domingo, 18 de outubro de 2009

Análise do Grande Prêmio - Brasil/Interlagos (18/10/2009)

Análise dos pilotos:

Mark Webber. Fez uma prova sem erros e obteve a vitória como recompensa. Nota 10
Robert Kubica. Parece que o acerto com o Renault trouxe sua motivação de volta. Nota 9
Lewis Hamilton. Saiu de 17º para terceiro. Tática certeira, performance fantástica. Nota 9
Sebastian Vettel. Lutou muito, mas também viu as esperanças de título sumirem. Nota 7
Jenson Button. Corajoso e batalhador, provou em Interlagos que mereceu o título. Nota 9
Kimi Raikkonen. Poderia até ter vencido se não fosse o choque com Webber no início. Nota 7
Sebastien Buemi. Ótima classificação e ritmo consistente durante toda a corrida. Nota 8
Rubens Barrichello. Pole espetacular, corrida de pouca sorte, sonho adiado de novo... Nota 8
Heikki Kovalainen. Rodou na largada e não conseguiu se recuperar. Nota 4
Kamui Kobayashi. Grande surpresa da prova, foi muito agressivo e ganhou vários fãs. Nota 9
Giancarlo Fisichella. Muito apagado, andou sempre entre os últimos. Nota 3
Vitantonio Liuzzi. Batido com facilidade por Sutil, também fez uma corrida obscura. Nota 4
Romain Grosjean. Uma chicane ambulante. Ultrapassado facilmente por todo mundo. Nota 2
Jaime Alguersuari. Até que se classificou bem, mas terminou lá atrás de novo. Nota 4
Kazuki Nakajima. Vinha fazendo uma de suas melhores provas até bater feio. Nota 4
Nico Rosberg. Certamente terminaria no pódio se não tivesse quebrado. Nota 7
Nick Heidfeld. Outro que não teve sorte. Estava se recuperando bem, mas quebrou. Nota 5
Adrian Sutil. Um excelente terceiro lugar no grid desperdiçado logo na largada. Nota 6
Jarno Trulli. Não teve culpa na batida com Sutil. Mas a reação irada foi um papelão. Nota 2
Fernando Alonso. Vítima da confusão inicial, perdeu uma boa chance de pontuar. Nota 5

Análise das equipes:

Brawn GP. Campeão mundial de pilotos e construtores. Com todos os méritos. *****
Red Bull. Se não fosse o azar de Vettel no sábado, a dobradinha seria fácil. ****
McLaren. Passou a Ferrari entre os construtores e está um ponto à frente da rival. ****
Ferrari. Fisichella continua perdido e Raikkonen voltou a ter má sorte. ***
Toyota. Perdeu Trulli no início e escolheu muito mau a estratégia de Kobayashi. **
Williams. Pela primeira vez no ano, nenhum dos carros completou a prova. **
BMW. Está se despedindo da Fórmula 1 com dignidade. ****
Renault. Superada pela BMW, está só em oitavo entre os construtores. *
Force India. Tem um carro rápido, mas perde muitas oportunidades de pontuar. **
Toro Rosso. Voltou aos pontos pela primeira vez em dez corridas. ***

Análise da corrida:

Que diferença faz um circuito de verdade como Interlagos! A corrida deste domingo foi agitada, com diversas ultrapassagens e alguns acidentes. Na segunda metade da prova a ordem se acalmou e as mudanças foram poucas. Mesmo assim, o GP do Brasil foi um dos melhores do ano.
Nível da corrida: Muito boa

Análise do campeonato:

A briga pelo título deste ano não foi tão dramática quanto em 2007 (Raikkonen x Hamilton x Alonso) ou 2008 (Hamilton x Massa). Apesar disso, o campeonato se manteve indefinido até a penúltima corrida. Sim, poderia ter sido melhor, mas a disputa entre Button, Rubinho e os pilotos da Red Bull teve boas doses de emoção.
Nível do campeonato: Bom

Balanço dos palpites:

