sábado, 5 de abril de 2008

Primeira pole para Robert Kubica e BMW

Atualizado às 21:45h, com os comentários sobre a classificação de hoje e o "vídeo do dia"

Robert Kubica surpreendeu o grande favorito Felipe Massa, e cravou hoje a pole position para o Grande Prêmio do Bahrein, a primeira da sua carreira. A façanha do polonês também foi inédita para a BMW, que confirma seu progresso em relação à última temporada. Por sua vez, Lewis Hamilton ficou com o terceiro tempo, enquanto Kimi Raikkone foi apenas o quarto. Mais atrás, Rubens Barrichello marcou o 12º lugar, duas posições à frente de Nelsinho Piquet.

Sol quente e humidade baixa: como já seria de se esperar, a receita básica do deserto estava presente neste sábado no circuito de Sakhir. Ao contrário do que aconteceu na Malásia, os favoritos demoraram a sair para a pista no primeiro trecho da classifiacação. Lewis Hamilton fez o melhor tempo de início, mas o inglês foi logo batido por Felipe Massa. Repetindo o roteiro de ontem, o piloto brazuca sobrou no reto do pelotão, colocando uma vantagem de meio segundo para Jarno Trulli.

Na ponta de baixo da tabela, Takuma Sato cometeu um erro na curva final de Sakhir, rodando e batendo de traseira na barreira de proteção. O acidente do japonês provocou uma rápida bandeira vermelha, e forçou todos os pilotos a voltarem aos boxes. Na reabertura dos pits, o pelotão saiu para a pista em peso. Rubens Barrichello e Fernando Alonso foram alguns dos que escaparam no último instante, enquanto David Coulthard, Giancarlo Fisichella, Sebastian Vettel, Adrian Sutil, Anthony Davidson e Sato terminaram eliminados.

Os dezesseis pilotos remanescentes partiram para o segundo trecho da classificação. Lá na frente, a ordem não mudou muito, com Massa mais uma vez estabelecendo o melhor tempo sem maiores dificuldades. Na seqüência, Heikki Kovalainen ficou com a vice-liderança, seguido pela dupla da BMW, com Robert Kubica à frente de Nick Heidfeld. Lewis Hamilton e Kimi Raikkonen tiveram desempenhos discretos, fechando apenas em quinto e sexto, respectivamente.

Com os pilotos de Ferrari, McLaren e BMW garantidos na superpole, Toyota, Renault, Williams e Honda asseguraram uma vaga cada uma. Numa disputa definida nos milésimos, Mark Webber perdeu o décimo lugar para Jenson Button, que conseguiu levar a Honda à fase final da classificação pela primeira vez no ano. A mesma sorte não teve seu companheiro de equipe Rubens Barrichello, que foi “nocauteado” junto a Timo Glock, Nelsinho Piquet, Sebastien Bourdais e Kazuki Nakajima.

Era chegada a hora da superpole. Após colocar oito décimos de diferença para Raikkonen no segundo trecho da classificação, Massa era mais favorito do que nunca. E o brasileiro começou bem, marcando o melhor tempo na primeira rodada de tentativas. Mas a diferença para o surpreendente Robert Kubica ficou em ínfimos onze milésimos. A pole position não estava decidida ainda.

Nos últimos minutos do treino, Lewis Hamilton chegou a bater a marca de Massa, mas Kubica superou o inglês logo depois. Depois de cravar a melhor primeira parcial da pista, o brasileiro cometeu um pequeno erro na saída da curva catorze, perdendo alguns milésimos que se revelariam cruciais. Na linha de chegada, Massa ficou a 0.027s de Kubica, que estabeleceu a primeira pole position da sua carreira, e também da BMW.

Atrás da dupla, Hamilton conseguiu um razoável terceiro lugar, com um apagado Raikkonen em quarto. Logo a seguir, Kovalainen e Heidfeld fecharam as três primeiras filas, monopolizadas por BMW, Ferrari e McLaren. O melhor do resto foi Jarno Trulli, em sétimo, enquanto Nico Rosberg, Jenson Button e Fernando Alonso completaram o top 10. A seguir, o grid completo do Grande Prêmio do Bahrein:

1. Robert Kubica/Polônia/BMW, 1:33.096s
2. Felipe Massa/Brasil/Ferrari, 1:33.123s
3. Lewis Hamilton/Inglaterra/McLaren, 1:33.292s
4. Kimi Raikkonen/Finlândia/Ferrari, 1:33.418s
5. Heikki Kovalainen/Finlândia/McLaren, 1:33.488s
6. Nick Heidfeld/Alemanha/BMW, 1:33.737s
7. Jarno Trulli/Itália/Toyota, 1:33.994s
8. Nico Rosberg/Alemanha/Williams, 1:34.015s
9. Jenson Button/Inglaterra/Honda, 1:35.057s
10. Fernando Alonso/Espanha/Renault, 1:35.115s
11. Mark Webber/Austrália/Red Bull, 1:32.371s
12. Rubens Barrichello/Brasil/Honda, 1:32.508s
13. Timo Glock/Alemanha/Toyota, 1:32.528s
14. Nelsinho Piquet/Brasil/Renault, 1:32.790s
15. Sebastien Bourdais/França/Toro Rosso, 1:32.915s
16. Kazuki Nakajima/Japão/Williams, 1:32.943s
17. David Coulthard/Austrália/Red Bull, 1:33.433s
18. Giancarlo Fisichella/Itália/Force India, 1:33.501s
19. Sebastian Vettel/Alemanha/Toro Rosso, 1:33.562s
20. Adrian Sutil/Alemanha/Force India, 1:33.845s
21. Anthony Davidson/Inglaterra/Super Aguri, 1:34.140s
22. Takuma Sato/Japão/Super Aguri, 1:35.725s

A largada do G.P do Bahrein está marcada para as 8:30h de domingo, com transmissão ao vivo da Rede Globo.


