sábado, 5 de julho de 2008

Kovalainen e Webber formam primeira fila de surpresas no G.P. da Inglaterra

Dessa vez, os protagonistas do campeonato ficaram ofuscados. Com uma volta voadora nos últimos segundos do treino classificatório, Heikki Kovalainen estabeleceu a primeira pole position da carreira e confirmou a ótima performance da McLaren no circuito de Silverstone. Logo atrás, Mark Webber conseguiu uma excelente segunda posição para a Red Bull, seguido de perto por Kimi Raikkonen e Lewis Hamilton. Nelsinho Piquet fez um bom sétimo e Felipe Massa, com problemas, não passou de nono.

A previsão do tempo indicava pista molhada para a classificação, mas a chuva que apareceu na parte da tarde não passou de uma fina garoa. Já de início, Kovalainen mostrava que estava em pena forma, ao terminar como o mais rápido do primeiro período do treino. Seu companheiro Hamilton completou a dobradinha da McLaren, enquanto Sebastien Vettel fechou num espetacular terceiro lugar.

Na outra ponta da tabela, Nico Rosberg e as duplas de Honda e Force India foram os cortados de ocasião. A fraca chuva que caiu a cinco minutos do fim do treino não foi suficiente para molhar toda a pista, mas impediu que os últimos colocados tentassem melhorar seus tempos. Frustração para Rubens Barrichello, limitado ao 16º lugar. O italiano Giancarlo Fisichella amargou a lanterna e ainda rodou na sua derradeira tentativa, bem à frente do público que lotava as arquibancadas próximas aos boxes.

Ídolo da torcida, Lewis Hamilton reagiu no segundo trecho da classificação. O inglês marcou o melhor tempo, dando pinta de que conquistaria a pole com sobras. Mais uma vez, a McLaren monopolizou as duas primeiras posições, com Kovalainen fechando a dobradinha. Apenas dez dias após fazer um podium no G.P. da França, Jarno Trulli juntou-se a David Coulthard, Timo Glock, Sebastien Bourdais e Kazuki Nakajima no grupo dos eliminados no "Q2".

Nessa altura, a pista já tinha completamente secado e o sol voltava a brilhar sobre Silverstone. Brilhante também era o desempenho de Kovalainen, que liderou com facilidade após a primeira rodada de tentativas. Ao mesmo tempo, Hamilton cometeu um erro na curva Priory, saindo da pista e perdendo sua volta rápida. O passeio pela caixa de brita comprometeu o equilíbrio do carro e Hamilton não mais teve chance de brigar pela pole.

Apagado durante todo o fim de semana, Kimi Raikkonen parecia ter acordado justamente na hora da verdade. O atual campeão superou a marca de Kovalainen e cravou a pole provisória. Mas a alegria de Raikkonen durou pouco: segundos depois, Mark Webber fazia a alegria da Red Bull ao tomar a primeira posição. Seria a inédita pole do australiano e da equipe das bebidinhas energéticas.

=ó que Kovalainen não deixou. Já com o cronômetro zerado, o finlandês da McLaren detonou o tempo de Webber, estabelecendo a pole com mais de meio segundo de vantagem para o australiano. Raikkonen precisou se contentar com o terceiro posto, enquanto Hamilton ficou apenas em quarto. Discreto como de costume, Nick Heidfeld foi o quinto, seguido pelas Renault de Fernando Alonso e Nelsinho Piquet.

O alemão Sebastian Vettel teve mais uma atuação sensacional e vai largar de oitavo amanhã. Fechando os dez primeiros, vêm os dois pilotos mais azarados do dia: Felipe Massa e Robert Kubica. Após marcar um tempo fraco no inicio da "superpole", o brasileiro ficou preso nos boxes por causa de um problema na roda traseira esquerda e não teve chance de melhorar. Já Kubica nem conseguiu ir para a pista na fase decisiva, prejudicado por um aparente defeito de suspensão.

A seguir, o grid do Grande Prêmio da Inglaterra:

1. Heikki Kovalainen/Finlândia/McLaren, 1:21.049s
2. Mark Webber/Austrália/Red Bull, 1:21.554s
3. Kimi Raikkonen/Finlândia/Ferrari, 1:21.706s
4. Lewis Hamilton/Inglaterra/McLaren, 1:21.835s
5. Nick Heidfeld/Alemanha/BMW, 1:21.873s
6. Fernando Alonso/Espanha/Renault, 1:22.029s
7. Nelsinho Piquet/Brasil/Renault, 1:22.491s
8. Sebastian Vettel/Alemanha/Toro Rosso, 1:23.251s
9. Felipe Massa/Brasil/Ferrari, 1:23.305s
10. Robert Kubica/Polônia/BMW, sem tempo
11. David Coulthard/Escócia/Red Bull, 1:20.174s
12. Timo Glock/Alemanha/Toyota, 1:20.274s
13. Sebastien Bourdais/França/Toro Rosso, 1:20.531s
14. Jarno Trulli/Itália//Toyota, 1:20.601s
15. Kazuki Nakajima/Japão/Williams, 1:21.112s
16. Rubens Barrichello/Brasil/Honda, 1:21.512s
17. Jenson Button/Inglaterra/Honda, 1:21.631s
18. Nico Rosberg/Alemanha/Williams, 1:21.668s
19. Adrian Sutil/Alemanha/Force India, 1:21.786s
20. Giancarlo Fisichella/Itália/Force India, 1:21.885s


A largada está marcada para as 9h00 deste domingo, com transmissão da TV Globo.



