sábado, 27 de setembro de 2008

Massa pode partir para três paradas

Fazia tempo que a Fórmula 1 não via uma pole tão espetacular como esta de Massa em Cingapura.

O brasileiro impôs seis décimos de vantagem para Hamilton e conquistou a primeira posição no grid da prova deste domingo, com largada marcada para as 9h da manhã de Brasília.

Foi uma "volta perfeita", como o próprio Massa definiu.

Entretanto, o brasileiro deve estar um pouco mais leve do que seus principais adversários.

Pode ser uma ou duas voltas apenas, o que é o mais provável.

Mas, segundo a projeção das equipes, a prova de Cingapura será a mais longa da temporada. Com safety car, deve estourar o tempo-limite de duas horas de corrida.

Ou seja: não fique surpreendido se Massa arriscar uma tática de três paradas na prova deste domingo.

Repito que isso não é mais provável, mas pode acontecer.

Batido, Hamilton aposta na tática da McLaren e na previsão de chuva para virar o jogo. Nesse momento, porém, a corrida parece muito mais com a cara de Massa.

Os demais, nesse momento, não passam de coadjuvantes. Incluindo aí Raikkonen, que dá pinta de estar francamente desmotivado.

Seria interessante se o finlandês superar Hamilton na largada de amanhã. Será que Raikkonen seguraria o ritmo para ajudar Massa? Sei não...

Mais uma vez, faltou sorte a Alonso, justamente na prova que o espanhol alimentava mais chances de conseguir um bom resultado.

Largando lá de trás, torce por acidentes, chuva e safety car para marcar alguns pontinhos. Mas lutar por pódio, o que era seu objetivo, ficou quase impossível.

Previsão para a corrida de amanhã: no seco, quase sem ultrapassagens, porém indefinida até a última parada de pit stops.

No molhado, uma loteria de acidentes e intervenções do safety car.

Para terminar, vale a pena conferir a espetacular volta da pole de Massa em Cingapura. Não dava para ser melhor:


8 comentários:

Guilherme (RJ) disse...

Se o circuito é travado, quase sem pontos de ultrapassagem, então a estratégia de fazer 3 paradas não é vantajosa.

Imaginando que o Massa venha com essa estratégia ele até pode abrir alguns segundos de vantagem, mas depois que retornar do pit vai ficar atrás, sem chances de fazer ultrapassagens. E o Hamilton recuperando o prejuízo e abrindo distância, além de só parar 2 vezes.

Se a Ferrari pensasse assim, faria isso com o Kimi. Largaria extremamente leve, ditaria o ritmo, facilitaria a vida do Massa e dificultaria a do Hamilton.

De qualquer maneira, foi muito estranha essa enorme superioridade do Massa pra cima do inglês.

Saraiva disse...

Fala sério, aquele anônimo é um idiota. Na corrida passada mesmo a Ferrari fez Kimi parar 3x nos boxes...

Quanto à corrida amanhã, espero que chova.

Faltou você comentar sobre a punição que o Barrichelo foi atrapalhado, Gustavo.

Fábio Andrade disse...

- Enquanto isso, anônimo, pare de se esconder atrás do anonimato. Da próxima vez, além de ser um pouco mais educado, identifique-se.


Mas, voltando a falar com os civilizados, acho que 3 paradas é um risco desnecessário nessa altura do campeonato. Prefiro acreditar que a volta foi simplesmente muito boa.

Marcos Antônio Filho disse...

Esse anônimo é um idiota,uqantas vezes equipes fizeram estratégias de três paradas inclusive esse ano!tem que gente que não coragem suficiente de identificar...

Três paradas só ele estiver muito leve,mas ai ele teria que forçar muito o ritmo na primeira parte da prova.

Blog F1 Grand Prix disse...

Caro anônimo,

Até ressaltei no texto que a tática de três paradas é a menos provável, mas parece que você não entendeu. O pit lane de Cingapura é muito curto. A prova é bem longa. Sei lá, de repente...

O que digo aqui são meras impressões e não previsões. Não sei como as equipes calculam as táticas, assim como você também não. Ninguém está lá dentro para saber o que se passa.

Ficarei feliz em ouvir seus argumentos. Mas, por favor, fale com educação. Pela primeira vez desde que comecei o blog, em junho de 2007, precisei deletar um comentário por causa do baixo nível da linguagem. Espero sinceramente não precisar fazer isso outras vezes.

Att,

Gustavo Coelho

Carlos Garcia disse...

Faaaaaaala meu amigo, blza?

Faz tempo que não comento por aqui... faz falta, risos... embora esteja sempre lendo.

Sabe.. tava aqui pensando no Raikkonen após ler o post e acho que ele pode sim eventualmente segurar o ritmo se conquistar a posição de Hamilton. Primeiro pq ele não conseguiria acompanahr bem o ritmo de Massa e segundo que é bom ele pensar nos próximos anos como Massa pensou no Grande Prêmio do Brasil.

Já imaginou como ficaria o clima de Raikkonen caso Felipe perca o título e qualquer detalhe de uma "não ajuda" faça a diferença? É bom ele se coçar!!

Abração

Jonata disse...

Essa de Felipe e Ferrari jogando pole com combustivel é lorota. Em nenhum prova a Ferrari tentou pole com menos combustível: Admitam que o Massa pilotou muito bem e deu lavada nos outros. E Gustavo, essa de 3 paradas para mim vc jogou muito verde...

GiglioF1 disse...

Gustavo,

Reflexao valida...mas nao creio em 3 paradas, pois com SC eventuais distancias obtidas na pista seriam perdidas...
O que sim acredito é um carro com 1 a 2 voltas a menos de combustivel ,pois sair na frente era funadamental...e foi pra todos isso..Lewis também esta leve!!

Abraco!