terça-feira, 23 de setembro de 2008

Hamilton vai mordido para Cingapura

O julgamento do recurso da McLaren não teve surpresas.

Confirmando as expectativas, a FIA recusou a apelação do time prateado para recuperar a vitória de Hamilton. O triunfo em Spa-Francorchamps, portanto, ficou mesmo com Massa.

Não adiantou a pressão da imprensa e do público inglês, e muito menos a presença do próprio Hamilton à reunião da Corte das Apelações em Paris.

O recurso da McLaren nem chegou a ser analisado de fato porque os delegados consideraram que a punição imposta a Hamilton era "inapelável".

Portanto, o inglês permanece apenas um ponto à frente de Massa.

O revés no tribunal já era mais ou menos esperado, mas Hamilton ainda tinha um fiapo de esperança de recuperar o triunfo na Bélgica.

Não conseguiu.

Apesar de todo o stress dos últimos dias, sua raiva e decepção já devem estar controladas nessa altura.

Em Monza, apenas dias depois da controvertida prova de Spa, Hamilton mostrou um excelente controle emocional e fez uma ótima prova após largar do fim do grid.

Não são poucos os que afirma que o inglês é instável sob pressão. E, portanto, bem sujeito a erros em situações de pressão como as que devem ser encontradas nas provas finais do campeonato.

Mas, depois de perder o campeonato do ano passado de forma tão traumática, Hamilton precisou aprender a lição na marra. Se quiser ser campeão, não pode perder para os nervos.

Vai para Cingapura "mordido" pela derrota nos tribunais e disposto a encerrar o pequeno jejum de vitórias, que já dura quatro provas.

E, controlando o excesso de confiança, Hamilton é o grande favorito na prova noturna.

Além da possibilidade de chuva, também pesam a seu favor as características do circuito - travado, como Mônaco e Hungaroring, por exemplo - e o fato de Cingapura nunca ter recebido GPs da Fórmula 1.

Desde o ano passado, Hamilton já mostrou ter uma sensacional capacidade de adaptação a pistas onde jamais esteve antes.

Venceu em Montreal, Indianapolis e Fuji, circuitos onde nunca havia pisado. A exceção na lista é Valência, onde Massa foi dominante no mês passado.

Apesar disso, o piloto a ser observado em Cingapura é Hamilton.

Desde já, meu favorito para o triunfo para a vitória no próximo domingo é o inglês.

Mas, em relação ao campeonato, nem penso em arriscar palpites por enquanto.

2 comentários:

Net Esportes disse...

também aposto no inglês para a corrida noturna, ainda mais se cair uma chuvinha !!!!!

Histórias de F-1 I

DDD disse...

Impossivel apostar em alguém , é uma incognita esse circuito , com pista seca talvez Massa ande nos trilhos e vença com esse jeito dele de correr , se chover Hamilton vai pra cima mesmo , bate no muro , roda , defende a posição dele igual fez com webber , diferente dos chorões , Hamilton sabe atacar e se defender tb , não se pode esquecer de Kimi , Kubica e o Kova hein.....podem vencer tb.