segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Análise do Grande Prêmio - Abu Dhabi/Yas Marina (01/11/2009)

Análise dos pilotos:

Sebastian Vettel. Soube aproveitar a quebra de Hamilton e venceu de forma fácil. Nota 10
Mark Webber. Batido por Vettel sem muita luta, defendeu bem o segundo lugar. Nota 8
Jenson Button. Combativo, não desistiu da briga mesmo tendo um carro inferior. Nota 8
Rubens Barrichello. Uma pequena bobeada na largada comprometeu sua corrida. Nota 7
Nick Heidfeld. Sem errar, somou mais quatro pontos e fechou o ano à frente de Kubica. Nota 8
Kamui Kobayashi. Surpreendente, voltou a andar muito bem e até superou Trulli. Nota 8
Jarno Trulli. Ficou atrás de Kobayashi em sua provável despedida da Toyota. Nota 7
Sebastien Buemi. Brigou bastante e foi recompensado com um suado pontinho. Nota 8
Nico Rosberg. Sem brilhar, levou o carro até o fim sem ser muito notado. Nota 6
Robert Kubica. Chegou a rodar ao tentar uma manobra atrapalhada. Ao menos, tentou. Nota 6
Heikki Kovalainen. Sempre azarado, largou lá atrás e não conseguiu se recuperar. Nota 4
Kimi Raikkonen. Sua despedida da Ferrari foi realmente melancólica. Nota 5
Kazuki Nakajima. Manteve o nível do resto do ano e andou sempre no grupo de trás. Nota 4
Fernando Alonso. Cortado no "Q1", mal deve esperar para deixar logo a Renault. Nota 3
Vitantonio Liuzzi. Pelo menos foi mais rápido que Sutil durante todo o fim de semana. Nota 5
Giancarlo Fisichella. Assim como Badoer, estragou sua reputação na Ferrari. Nota 2
Adrian Sutil. Saiu lá de trás, tentou uma estratégia diferente e não deu nada certo. Nota 3
Romain Grosjean. Até que não foi tão mal. Pena que ficou em último de novo. Nota 3
Lewis Hamilton. Era o provável vencedor da corrida, mas faltou um pouco de sorte. Nota 7
Jaime Alguersuari. Só foi percebido quando simplesmente entrou no box errado. Nota 3

Análise das equipes:

Brawn GP. Fechou o ano sem o melhor carro. E daí? Foi campeã em tudo... ****
Red Bull. Uma dobradinha categórica. Vai voltar mais forte ainda em 2010. *****
McLaren. Hamilton quebrou. Ao menos, terminou à frente da Ferrari na tabela. **
Ferrari. Fim de temporada melancólico para a turma de Maranello. *
Toyota. Concluiu o ano de maneira digna, pontuando com os dois carros. ***
BMW. Assim como a Toyota, teve um encerramento de campeonato bem razoável. ***
Williams. Quase não apareceu durante todo o fim de semana, presa no meio do pelotão. **
Renault. Muito mal. Vexame na classificação, corrida para lá de discreta. *
Force India. Terminou o ano como começou: nas últimas posições. *
Toro Rosso. O esforço de Buemi rendeu um pontinho muito suado. ***

Análise da corrida:

Como era de se esperar, o ultra-moderno circuito de Abu Dhabi não conseguiu produzir uma corrida emocionante. Muito pelo contrário. Não fosse os esforços solitários de Kobayashi, Button, Kubica e Sutil, a prova teria terminado sem nenhuma tentativa de ultrapassagem...
Nível da corrida: Ruim

Análise do campeonato:

Não foi uma temporada tão espetacular quanto as duas anteriores. Em 2007 e 2008, o título foi decidido na última corrida, com reviravoltas inesperadas. Dessa vez, o piloto que disparou no início do ano soube administrar a vantagem até o fim. Méritos para Button. Mas o campeonato não foi lá tão ruim. Até que a briga pelo troféu de campeão gerou algumas batalhas bem interessantes.
Nível do campeonato: Bom

Balanço dos palpites:

Vitória: Jenson Button. O vencedor foi Sebastian Vettel
Pole Position: Jenson Button. A pole position foi de Lewis Hamilton
Melhor Volta: Jenson Button. A melhor volta foi de Sebastian Vettel.
Grid aleatório (18º lugar): Jaime Alguersuari. O 18º no grid foi Heikki Kovalainen
Tempo da pole: 1:42.115. O tempo da pole foi 1:40.948
Primeiro abandono: Sebastien Buemi. O primeiro a abandonar foi Jaime Alguersuari
Zona de pontuação:
1. Jenson Button (Sebastian Vettel)
2. Sebastian Vettel (Mark Webber)
3. Lewis Hamilton (Jenson Button)
4. Nico Rosberg (Rubens Barrichello)
5. Rubens Barrichello (Nick Heidfeld)
6. Kimi Raikkonen (Kamui Kobayashi)
7. Fernando Alonso (Jarno Trulli)
8. Adrian Sutil (Sebastien Buemi)
Placar da temporada:
Austrália - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Rubens Barrichello (segundo)
Malásia - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Jenson Button (PRIMEIRO)
China - Vencedor: Sebastian Vettel. Palpite: Rubens Barrichello (quarto)
Bahrein - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Jenson Button (PRIMEIRO)
Espanha - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Sebastian Vettel (quarto)
Mônaco - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Mark Webber (quinto)
Turquia - Vencedor: Jenson Button. Palpite: Jenson Button (PRIMEIRO)
Inglaterra - Vencedor: Sebastian Vettel. Palpite: Jenson Button (sexto)
Alemanha - Vencedor: Mark Webber. Palpite: Rubens Barrichello (sexto)
Hungria - Vencedor: Lewis Hamilton. Palpite: Sebastian Vettel (abandono)
Europa - Vencedor: Rubens Barrichello. Palpite: Sebastian Vettel (abandono)
Bélgica - Vencedor: Kimi Raikkonen. Palpite: Kimi Raikkonen (PRIMEIRO)
Itália - Vencedor: Rubens Barrichello. Palpite: Lewis Hamilton (abandono)
Cingapura - Vencedor: Lewis Hamilton. Palpite: Rubens Barrichello (sexto)
Japão - Vencedor: Sebastian Vettel. Palpite: Sebastian Vettel (PRIMEIRO)
Brasil - Vencedor: Mark Webber. Palpite: Rubens Barrichello (oitavo)
Abu Dhabi - Vencedor: Sebastian Vettel. Palpite: Jenson Button (terceiro)

Não foi um fim de campeonato muito honroso nos palpites do Blog. Minhas apostas para o GP de Abu Dhabi foram um verdadeiro desastre. Errei tudo mesmo. Ao menos, o desempenho geral ao longo da temporada foi bastante razoável. Em 17 corridas, acertei o vencedor cinco vezes - repetindo a performance de 2008, aliás.
Nível dos palpites: Ruim
Placar da temporada: Cinco acertos em 17 possíveis

É isso aí. Logo mais, o Blog volta falando de Bridgestone, Barrichello e Bruno Senna.

4 comentários:

Guilherme (RJ) disse...

"Koba" foi o destaque dessa corrida chata!

Andou forte tanto com o carro pesado quanto leve... e aquela ultrapassagem no Button foi o que teve de melhor nesse GP. E olha que o inglês não deu mole... podia ter deixado o japonês ultrapassar no retão... não deixou e tomou um 'drible seco' na curva.

Daria uma nota ainda mais alta pra ele por ter sido o único estreante este ano a pontuar e em apenas duas corridas... nesse GP então saindo de 12º, numa Toyota, pontuando na frente do veterano companheiro que largou em 6º...

Abraços!!

madrugador78 disse...

Achei esse blog num daqueles videos de batidas há 2 dois anos e simplesmente é o melhor que tem sobre análise corridas. Nunca deixe de blogar.

A quantidade de comentários não é sinônimo de audiência. Eu raramente comento (segunda vez), mas nunca deixo de ler o que você escreve.

Um grande abraço.

madrugador78 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Leonardo Barbosa disse...

O blog é muito bom, parabéns.
Eu também acompanho esse blog a, não me lembro exatamente, mas chuto uns seis meses. É a primeira vez que comento.