quinta-feira, 22 de maio de 2008

Hamilton comanda primeiros treinos do G.P. de Mônaco

Lewis Hamilton confirmou seu favoritismo e liderou com relativa facilidade os primeiros treinos do Grande Prêmio de Mônaco. Apesar de ter sido batido pela Ferrari na sessão da manhã, o inglês não teve maiores problemas para impôr seu ritmo à tarde, quando seu principal adversário foi o surpreendente Nico Rosberg. Por sua vez, Kimi Raikkonen e Felipe Massa se limitaram ao terceiro e quarto lugares respectivamente, enquanto Rubens Barrichello ficou em décimo.

Seguindo a tradição, os treinos que abriram o fim de semana no Principado foram realizados um dia antes do normal, já na quinta-feira. Na primeira sessão, Raikkonen terminou na liderança com um tempo marcado nos últimos minutos, três décimos mais rápido do que Hamilton. O piloto da McLaren deu o troco na parte da tarde, superando a volta de Raikkonen em quase um segundo.

Logo atrás de Hamilton, Nico Rosberg voltou a mostrar o bom potencial da Williams. O alemão talvez tenha sido o maior destaque da quinta-feira, finalizando o dia numa promissora segunda posição. Rosberg bateu inclusive a dupla da Ferrari, que apareceu imediatamente na seqüência. Com visíveis dificuldades de adaptação ao circuito de Monte Carlo, Felipe Massa não conseguiu acompanhar o ritmo de Raikkonen, e foi três décimos mais lento do que o companheiro de equipe.

Do resto do pelotão, vale mencionar a boa participação da Honda, que colocou seus dois pilotos entre os dez primeiros. Jenson Button fechou em oitavo, duas posições à frente de Rubens Barrichello. Ao mesmo tempo, a Renault começou o fim de semana com o pé esquerdo: durante o treino da tarde, tanto Fernando Alonso quanto Nelsinho Piquet cometeram erros na Saint-Dévote, e saíram com seus carros danificados. A seguir, os tempos da quinta-feira em Mônaco:

1. Lewis Hamilton/Inglaterra/McLaren, 1:15.140s
2. Nico Rosberg/Alemanha/Williams, 1:15.533s
3. Kimi Raikkonen/Finlândia/Ferrari, 1:15.572s
4. Felipe Massa/Brasil/Ferrari, 1:15.869s
5. Heikki Kovalainen/Finlândia/McLaren, 1:15.881s
6. Robert Kubica/Polônia/BMW, 1:16.296s
7. Fernando Alonso/Espanha/Renault, 1:16.310s
8. Jenson Button/Inglaterra/Honda, 1:16.351s
9. Kazuki Nakajima/Japão/Williams, 1:16.372s
10. Rubens Barrichello/Brasil/Honda, 1:16.418s
11. Nick Heidfeld/Alemanha/BMW, 1:16.426s
12. Timo Glock/Itália/Toyota, 1:16.688s
13. Mark Webber/Austrália/Red Bull, 1:17.094s
14. David Coulthard/Escócia/Red Bull, 1:17.131s
15. Nelsinho Piquet/Brasil/Renault, 1:17.246s
16. Giancarlo Fisichella/Itália/Force India, 1:17.251s
17. Jarno Trulli/Itália/Toyota, 1:17.379s
18. Sebastien Bourdais/França/Toro Rosso, 1:17.581s
19. Adrian Sutil/Alemanha/Force India, 1:18.176s

20. Sebastian Vettel/Alemanha/Toro Rosso, 1:18.225s

Como é tradicional em Mônaco, a sexta-feira não tem atividades da Fórmula 1. O treino de classificação só acontece no sábado, a partir das nove horas da manhã de Brasília, com transmissão da TV Globo.



"Eu simplesmente amo correr em Mônaco". Foram essas as palavras de Lewis Hamilton logo após os treinos desta quinta-feira, dominados por ele. Depois das performances ruins na Malásia e no Bahrein, o inglês vem numa curva ascendente, e pode confirmar sua evolução com uma vitória em Monte Carlo. No Principado, as diferenças entre McLaren e Ferrari são minimizadas, e Hamilton parece acreditar fielmente na sua capacidade de fazer diferença como piloto.