O italiano Giorgio Pantano conquistou hoje sua terceira vitória na temporada da GP2. Largando da quinta posição no grid, o líder do campeonato superou o brasileiro Lucas di Grassi na parte final da prova para ampliar ainda mais sua vantagem na tabela de pontos. Di Grassi finalizou num ótimo segundo e já é o sexto colocado na classificação geral, embora tenha disputado somente três das nove corridas do ano.

Em seguida, o podium foi completado pelo indiano Karum Chandhok. O pole position Bruno Senna liderou no início, mas perdeu rendimento e não passou de sexto. Os demais pilotos brasileiros não tiveram resultados de destaque: Diego Nunes terminou em 17º, Alberto Valério em 22º e último, enquanto Carlos Iaconelli abandonou após rodar na volta de apresentação. A segunda bateria da GP2 em Silverstone acontece amanhã, às 5h30 da matina. O SporTV mostra ao vivo.

Na Stock Car, Ricardo Maurício ganhou mais uma. Numa corrida bastante movimentada, o piloto da equipe Medley Mattheis evitou problemas e venceu com autoridade. Marcos Gomes e Átila Abreu fecharam o podium. Após cair para último na primeira volta, Thiago Camilo fez brilhante corrida de recuperação e terminou em quinto. No campeonato, Maurício lidera com 99 pontos, seguido por Gomes (85), Cacá Bueno (53) e Camilo (51). A próxima etapa acontece em Interlagos, no dia 2 de agosto.

Por fim, vale registrar que Ryan Briscoe larga da pole position na corrida de amanhã da Fórmula Indy, em Watkins Glen. Justin Wilson fecha a primeira fila, com Ryan Hunter-Reay e o líder do campeonato Scott Dixon aparecendo logo a seguir. Vencedor da última prova da Indy, em Richmond, Tony Kanaan foi o melhor brasileiro, em sexto. Por sua vez, Helio Castroneves sofreu uma quebra no início do treino e vai precisar fazer heróica prova de recuperação, já que ficou com a 26ª e última posição.

A BandSports mostra ao vivo a etapa da Indy em Watkins Glen neste domingo, a partir das 16h30.



Para já ir entrando no clima do G.P. da Inglaterra, o vídeo do dia é um resumo com os melhores momentos das últimas provas realizadas em Silverstone:



Até mais!

Crédito das fotos:
www.motorsport.com e www.stockcar.com.br (Apenas a de Ricardo Maurício)

6 comentários:

nelson disse...

O que ser isso aí em cima?

...

Gostei do resultado do treino... Kimi saiu no lucro, já que Massa e Kubica ficaram lá atrás, tem alguma chance de descontar a diferença.

Legal ver caras diferentes na frente, Webber confirmou a excelente temporada que faz, já o Kovalainen sobrou, até demais.

...

Sobre a IndyCar, para quem mora em São Paulo, a PlayTV transmite a etapa de Watkins Glen também, é a opção para quem não assina o BandSports...

Abraços,
Nelson

Marcos Antônio Filho disse...

Realmente foi surpreendente esse pole do Kova,ainda mais ocm Webber em segundo.Em CNTP Heikki ganha,mas se chover,voltamos aquela velha loteria...
abraços!

Leandrus disse...

Poxa, que sacanagem. Não estou podendo assistir os treinos da F-1 quando eles acontecem às 9 horas, e justo hoje parece que houve uma classificação sensacional.

A largada amanhã promete: Webber vai ter que segurar Raikkonen e Hamilton (isso se ao inglês não fizer nenhuma besteira antes) e Massa e Kubica vão vir endiabrados à caça de pontos.

Ateh!

Blog F1 Grand Prix disse...

Obrigado pelas mensagens!

Nelson: Nos últimos dias, o blog vem sendo infestado por spans. Espero que o problema seja resolvido logo. E obrigado pela dica da PlayTV!

Grande abraço,

Gustavo Coelho

Pedro Rocha disse...

Fica a torcida para que a sorte (lê-se muitas vezes "Ferrari"), que vem acompanhando Massa lado a lado, não o abandone justo agora, que pela primeira vez lidera o campeonato.

Valeu Lito,
Abraço!

dé palmeira disse...

Achei muito suspeito esse erros nos carros de Massa e Kubica. Os dois tiveram problemas na troca de pneus??
O líder e vice-líder do campeonato?

Webber vai ter que abastecer na quinta volta. A Red Bull tá fazendo número.

O Kova não vai segurar Kimi e aí vai ter que deixar o Hamilton passar.

Enquanto isso Felipe vai gramar um bocado pra conseguir uns pontinhos.

Nessa pista, onde todo mundo anda de pé em baixo vai ser muito difícil ultrapassar.