Robert Kubica entra na corrida com chances reais de vitória? É claro que sim. Mas o favoritismo ainda está todo com Felipe Massa. O brasileiro provavelmente leva mais gasolina do que o polonês, e tem amplas condições de passar para a primeira posição durante as rodadas de pit stop. Para Massa, a receita para o triunfo no Bahrein é ter calma e paciência. Além disso, largar bem é fundamental.

Saindo do segundo lugar do grid, Massa fica do lado sujo da pista, o que representa uma chance para Lewis Hamilton. O inglês sabe que não tem condições de acompanhar o andamento da Ferrari em condições normais, e deve partir com tudo para cima de Massa na primeira curva. No ano passado, Hamilton já mostrou ser um piloto bastante agressivo nas largadas. Mais uma vez, os metros iniciais da corrida serão cruciais.

Por sua vez, Kimi Raikkonen vem tendo um fim de semana bastante apagado, mas vai largar pesadão e ainda pode surpreender. O mesmo pode ser dito de Heikki Kovalainen e Nick Heidfeld, dois outros pilotos que carregam bastante gasolina. Mais atrás, a batalha pelas últimas duas posições da zona de pontuação será muitíssimo equilibrada. De Jarno Trulli - o sétimo - até Nelsinho Piquet, em 14º, todos estão mais ou menos na mesma balada.

Como sempre, porém, as atenções principais ficarão voltadas para a briga pela vitória. O Blog apostou em Felipe Massa, que ainda parece ser o piloto a ser batido. Mas, para a Fórmula 1, um triunfo inédito de Robert Kubica e da BMW seria bem mais refrescante...


O vídeo do dia mostra um inacreditável acidente que aconteceu ontem durante o treino classificatório da etapa do Texas da Nascar. Arriscando tudo para garantir um lugar no grid, o novato Michael McDowell perdeu o controle do seu carro, bateu de frente no muro e capotou várias vezes. Apesar da força do impacto, o piloto saiu andando. Vale a pena conferir:



Esse eu vi na Comunidade F1 Brasil do Orkut

Até mais!

Crédito das fotos: http://www.gpupdate.net/

10 comentários:

Anônimo disse...

Gustavo,
fui eu quem sugeriu aquele palpitão a respeito do que o Massa vai aprontar amanhã. Depois do treino de hoje, minha aposta é: ele vai bater no Kubica na tomada da primeira curva, embora ponha umas fichas em que poderá queimar a largada. O filho de Botucatu não terá paciência de esperar a hora certa para ultrapassar o polonês, osso duro de roer, pela primeira vez na pole. Amanhã vamos ver cair a máscara do pequeno polegar da Ferrari.

Ron Groo disse...

Kubica merece... E se ele ganhar eu não vou ficar triste...

Loucos por F-1 disse...

Gostei bastante da pole de Kubica, pois ele já vinha merecendo. Mesmo largando em segundo Massa tem totais condições de vitória amanhã e eu acredito nele no lugar mais alto do pódio.

Abração!

Leandro Montianele

Leandrus disse...

Eu só espero que essa corrida seja melhor que a da Malásia...
E Gustavo, vc tinha que ter feito um bolão sobre quem vai ser o piloto a sair logo na primeira curva: tenho quase certeza que uns 2 ou 3 já vão ficar por ali na largada...

Ateh!

OCTETO RACING TEAM disse...

Nossa ... depois de um fim de semana tão arrasador nunca imaginei que Felipe perderia esta pole!!

Apesar da pole de Kubica, acho que dá Ferrari!


Bjinhoss do Octeto

Tati

Guilherme (RJ) disse...

Não chega a ser o pior dos mundos, mas estar pressionado, largar na parte mais suja da pista e ficar entre Kubica e Hamilton não seria o ideal para o momento.

Enfim, vai ser uma noite mal dormida, hein Massa...

Marcos Antônio Filho disse...

A pole do Kubica foi show,mas acredito que a vitória é do Massa.ele só perde se for afoito.

abraços!

Maragato disse...

Vai dar Kimi amanhã... o iceman está com uma estratégia diferente... e vai tirar uma meia dúzia de coelhos da cartola amanhã... já o Massa, vai ficar na primeira curva junto com o Hamilton...

Net Esportes disse...

A BMW está chegando............

Blog F1 Grand Prix disse...

Obrigado por todas as mensagens!

Anônimo: Pois é, o Massa finalmente desencatou! Agora vamos ver se ele consegue manter esse ritmo nas próximas corridas.

Guilherme: Massa deve ter dormido mal mesmo, mas no fim das contas tudo deu certo!

Jairo: Muita gente apostou nessa batida entre o Massa e o Hamilton! O que será que teria acontecido se o inglês tivesse largado direito?

Grande abraço a todos!

Gustavo Coelho