sábado, 11 de outubro de 2008

Pole categórica de Hamilton em Fuji

A pole de Hamilton foi categórica.

Na madrugada deste sábado, o inglês tirou da cartola uma volta sensacional para liderar o treino classificatório com autoridade.

Raikkonen completa a primeira fila. Massa é só o quinto no grid.

Para Hamilton, não poderia ter sido muito melhor.

O inglês começa o GP do Japão como franco favorito para a vitória, mas a presença de Raikkonen ali na segunda posição no grid precisa ser considerada.

Desde a prova da França que o atual campeão não largava tão bem.

E, em corrida, Raikkonen continua rápido como sempre.

Considerando que Hamilton pode adotar uma postura conservadora pensando no campeonato, Raikkonen começa a prova de Fuji com boas chances de vitória também.

Mesmo se perder o triunfo, porém, dificilmente Hamilton sai do Japão com um resultado ruim em termos de título.

Largando de quinto, Massa terá dificuldades até para chegar ao pódio.

O brasileiro teve problemas para atingir a temperatura correta dos pneus na classificação.

Justamente aquilo que vinha prejudicando Raikkonen, hoje atrapalhou Massa.

O vice-líder da temporada vai precisar fazer uma largada agressiva, repetindo o que fez na Hungria, para ter alguma chance de bom resultado.

Depois do treino de classificação deste sábado, Massa ficou em situação ainda mais complicada, mas suas chances continuam vivas.

Antes dos treinos de sexta, este Blog apostou no brasileiro para a vitória.

Mais uma vez, um palpite que vai para o espaço.

Se me permitem, aí vai um novo chute para a corrida de logo mais.

Vence Raikkonen, mas Hamilton aumenta a vantagem no campeonato.

2 comentários:

Guilherme (RJ) disse...

Em termos de estratégia da Ferrari pode-se pensar em várias:

A Esperta: Que a Ferrari tenha colocado bem menos combustível no Kimi para que o finlandês largando na pole ditasse o ritmo da corrida; ou

A Louca: Fazer apenas uma parada para Felipe e torcer para que tudo desse certo do meio da prova em diante ou um Safety Car num momento ideal;

A Lógica: Nenhuma estratégia anormal, os 2 foram com o mesmo combustível (uma volta a menos para um) e tentar garantir a 1ª fila;

Pior de tudo seria descobrir na pista que o Ferrari mais leve é o do Massa e que por erros dele pôs a estratégia por água abaixo!!!

Tomara que não, mas o Hamilton colocou uma mão na taça largando na pole.

Ivan Grycuk disse...

Cara... mais um - outro - palpite que foi para o espaço. A coisa está ficando cada vez pior - se bem que acho que todo o mercado de apostas da F1 deve estar bagunçado, aliás quase tão bagunçado quanto as bolsas de valores com os resultados dessas duas últimas provas.

Um abraço.