sábado, 2 de agosto de 2008

Rosberg fica onde está em 2009

Um dia após a McLaren confirmar que Kovalainen continua em 2009, Nico Rosberg se apressou em dizer que não vai deixar a Williams no ano que vem.

Segundo a imprensa européia, o time de Ron Dennis considerou pagar a cláusula de rescisão do contrato para contar com o alemão. Mas, no fim das contas, preferiu permanecer com o esforçado Kovalainen. O que obriga Rosberg a ficar mais um ano na Williams.

Grande promessa da pré-temporada, a equipe azul e branca é uma das grandes decepções do campeonato. Começou o ano com um desempenho promissor, incluindo até pódio no GP da Austrália. Agora, só consegue superar Honda e Force India.

Rosberg garante que confia no time. Sua paciência, entretanto, vai chegando ao fim.

O alemão é rápido, ainda muito jovem e, segundo Frank Williams, tem "a maior curva de evolução" de todos os pilotos da Fórmula 1. A temporada 2009 é a última oportunidade para a Williams mostrar serviço. Caso contrário, Rosberg se muda para McLaren - via Mercedes - ou BMW em 2010.

"Minha hora vai chegar", diz Nico. Mas já está demorando mais do que deveria.

2 comentários:

Saraiva disse...

Sinceramente, ao passar do tempo, Nico fica numa posição desconfortável, a ponto de não ser mais visado pelas equipes grandes, e a Williams pode ser sua única opção...
Afinal, ele não vem fazendo uma boa temporada, logo, a mclaren pela confirmação do kova para 2009, perdeu o interesse no alemão. Quem garante que em 2010 vai ter interesse nele de novo?

Blog F1 Grand Prix disse...

Saraiva,

Concordo com você. É por isso que o Nico parece tão preocupado. Ele sabe que o passe dele está começando a desvalorizar...

Grande abraço!

Gustavo Coelho