domingo, 30 de agosto de 2009

Análise do Grande Prêmio - Bélgica/Spa-Francorchamps (30/08/2009)

Leia também: Kimi quebra jejum de vitórias, mas o show foi de Fisichella

Análise dos pilotos:

Kimi Raikkonen. Uma vitória para dar dor de cabeça aos dirigentes da Ferrari. Nota 10
Giancarlo Fisichella. Não ganhou, mas roubou a cena. Uma atuação fantástica. Nota 10
Sebastian Vettel. Foi eficiente, sem ser bilhante. Fez seis pontos importantes. Nota 8
Robert Kubica. Corrida segura e consistente. Merecia o pódio. Nota 9
Nick Heidfeld. Quase no mesmo nível de Kubica. Nota 8
Heikki Kovalainen. Discreto, conseguiu outro resultado razoável. Nota 7
Rubens Barrichello. Enrolou-se na largada de novo. Lutou para salvar dois pontos. Nota 5
Nico Rosberg. Pontuou pela oitava prova consecutiva. É o piloto mais regular do ano. Nota 7
Mark Webber. Prejudicado pelo time, ficou em branco pela segunda prova seguida. Nota 4
Timo Glock. Rápido nos treinos, perdeu ritmo na corrida e foi ficando para trás. Nota 4
Adrian Sutil. Até que não esteve mal, mas foi totalmente ofuscado por Fisichella. Nota 5
Sebastien Buemi. Manteve um ritmo sólido, só que o carro é fraco demais. Nota 6
Kazuki Nakajima. Pouco combativo, só conseguiu ficar à frente de Badoer. Nota 2
Luca Badoer. Claramente um peixe fora d'água, ficou a 40 segundos do penúltimo. Nota 1
Fernando Alonso. Tinha chance de pódio se não tivesse quebrado. Nota 7
Jarno Trulli. Impressionante como sempre cai de rendimento nas corridas. Nota 3
Lewis Hamilton. Apagado no sábado, não teve sorte no domingo e saiu no início. Nota 4
Jenson Button. Está caindo de produção no pior momento possível do ano. Nota 3
Jaime Alguersuari. Vítima inocente da confusão na primeira volta. Nota 5
Romain Grosjean. Um fim de semana recheado de confusões. Nota 2

Análise das equipes:

Brawn. Faltou sorte e carro para os pilotos. **
Red Bull. Precisa dar um jeito nos problemas de motor. **
Ferrari. Todos sabiam que não ficaria o ano todo sem vencer. *****
McLaren. Permanece irregular. Dessa vez, esteve mal **
Toyota. Desperdiçou uma chance de ótimo resultado. *
Williams. Como sempre, dependeu de Rosberg. ***
Renault. Continua em insuperável má fase. **
BMW. Fez sua melhor corrida do ano. ****
Force India. Só uma palavra: espetacular. *****
Toro Rosso. Caiu de vez para a lanterna entre as equipes. *

Análise da corrida:

Não foi a prova espetacular que todos esperavam após o emocionante treino de classificação, mas também esteve longe de ser um GP monótono. No fim das contas, a corrida da Bélgica manteve o padrão do restante da temporada.
Nível da corrida: Regular

Análise do campeonato:

A vantagem de Button ainda é confortável, mas 16 pontos é uma distância que pode ser perfeitamente descontada em cinco corridas. Rubinho vem ali no segundo lugar, e a dupla Vettel-Webber também possui esperanças de título.
Nível do campeonato: Bom

Balanço dos palpites:

Vitória: Kimi Raikkonen. Na mosca!
Pole Position: Rubens Barrichello. O pole position foi Giancarlo Fisichella
Melhor Volta: Nico Rosberg. A melhor volta foi de Sebastian Vettel.
Grid aleatório (13º lugar): Timo Glock. O 12º no grid foi Fernando Alonso
Tempo da pole: 1:40.140. O tempo da pole foi 1:46.308
Primeiro abandono: Jarno Trulli. Os primeiros a abandonar foram Lewis Hamilton, Jenson Button, Romain Grosjean e Jaime Alguersuari
Zona de pontuação:
1. Kimi Raikkonen (PALPITE CORRETO)
2. Lewis Hamilton (Giancarlo Fisichella)
3. Rubens Barrichello (Sebastian Vettel)
4. Mark Webber (Robert Kubica)
5. Jenson Button (Nick Heidfeld)
6. Nico Rosberg (Heikki Kovalainen)
7. Heikki Kovalainen (Rubens Barrichello)
8. Romain Grosjean (Nico Rosberg)
Placar da temporada:
Austrália - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Rubens Barrichello (segundo)
Malásia - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Jenson Button (PRIMEIRO)
China - Vencedor: Sebastian Vettel. Palpite: Rubens Barrichello (quarto)
Bahrein - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Jenson Button (PRIMEIRO)
Espanha - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Sebastian Vettel (quarto)
Mônaco - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Mark Webber (quinto)
Turquia - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Jenson Button (PRIMEIRO)
Inglaterra - Vencedor: Sebastian Vettel. Palpite: Jenson Button (sexto)
Alemanha - Vencedor: Mark Webber. Palpite: Rubens Barrichello (sexto)
Hungria - Vencedor: Lewis Hamilton. Palpite: Sebastian Vettel (abandono)
Europa - Vencedor: Rubens Barrichello. Palpite: Sebastian Vettel (abandono)
Bélgica - Vencedor: Kimi Raikkonen. Palpite: Kimi Raikkonen (PRIMEIRO)

Numa corrida cheia de surpresas, seria difícil mesmo fazer alguma previsão correta. Mas o Blog acertou na mosca a principal delas: quem terminaria em primeiro lugar. A aposta certeira em Raikkonen para o triunfo já valeu por todo o palpitão.
Nível dos palpites: Muito bom
Placar da temporada: Quatro acertos em 12 possíveis

Por hoje, é só. Até a próxima!

3 comentários:

F-1 A.L.C. disse...

estimado gustavo:

eu não queria falar de Kubica por ser suspeito, amis também acho que merecia um pódio. e também coincido com a nota de kovalaien, pouco notado pela trasmissão e muito consistente

mais acho que a nota de nico podia ser melhor. ele vinha tendo uma excelente fase desde mónaco, e não brilhou do mesmo jeito hoje.

Ron Groo disse...

Desta vez não vou discordar de nada, tá perfeito.

Guilherme (RJ) disse...

Pena que o 10 pro Físico só lhe valeu 8 pontos.

Pelo menos cravaste o vencedor.