Vitória: Rubens Barrichello. A vitória foi de Mark Webber
Pole Position: Mark Webber. O pole position foi Rubens Barrichello
Melhor Volta: Lewis Hamilton. A melhor volta foi de Mark Webber
Grid aleatório (17º lugar): Romain Grosjean. O 17º no grid foi Lewis Hamilton
Tempo da pole: 1:13.350. O tempo da pole foi 1:19.576
Primeiro abandono: Romain Grosjean. Os primeiros a abandonar foram Fernando Alonso, Adrian Sutil e Jarno Trulli
Zona de pontuação:
1. Rubens Barrichello (Mark Webber)
2. Sebastian Vettel (Robert Kubica)
3. Mark Webber (Lewis Hamilton)
4. Nico Rosberg (Sebastian Vettel)
5. Jenson Button (PALPITE CORRETO)
6. Kimi Raikkonen (PALPITE CORRETO)
7. Fernando Alonso (Sebastien Buemi)
8. Adrian Sutil (Rubens Barrichello)
Placar da temporada:
Austrália - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Rubens Barrichello (segundo)
Malásia - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Jenson Button (PRIMEIRO)
China - Vencedor: Sebastian Vettel. Palpite: Rubens Barrichello (quarto)
Bahrein - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Jenson Button (PRIMEIRO)
Espanha - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Sebastian Vettel (quarto)
Mônaco - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Mark Webber (quinto)
Turquia - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Jenson Button (PRIMEIRO)
Inglaterra - Vencedor: Sebastian Vettel. Palpite: Jenson Button (sexto)
Alemanha - Vencedor: Mark Webber. Palpite: Rubens Barrichello (sexto)
Hungria - Vencedor: Lewis Hamilton. Palpite: Sebastian Vettel (abandono)
Europa - Vencedor: Rubens Barrichello. Palpite: Sebastian Vettel (abandono)
Bélgica - Vencedor: Kimi Raikkonen. Palpite: Kimi Raikkonen (PRIMEIRO)
Itália - Vencedor: Rubens Barrichello. Palpite: Lewis Hamilton (abandono)
Cingapura - Vencedor: Lewis Hamilton. Palpite: Rubens Barrichello (sexto)
Japão - Vencedor: Sebastian Vettel. Palpite: Sebastian Vettel (PRIMEIRO)
Brasil - Vencedor: Mark Webber. Palpite: Rubens Barrichello (oitavo)

Foram dois acertos na mosca: o quinto lugar do campeão Button e o sexto de Raikkonen. Bom para o bolão. Apesar disso, o Blog não foi lá tão bem nos palpites. Primeiro, porque joguei minhas fichas na superioridade da Brawn frente à Red Bull. E, além disso, também apostei que a decisão ficaria para Abu Dhabi...
Nível dos palpites: Regular
Placar da temporada: Cinco acertos em 16 possíveis

Por hoje, é só. Até a próxima!

6 comentários:

Guilherme (RJ) disse...

9 pro Kobayashi... é... vai ser o líder do Troféu Blogueiros, hein...

A nota 9 é justa, mas a posição de líder não. Vão ter que mexer nessa fórmula de apontar o líder... he he he...

Abraços!

Anne 'F1 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anne 'F1 disse...

bota má sorte mesmo! (Kimi)
azar teve tb o Rubinho, se não fosse aquele pneu furando e tendo que parar 3 vezes nos boxes.. :/
mas o Button mereceu :D

:**

F-1 A.L.C. disse...

mesmo que sou fan de kubica, acho que a maior parte da sua escalada foi nas primeiras voltas, a consequencia de erros alehios e uma boa largada. o restante da corrida dele foi muita burocrática.

coincido com o de Rosberg, uma pena, era pra tar no podio. e o rubens, que falta de uma limpa em ano novo na Bahia e com um pelotão de bahianas.

aquele da Force india tamém é bom: as oportunidade sperdidas vão por conta de MAllya, que demitiu tudo mundo e ficou a cargo de toda a estrategia

Adalberto disse...

Show de bola a corrida, e o melhor: após ela o autódromo reabre e volta o paulista de automobilismo!

Anônimo disse...

Vejam so´que interessante, a Publicação Polonesa WhoPopular, elege todo anos a Personalidade Mundial mais conhecida e admirada em diveras áreas, o nosso querido Rubens Barrichello está recebendo votos de todo o mundo e ultrapassou o Ayrton Senna, confiram ( E votem !!! ) acessando o seguinte endereço:

http://www.whopopular.com