A Ferrari, porém, não está morta. Falando à imprensa em Mônaco, Kimi Raikkonen deu a entender que o time de Maranello andou com tanque cheio nesta quinta, e que ainda não mostrou seu verdadeiro potencial para a corrida em Monte Carlo. De qualquer maneira, a distância entre a Ferrari e as demais equipes é claramente menor no Principado. Raikkonen ou Massa podem até vencer a prova deste domingo, mas não vai ser nenhuma moleza.

Ainda mais se a previsão de chuva se confirmar. No momento, os metereologistas garantem que há 30% de chance de pista molhada no treino classificatório, e 55% de possibilidade de chover no domingo. Considerando o grau de acerto desses profissionais, o G.P. de Mônaco provavelmente vai se realizar num dia quente e ensolarado. Mas nunca se sabe. E os fãs da Fórmula 1 continuam torcendo para que São Pedro complique a vida dos pilotos.

Mônaco com chuva é sinônimo de corrida histórica.



Vamos com dois "vídeos do dia" dessa vez. O primeiro é uma espetacular filmagem onboard com Lewis Hamilton, durante os treinos desta quinta. Reparem como o inglês quase chega a beijar o guard rail de Mônaco em vários momentos, principalmente na curva que antecede o túnel e no grampo de Mirabeau:



O segundo vídeo mostra as duas batidas sofridas pelos pilotos da Renault na Saint-Dévote. Primeiro Nelsinho, depois Alonso não conseguem segurar seus carros e escapam de traseira:



Nos vemos por aí!

Crédito das fotos:
www.gpupdate.net

9 comentários:

Net Esportes disse...

To com a sensação que esse ano essa corrida promete.......

GiglioF1 disse...

Gustavo,

Realmente parece que Lewis vai num trilho...Mas vai muito no limite..é bonito de ver!!!

Abraço!!

Priscilla Bar disse...

ô Senhor...Será que chove mesmo?!

Se chover o Hamilton "beija" o guardrail...

Loucos por F-1 disse...

Hamilton é grande favorito nas ruas de Mõnaco e creio que ele vai levar essa fácil, fácil. Sò a chuva mesmo pra mudar a história dessa corrida e estou torcendo muito pra isso.

Abraços!

Leandro Montianele

Blog F1-V8 disse...

Se chover mesmo, vai virar uma loteria!

É bonito ver o Hamilton pilotando em Mônaco, busccando o traçado mais agressivo, beliscand o guard-rail. O fato dele gostar de correr lá faz muita diferença no jeito de pilotar. Ali, não dá para ter medo!

Estou ansiosa!

Emanuel disse...

Gustavo,
de arrepiar o vídeo da volta do Lewis Hamilton (fiquei em dúvida se foram duas voltas ou a mesma, repetida). Enfim, o ronco do motor arrepia. Grande vídeo.
Em tempo: vim aqui ver se tinha algo da vitória do Bruno Senna. Não tem como resgatar o vídeo?
É histórica e faz lembrar The Best.
Bota no ar, Gustavo!
Abração.

Marcelonso disse...

Grande Gustavo!!!


Por tudo que andou ano passado a McLaren é franca favorita,apesar da Ferrari ter encurtado alguns centimetros não parece estar no mesmo nível.
Ontem ouvi uma entrevista de Massa onde ele diz ter um palpite que as flexas treinaram mais leves, ae a diferença de tempo. Será?

grande abraço

Emanuel disse...

Gustavo,
botei no ar a reportagem a respeito da vitória do Bruno Senna no 'Globo Esporte' de hoje e dois links de textos: um sobre a corrida e outro com entrevista do sobrinho de Ayrton.
Abração.

Speeder_76 disse...

Gostei de ver o Lewis a conduzir. Tudo muito certinho e muito constante. Muito bom, se não chover, é o meu favorito.


Já agora, a curva antes do Túnel chama-se Portier. É o sitio onde o Senna tio bateu em 1988.