quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Kubica e Renault: os franco-atiradores de 2010

Pouco a pouco, o grid da próxima temporada vai tomando forma.

A Red Bull foi a primeira a confirmar seus pilotos: Vettel e Webber, que permanecem em 2010.

Na McLaren, Hamilton continua e o companheiro ainda é uma incógnita - pode ser Kovalainen, pode ser Raikkonen, pode ser Rosberg ou até mesmo uma surpresa como Sutil.

Como todos já sabem, a Ferrari anunciou Alonso e continua com Massa no ano que vem.

Agora, foi a vez da Renault revelar parte de seus planos. O time francês confirmou a esperada chegada de Kubica, mas não adiantou quem será o parceiro do polonês em 2010.

Ex-protegido da Renault quando ainda corria nas categorias de base, Kubica retorna às origens e forma com a equipe uma dupla promissora.

Os dois andam em baixa na atual temporada. Kubica está perdendo a disputa para o companheiro Heidfeld na BMW, embora continue muito melhor cotado do que o alemão.

Já a Renault, nem precisa dizer, quer esquecer 2009 e os acontecimentos que foram desenterrados de 2008.

Em 2010, tanto Kubica quanto a Renault tentam um recomeço na Fórmula 1. Ninguém espera que o polonês dispute o título já no ano que vem, mas certamente é esse o pensamento que passa pela cabeça dele.

Kubica e a Renault são franco-atiradores. Se chegarem a brigar pelo campeonato, ótimo. Se não conseguirem, poucos vão cobrá-los por isso.

Agora, é esperar pelos próximos lances para a próxima temporada. Muitas vagas estão em jogo e um número razoável de pilotos de bom nível continuam no mercado - gente como Glock, Trulli, Heidfeld, Kovalainen, Sutil, Senna e Di Grassi, por exemplo.

Isso sem falar em Raikkonen, a grande dúvida do momento. À exceção de Ferrari, Red Bull e Brawn GP, o finlandês tem o poder de escolher a equipe que quiser.

As próximas semanas serão interessantes. Mesmo depois que o campeonato acabar, a Fórmula 1 ainda terá bastante assunto para os jornais.

3 comentários:

F-1 A.L.C. disse...

me encantó o negocio de francoatirador, muito boa perspectiva da nova associação. é que nem a Brawn ao inicio do campeonato.

mais não confio na Renault, estão meio de saida por motivos económicos

Guilherme (RJ) disse...

Kubica na Williams seria interessante, mas optou pela Renault... não gostei.

Ron Groo disse...

Com a saida do Alonso e do Briatore a equipe fica mais simpática. Gosto do Kubica e vou torcer para que ele se dê bem.