sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Dirigentes lançam mais uma idéia fantasiosa para o treino classificatório

E eis que os dirigentes da Fórmula 1 aparecem com mais uma "genial" solução para o treino classificatório.

A idéia que circulou nesta sexta é absolutamente fantasiosa.

Aí vai: colocar os 20 carros na pista ao mesmo tempo, com a mesma quantidade de combustível, e ir eliminando o mais lento a cada volta.

Depois de 14 giros, os seis primeiros retornariam aos boxes para um novo jogo de pneus, mas permaneceriam com a mesma quantidade de combustível.

O "sobrevivente" ao fim de 20 voltas seria o pole e ganharia também um ponto extra no campeonato, além de um prêmio em dinheiro.

Alguém aí percebeu algo de errado no sistema?

E se um piloto mais rápido alcançar outro mais lento, perder tempo por causa deste adversário e terminar eliminado porque naquela volta, especificamente, ele pegou tráfego?

É inacreditável que os dirigentes da Fórmula 1 não tenham se dado conta de que 20 carros na pista ao mesmo tempo, em algum momento, vão se cruzar.

Não está óbvio que um piloto vai acabar atrapalhando a volta do outro? Isso faz parte do sistema ou não?

Pois bem, a decisão da Associação das Equipes sobre o assunto sai no dia 4 de dezembro.

Até lá, tomara que os dirigentes percebam o tamanho da bobagem que podem fazer.

6 comentários:

GAVIAO BOEMIO disse...

IMAGINA ESSE TREINO EM MONACO COM CHUVA.........
CRASH!!!! CRASH!!! CRASH!!!!

Marcelonso disse...

Gustavo,

É preciso amadurecer essa idéia,talvez como antigamente todos na pista mas com limites de voltas,penso que mudando aqui e ali,pode sair algo bom.



abraço

Letobus disse...

Gustavo, mas com um piloto sendo eliminado por volta, os mais lentos já não estarão na pista quando supostamente seriam alcançados pelos mais rapidos, então seria raro acontecer esse tipo de coisa. Não que eu concorde com esse tipo de treino, muito pelo contrario, eu sou a favor de voltar como era antes, com todo mundo na pista e com a quantidade de combustivel que quiser. O que me incomoda mais nesses novos tipos de treino que estão aparecendo por aí é esse negocio de ponto para o pole ou para o mais rapido no Q2. Eu fico imaginando alguem sendo campeão no sábado...

Blog F1 Grand Prix disse...

Letobus,

É verdade o que você disse, mas o que aconteceria se algum piloto batesse ou ficasse parado no meio da pista? Imagine um acidente em Mônaco, por exemplo. Os pilotos que viessem atrás ficariam prejudicados.

Acredito que esse sistema só funcionaria caso nunca houvesse bandeiras amarelas...

E concordo com você: ter um campeonato decidido no sábado seria horrível!

Grande abraço!

Gustavo Coelho

Joaquim disse...

Concordo com o ponto extra.
Sempre fui a favor.
Se valesse uma decisão realmente não seria bom. Mas é coisa do jogo.

Felipe Siqueira disse...

Talvez um carro bom mal classificado seria interessante pros inventores desse esquema. Mas eles toda hora ficam inventando coisas... ta enchendo isso!!