terça-feira, 18 de novembro de 2008

F-1 perto de abolir os pontos e adotar as ''medalhas''

Em sua busca incessante para melhorar o ''espetáculo'' da Fórmula 1, os dirigentes da categoria parecem maravilhados com a sua mais nova invenção: o sistema de pontuação baseado no quadro de medalhas dos Jogos Olímpicos.

Segundo Bernie Ecclestone, o modelo está perto de ser adotado já em 2009.

O campeão seria o piloto com mais vitórias, independente do número de pontos conquistados.

Ainda é cedo para saber se a idéia daria certo. Mas, desde já, não causa uma boa impressão.

Basta ver o número de discrepâncias que geraria se fosse o modelo em vigor desde o início da década de 80, por exemplo.

Nelson Piquet seria um homem sem título mundial.

E Nigel Mansell, seu grande rival, teria três títulos na bagagem.

Alain Prost perderia os campeonatos de 1986 e 1989, mas ganharia os de 1981, 1983 e 1984.

Ayrton Senna teria conquistado um tetra entre 1988 e 1991.

Apenas Michael Schumacher continuaria com seus sete títulos, assim como está hoje.

Campeonatos muito equilibrados como Villeneuve-Schumacher (1997), Hakkinen-Schumacher (1998) e Schumacher-Raikkonen (2003) teriam sido decididos muito antes do tempo.

Ou seja: o modelo das medalhas representa realmente uma forte ruptura com o sistema que está em vigor.

Se os dirigentes o adotarem, tomara que saibam o que estão fazendo...

--

Em Barcelona, Di Grassi esteve longe de um desempenho ruim, mas também não foi espetacular.

Ficou a meio segundo de Button, enquanto Vettel liderou as atividades do dia.

Agora, é esperar pelo teste decisivo de Bruno Senna, nesta quarta.

O sobrinho de Ayrton provavelmente vai virar um tempo melhor que o de Di Grassi, já que a pista vai melhorando à medida que os carros passam mais tempo correndo.

O que vai contar, realmente, é a diferença de Senna para Button.

No momento, Senna é o grande favorito à vaga.

Só precisa repetir a performance de Di Grassi para conquistar de vez a preferência da equipe.

12 comentários:

Fábio Andrade disse...

O Ecclestone degenerou de vez...

Speeder_76 disse...

Não acredito nisso, especialmente quando ele está prestes a atravessar um complicado (e multimilionário) divórcio com a Slavica...

Daniel Médici disse...

Prefiro acreditar que os dirigentes da Fórmula 1 sabem que isso é estúpido demais.

De medalhas para grid invertido é um pulo. E aí, é melhor parar de cobrir F1 e partir para o xadrez, gamão ou bocha.

Anônimo disse...

Lucas Di Grassi superou Bruno Senna nos testes de Barcelona.

A Honda tomou como critério nos testes individuais a diferença dos tempos dos pilotos brasileiros com Jenson Button, veja:

Terça-feira
J. Button - 1:21:770
L. Di Grassi- 1:22:283

Quarta-feira
J. Button - 1:21:515
B. Senna - 1:22:428

Di Grassi foi 0,4s mais rápido do que Senna no geral. Agora cabe a Honda escolher...

Torço por Di Grassi!!!!

Deixa o Senna comprar sua vaga na STR, tira aquele Buemi que ele não é piloto pra F1.

Abraços

Marcos Almeida disse...

O Senna melhorou à tarde:

5º. Jenson Button 1min21s387 (94)
8º. Bruno Senna 1min21s676 (107)

No comparativo, com o inglês, o sobrinho do Ayrton superou di Grassi.

GiglioF1 disse...

Gustavo,

Ta na hora de visitar os pobres!!!

Sim Senna superou Di Grassi...mas nao conhecemos os bastidores..

Acho que Senna ficou com a vaga.

Joaquim disse...

Gente, acho que Barrichello continua.

Só mesmo se ele tiver algum problema sério de relacionamento, porque pelos testes ele continua.

Uma coisa que muitos se enganam, a referência não é Button e sim Alexander Wurz.

Wurz, que apesar da experiência, não passa de piloto de testes.

Em voltas em que esteve com confuguração semelhante andou na frente dos brasileiros.

Não estou contra Senna e DiGrassi, mas foi a realidade.

Joaquim disse...

Só mais uma coisa.

Apesar do Barrichello ser um veterano, de ser um trapalhão, de conversar demais, ele é disparado melhor que Di Grassi e Senna.

O os dois apresentou até aqui é o muito para pilotos de testes e vai ter de ganhar de pilotos como Takuma Sato e outros que já mostraram ser melhores que eles.

blogguardrail disse...

JESUS!!!!!!!

Alguém me faz um favor e prende esse homem no manicômio!!!

Sinceramente, uma b*sta!!

Sobre os testes...Espero que dê Di Grassi. Nao por torcer contra o Senna, mas pq ele terá tempo, dinheiro e o que mais faltar pra chegar à F1. O Di Grassi já nao...

bjs

Joaquim disse...

(Jesus ! Alguém faça o favor e prenda esse homem no manicônio..)

Ô blogguardrail.. esse homem a que se refere é Jesus ?!

KKKKKKKKKKKKKKK !!!!

Anônimo disse...

o Senna foi melhor...

Se ele já tinha uma vantagem pelo sobrenome, com estes resultados com certeza fica com a vaga. Neste mesmo teste a STR já está escolhendo entre Bourdais, Buemi e Sato... ou seja... Di Grassi está fora desta briga. Uma pena...

Com a proposta milionária que dizem que ele recebeu da Indy com certeza vai pra Penske ocupar a vaga que hoje é de Helio Castro Neves...

To puto velho, pelo que o cara fez na GP2 nos ultimos anos merecia uma vaga, nem que fosse na Force India...


A Mclaren vai continuar com o Kovalainen em 2009? Não acredito meu... aquele sim não merece estar na F1 de jeito nenhum.


E o Nelsinho hein?? Andando atrás do Bruno e do Lucas, tem vaga...

Andre disse...

Prefiro que mexem no sistema de pontuação...