlândia/McLaren, 1:27.808s
3. Lewis Hamilton/Inglaterra/McLaren, 1:27.923s

4. Kimi Raikkonen/Finlândia/Ferrari, 1:27.936s
5. Robert Kubica/Polônia/BMW, 1:28.390s
6. Mark Webber/Austrália/Red Bull, 1:28.417s
7. Fernando Alonso/Espanha/Renault, 1:28.422s
8. Jarno Trulli/Itália/Toyota, 1:28.836s
9. Nick Heidfeld/Alemanha/BMW, 1:28.882 s
10. David Coulthard/Escócia/Red Bull, 1:29.959s
11. Nico Rosberg/Alemanha/Williams, 1:27.012s
12. Rubens Barrichello/Brasil/Honda, 1:27.219s
13. Jenson Button/Inglaterra/Honda, 1:27.298 s
14. Sebastian Vettel/Alemanha/Toro Rosso, 1:27.412s
15. Timo Glock /Alemanha/Toyota, 1:27.806s
16. Kazuki Nakajima/Japã
o/Williams, 1:27.547s
17. Nelsinho Piquet/Brasil/Renault, 1:27.568s

18. Sebastien Bourdais/França/Toro Rosso, 1:27.621s
19. Adrian Sutil/Alemanha/Force India, 1:28.325s
20. Giancarlo Fisichella/Itália/Force India, 1:27.807s*
* = punido com a perda de três posições no grid por avançar o sinal nos treinos de sexta

A largada do G.P. da Turquia está marcada para as 9 horas de Brasília neste domingo, com transmissão ao vivo da TV Globo.




Felipe Massa está com a vitória do G.P. da Turquia nas mãos. Com Kimi Raikkonen limitado ao quarto lugar, basta ao piloto brasileiro manter a liderança na largada, e não cometer erros no resto da prova. Se nada der errado, Massa vence até com certa folga. Por outro lado, Raikkonen deve encontrar bastante dificuldade para superar as McLaren. Ao que tudo indica, o resultado do G.P. de Turquia vai embolar o campeonato.

A segunda posição no grid foi o melhor resultado da curta carreira de Heikki Kovalainen na Fórmula 1. O finlandês provou estar recuperado do pavoroso acidente no G.P. da Espanha, e deu mostras de que pode desafiar Lewis Hamilton dentro da McLaren. Ape
sar de tudo, as esperanças de vitória do time prateado ainda estão com o inglês. Largando de terceiro - ou seja, do lado limpo da pista - Hamilton tem tudo para superar Kovalainen já na primeira volta.

Por sua vez, a BMW talvez tenha sido a grande decepção do dia. Em quinto, Robert Kubica ficou a quase sete décimos da pole, enquanto Nick Heidfeld não passou de um discreto nono lugar. Ao mesmo tempo, a Red Bull emplacou dois carros entre os dez primeiros, conseguindo um resultado promissor. Também merecem elogios Fernando Alonso e Jarno Trulli, que voltaram a ter desempenhos consistentes.

Sobre Rubinho e Nelsinho, poucas palavras. O veterano da Honda não tinha como arrancar mais do que um 12º lugar mesmo. E Nelsinho já começa a testar a paciência da Renault. Certamente, a equipe não esperava um início de temporada tão fraco por parte do novato...



Ficamos sem o "vídeo do dia" hoje por causa da lentidão da conexão discada que eu estou precisando usar neste fim de semana. Na segunda a seção volta ao seu ritmo normal. Agora, é concentração total para o G.P. da Turquia...

Até mais!

Crédito das fotos:
http://www.blogger.com/www.gpupdate.net

5 comentários:

MARCELO ALVARENGA disse...

MEU PALPITE P/ CORRIDA:MASSA,HAMILTON,KOVALAINEN/ RAIKONEN ABANDONA.

Priscila disse...

Pôxa, não conseguia entrar no blog por algum problema. Mas não poderia deixar de dar o meu palpite, mais uma vez de última hora.

Por mais louco que seja, ainda acredito na Mclaren. Um primeiro e terceiro lugares cairia muito bem no momento. Além do mais, já que o Kimi está em quarto, tem que aproveitar.

Para amanhã:

1. Lewis Hamilton
2. Felipe Massa
3. Heikki Kovalainen
4. Kimi Raikkonen
5. Robert Kubica
6. Jarno Trulli
7. Nick Heidfeld
8. Fernando Alonso

Pôxa, não conseguia entrar no blog por algum problema. Mas não poderia deixar de dar o meu palpite, mais uma vez de última hora.

Por mais louco que seja, ainda acredito na Mclaren. Um primeiro e terceiro lugares cairia muito bem no momento. Além do mais, já que o Kimi, tá em quarto, tem que aproveitar.

1. Lewis Hamilton
2. Felipe Massa
3. Heikki Kovalainen
4. Kimi Raikkonen
5. Robert Kubica
6. Jarno Trulli
7. Nick Heidfeld
8. Fernando Alonso

Até amanhã!

Dé Palmeira disse...

Nelson Piquet filho vai se transformando na decepção do ano.
Gostaria muito de saber a causa da terrível performance do piloto até agora.

Se é o carro, se é a equipe que está dificultando as coisas ou ele é que foi super estimado.

Felipe Maciel disse...

Tá bravo, Nelsinho, tá bravo...

Augusto disse...

não tem jeito, venho falando faz tempo. Nelsinho é um piloto medíocre e ponto! ele não vai melhorar, esquece. Amanhã:
1. Felipe Massa
2. Heikki Kovalainen
3. Kimi Raikkonen
4. Lewis Hamilton
5. Nick Heidfeld
6. Robert Kubica
7. Fernando Alonso
8. Jarno Trulli